PORTO VELHO

Acre

EXPOACRE: Espaço Institucional irá reunir parte da estrutura do governo durante a Expoacre 2019

Acre

Uma das novidades da edição deste ano da Expoacre será o Espaço Institucional que irá reunir parte da estrutura governamental. Estarão presentes secretarias de Estado, gabinete do governador e do vice, Gabinete Militar e representantes do governo de Rondônia.

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) irá aproveitar a grande circulação de pessoas durante os nove dias de evento para apresentar a plataforma digital do Plano Plurianual do Acre 2020-2023 (PPA). Por meio do envio de sugestões, via internet, qualquer cidadão poderá contribuir com a elaboração do conjunto de projetos e programas que irão nortear as políticas públicas nos próximos quatro anos.

As equipes da Seplag irão falar da importância das pessoas fazerem críticas e sugestões de investimento em obras, serviços e intervenções que devem ser priorizadas pelo governo.

Outro serviço que será oferecido no stand da Seplag durante a Expoacre será a explanação sobre o recadastramento dos servidores. A atualização neste ano deverá ser feita em duas etapas, uma via internet e outra de forma presencial nos departamentos de Recursos Humanos, de acordo com cronograma pré-estabelecido. Servidores serão orientados sobre a importância e o passo a passo para fazer o recadastramento.

Leia Também:  Rondônia: as aulas são remotas, os alunos são remotos e o secretário é remotíssimo...

Cabe também à Secretaria de Planejamento e Gestão realizar a Pesquisa de Volume dos Negócios. Durante os dias de Expoacre, pesquisadores irão coletar informações junto aos bancos, concessionárias, restaurantes, ambulantes, e também em relação aos valores movimentados com a venda de veículos e máquinas, leilões, indústria, produtos agropecuários, comércio e serviços.

Os dados consolidados são uma importante ferramenta de avaliação dos resultados da feira de negócios e entretenimento.

“Além do PPA online, do recadastramento de servidores e do Estudo do Volume de Negócios da Expoacre, estamos avaliando a possibilidade de também divulgar o nosso Guia de Serviços Online da OCA. São ações importantes de governo que precisam ser amplamente divulgadas à população acreana”, afirmou a secretária de Planejamento e Gestão, Maria Alice de Araújo.

A Expoacre 2019 será realizada de 27 de julho a 4 de agosto pelo governo do Estado e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Associação Comercial (Acisa), Federação das Indústrias (Fieac), Caixa Econômica Federal, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (Faeac) e da Prefeitura de Rio Branco.

Leia Também:  URGENTE: Acre tem três casos confirmados de coronavírus

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Acre

Justiça determina que grávidas e puérperas sem comorbidades devem voltar a ser vacinadas

Publicados

em

A Justiça Federal atendeu, na manhã desta segunda-feira, 14, o pedido de tutela de urgência feito pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado do Acre para que que a União e o Estado do Acre retomem, em 48 horas, a vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades.

A decisão é para que restabeleça, no prazo de 48 horas, a vacinação, de forma prioritária, contra a Covid-19 de gestantes e puérperas sem comorbidades, com uso das vacinas da Sinovac e Pfizer, mediante a apresentação de documento que comprove a gravidez/estado puérpero (exame de sangue, ultrassonografia, caderneta da gestante, declaração de nascimento da criança, certidão de nascimento) e independente de prescrição médica.

A magistrada, acolhendo os argumentos do MPF e do MPAC, entendeu que o evento adverso ocorrido após a administração da vacina AstraZeneca não justifica a interrupção da imunização desse público com as demais vacinas disponíveis, como Pfizer e Coronavac.

Além disso, a decisão também ressalta que estudos mais recentes dão conta de que a imunização das grávidas tem alcançado os fetos, protegendo com isso grupo ainda mais vulnerável, vez que vindo ao mundo sem qualquer imunização que não seja aquela obtida através da mãe.

Leia Também:  Ministério da Saúde garante fornecimento de 80 mil m³/mês de oxigênio medicinal para Rondônia e Acre

Com informações do MPF no Acre.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA