PORTO VELHO

Agronegócio

A força do Agronegócio em evidência em campanha publicitária

Agronegócio

 

Com o tema ‘Agronegócio’, o Banco da Amazônia (BASA) dá início nesta semana à sua mais nova campanha publicitária. Integrada aos principais meios de comunicação do Brasil, como TV, portais, jornais, rádio, aeroportos e redes sociais. A campanha será veiculada a nível regional e nacional.
De acordo com a coordenadora de Comunicação o Banco, Ruth Helena Lima, a nova campanha mostra que o BASA possui soluções de crédito para os setores da economia da Amazônia, com ênfase para o setor rural e ainda pretende mostrar a importância e a força do Banco para o setor do agronegócio da Amazônia.
O BASA investiu somente no agronegócio até o final de 2020 mais de R$ 5,3 bilhões. Somente em crédito de fomento a Instituição destinou mais de 11 bilhões de reais somente em 2020 para a toda a Amazônia.
“O conceito da campanha é referendar que somos o principal parceiro do Agronegócio Regional e que somos o Banco que mais acredita na região Norte e no sonho de milhares de produtores, sempre apoiando projetos sustentáveis e contribuindo para o futuro da região”, afirmou.

O novo vídeo da campanha Parceria – A Semente do Amanhã na Amazônia

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Baixa disponibilidade do cristal segue sustentando preços em SP

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Petrobras anuncia nova redução no preço do diesel

Publicados

em

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (11) uma nova redução no preço do diesel comercializado às distribuidoras. Com isso, a partir desta sexta-feira (12), o litro do diesel vendido passa de R$ 5,41 para R$ 5,19, com redução de R$ 0,22, ou 4,07%. Os preços dos demais combustíveis não foram alterados.

 Essa já é a segunda queda consecutiva anunciada pela estatal no diesel. Na semana passada, o valor do litro foi reduzido em R$ 0,20. No entanto, apesar das duas quedas, o preço do diesel vendido às distribuidoras ainda é 55,39% maior que o praticado no final de 2021. 

Conforme a Petrobras, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da empresa no preço ao consumidor passará de $ 4,87, em média, para R$ 4,67 a cada litro vendido na bomba, de acordo com a estatal.

Em nota, a Petrobras afirmou que a redução acompanha o avanço dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e é coerente com a prática de preços da empresa, que busca o equilíbrio dos seus custos com o mercado global, sem repassar para os preços internos a volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio. 

Leia Também:  #COMPROMISSO: Prefeitura licita Plano de Mobilidade Urbana para Pimenta Bueno; Cleiton Roque destinou R$ 160 mil

Fonte: AgroPlus

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA