PORTO VELHO

Agronegócio

Agro.BR abre oportunidade para empresas participarem da Green Week

Agronegócio


Foto: Divulgação

Brasília (24/11/2021) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Apex Brasil, vai apoiar a participação de empreendedores rurais integrantes do projeto Agro.BR na International Green Week, que acontece de 21 a 30 de janeiro, em Berlim (Alemanha).

As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de novembro aqui. Os espaços disponíveis dentro do estande da Apex serão para degustação e venda de produtos certificados. As empresas do Agro.BR selecionadas não terão custo de espaço na feira.

As modalidades de participação são vitrine expositora (não presencial) ou espaço individual com presença de um representante da empresa ou representante local. Em ambos os casos, o inscrito é responsável pelos custos de envio e disponibilização das amostras ou por seus custos de transporte, hospedagem e alimentação.

A International Green Week conta com a participação de, aproximadamente, 1,8 mil expositores e 100 mil produtos do mundo inteiro. A última edição do evento recebeu 400 mil visitantes. Paralelamente, ocorrerá o Fórum Global para Alimentos e Agricultura (GFFA), com painéis e fóruns de agricultura sustentável.

Leia Também:  Senar destaca importância da gestão de pessoas nas agroindústrias

Leia o regulamento aqui.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Sétima edição da Feira Natural do Campo traz artesanato

Publicados

em


Roupas em crochê e peças de decoração feitas em palha de babaçu. Essas foram as novidades para quem compareceu na edição da Feira Natural do Campo, desta quarta-feira (01.12).

Juscimeire Maria de Arruda, artesã de Cuiabá, trouxe conjuntos, croppeds, coletes, mochilas e bolsas em crochê. Ela que tinha o crochê como hobby, o tornou profissão após ficar desempregada na pandemia. A Feira foi uma oportunidade de mostrar o seu trabalho.

“Minha filha me inscreveu e eu aceitei vir e mostrar os meus produtos”, afirma.

Vindo de Nossa Senhora do Livramento, Juliano Pinto Moura, trouxe artesanatos feitos em palha de babaçu. “Comecei a produzir em 2010, depois de aprender sozinho”. Juliano, que já é experiente em feiras na sua cidade, afirma que essa é a primeira vez que expõe seus produtos em um shopping. “É a primeira vez que eu venho e estou achando bom”.

Rita de Cássia, do Distrito de Aguaçu, expôs na Feira pela quarta vez, mas nessa semana também trouxe uma novidade: o feijão de corda. “Hoje uma cliente levou cinco pacotes porque lembra a infância dela e fazia muito tempo que não encontrava para comprar. É gratificante ajudar a relembrar essa memória”.

Leia Também:  Senar destaca importância da gestão de pessoas nas agroindústrias

Primeira vez – Esta edição foi a primeira da produtora rural Jucilene Moraes, do Distrito de Aguaçu. Ela trouxe variedades de alface, couve, jiló, maxixe, dentre e outros produtos. ” Sempre tive contato com o campo e agora vivo apenas dele. A Feira é uma oportunidade de nos tornar conhecidos”.

A Feira realizará a sua última edição de 2021 na próxima quarta-feira (08.12), feriado municipal. O evento ocorrerá das 17h às 21h, no estacionamento do Shopping Estação Cuiabá.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA