PORTO VELHO

Agronegócio

CNA premia os melhores chocolates artesanais do Brasil

Agronegócio


Brasília (14/09/2021) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) anunciou, na terça (14), os vencedores do Prêmio CNA Brasil Artesanal 2021 – Chocolate.

A iniciativa da premiação foi do Sistema CNA/Senar em parceria com o Centro de Inovação do Cacau (CIC), Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e o apoio do Programa Compre do Pequeno do Sebrae.

A cerimônia virtual contou com a participação do diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, e do diretor técnico da CNA, Bruno Lucchi.

Priscyla França Chocolates, de São Paulo (SP), foi a grande vencedora dentre os 34 inscritos no concurso e conquistou o título de melhor chocolate artesanal do Brasil e o valor de R$ 6 mil. “Esse chocolate foi produzido a partir da amêndoa de cacau produzido em um assentamento da Amazônia. É resultado de muito trabalho e muita pesquisa. Estou muito feliz”, afirmou a chef chocolateira Priscila França Rosendo.

A marca Kalapa Chocolate, da produtora Luiza Dantas Santiago, de Belo Horizonte (MG) ficou em 2º lugar e recebeu R$ 4 mil. “A premiação do chocolate é sinal de reconhecimento da qualidade do cacau. Temos muita atenção aos ingredientes para produzir um alimento pensando nas sensações que esse chocolate vai levar aos consumidores”, destacou.

Leia Também:  BOI/CEPEA: EEB deve limitar exportação em set/21; liquidez é baixa no mercado interno

Em terceiro lugar ficou o Chocolate da Ju, do produtor Lucas Arleo, de Uruçuca (BA). Ele recebeu R$ 2.500. “Nós dominamos o processo desde a produção do cacau, pós-colheita e seleção. Fazemos tudo com muito cuidado e carinho com a intenção de levar um produto de qualidade”, afirmou Arleo, acompanhado de sua filha Ju, que dá nome à marca.

A agroindústria Cacau do Céu chocolates Finos, da produtora Marcela Tavares, de Ilhéus (BA), ficou em quarto lugar e recebeu R$ 1.500. “Eu estou muito feliz de estar entre as finalistas. Isso demonstra que mantemos a qualidade daquilo que a gente faz”, ressaltou Marcela que na primeira edição do Prêmio CNA Brasil Artesanal, em 2019, conquistou o segundo lugar.

O quinto lugar ficou com a empresa C’alma – Chocolate do grão à barra, de Goiânia (GO). A produtora Ariana Ribeiro recebeu o prêmio de R$ 1.000.  “A nossa essência é fazer chocolate com alma, observando os cuidados em todo o processo”, disse Ariana,

O chocolate Majucau, da produtora Mariana Basaure, de São Paulo (SP), ficou em sexto lugar. O sétimo lugar foi para o Cacauway, da chocolateira Hélia Félix de Moura de Medicilândia (PA). Todos os finalistas receberam certificado de participação.

Leia Também:  Ambiência e manejo adequado são importantes termômetros de bem-estar na suinocultura

Etapas do concurso – As amostras de chocolates passaram por etapas eliminatórias e classificatórias: análise técnica, degustação às cegas e julgamento da história do produto. Acompanhe a trajetória do concurso:

Para rever a cerimônia de premiação, confira:

Alimentos artesanais – Essa é a terceira edição do Prêmio CNA Brasil Artesanal. Em 2019, a primeira edição reconheceu os cinco melhores chocolates artesanais do Brasil produzidos por mulheres.  

Em 2020, foi a vez de conhecer os melhores salames artesanais do Brasil. 

Para fomentar esse tipo de produção de alimentos, o Sistema CNA/Senar desenvolve o programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais.

Um dos pilares é a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) gratuita para as agroindústrias artesanais.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Sistema CNA/Senar lança concurso para premiar contadores de causos

Publicados

em


Brasília (18/09/2021)O Sistema CNA/Senar lança, no sábado (18), o Concurso Prosa de Porteira para premiar contadores de causos em todo o país e incentivar a cultura popular brasileira.

Interessados em participar deverão enviar os vídeos com duração máxima de dois minutos. Para verificar outros requisitos e informações, é necessário consultar o regulamento.

Esse material passará por etapas classificatórias e eliminatórias como o envio dos vídeos, cadastro, análise de comissão organizadora e votação popular.

As inscrições, que vão até o dia 30 de outubro, podem ser feitas no site www.prosadeporteira.com.br/concurso

Informações sobre o regulamento também podem ser acessadas nesse link.

As melhores histórias serão premiadas com uma motocicleta 150 cilindradas para o vencedor; um notebook para o segundo colocado e um celular para o terceiro lugar.

Prosa de porteira – O Sistema CNA/Senar lançou, em maio, o portal Prosa de Porteira, espaço criado para resgatar os mais variados, criativos e saborosos causos do campo brasileiro.

Acesse www.prosadeporteira.com.br, conheça o projeto e confira os causos já disponíveis no portal. 

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CITROS/CEPEA: Com ofertas limitadas, laranja pera e tahiti se valorizam
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA