PORTO VELHO

Agronegócio

Com protagonismo do muçarela, lácteos se valorizam no Paraná

Agronegócio


Com captação menor e demanda aquecida, os produtos lácteos tiveram valorização no Paraná, ao longo de maio. Praticamente todos os itens comercializados ganharam preço em relação a março, consolidando a alta. Os resultados foram apresentados em reunião do Conselho Paritário Produtores/Indústria de Leite do Paraná (Conseleite-PR), realizado nesta terça-feira (25), de forma remota. O colegiado projetou uma oscilação positiva de 6,3%, com o valor de referência estimado em R$ 1,7245, para o leite entregue em maio a ser pago em junho. O índice é calculado a partir de todos os derivados comercializados e serve como base nas negociações entre produtores e as indústrias de leite.

O grande destaque do período analisado foi o queijo muçarela, cujos preços tiveram alta de 11,4% entre março e maio deste ano. Além disso, o produto respondeu por mais da metade (51,8%) do mix de comercialização. Ou seja, a valorização do item contribuiu para puxar para cima o valor de referência do leite. “Produto mais importante do mix, o muçarela teve reajustes expressivos nas últimas três semanas. A alta é maior do que projetamos no mês passado e, com isso, os preços ultrapassaram os patamares do início do ano”, observou o professor José Roberto Canziani, da Universidade Federal do Paraná (UPFR) e um dos responsáveis pelo levantamento.

Leia Também:  Cultivo de cevada ganha destaque no Paraná

O UHT ampliou sua participação, respondendo por 22% do mix de comercialização. Apesar de ter tido pouca valorização (1%), o produto também contribuiu com a oscilação do valor de referência do leite. Outros produtos que também tiveram peso significativo no mix, seguiram a mesma dinâmica e obtiveram valorização. É o caso do queijo prato, cujos preços subiram 5,5% e do leite em pó, com alta de 6,5%. Também representativo na cesta de itens, o leite spot permaneceu praticamente estável.

Nos produtos que tiveram comercialização menos expressiva, o desempenho também foi positivo, de forma geral. Entre os queijos, o provolone teve alta de 1,4% e o requeijão, de 3,35%. A bebida láctea, por sua vez, teve valorização de 9,4%, atingido o maior valor nominal em dois anos. O iogurte teve uma oscilação ainda maior, com os preços aumentando em 12,8%. A exceção foi o leite pasteurizado, que se manteve estável em relação aos preços praticados em março.

Apesar da recuperação do setor, os membros do Conseleite-PR destacaram que a alta dos custos de produção – principalmente, ante a disparada dos preços do milho – continuam preocupando os produtores e as indústrias. “Desde o ano passado, temos comentado que é um cenário de alerta. Temos que ter muita cautela e serenidade para atravessar essa tempestade, cujos efeitos devem se estender por pelo menos mais um ano”, observou o presidente do conselho, Ronei Volpi, que representa o Sistema FAEP/SENAR-PR no colegiado.

Leia Também:  CNA realiza workshop sobre mercado financeiro para o comércio exterior

Saiba mais sobre o funcionamento do Conseleite-PR no site da entidade: https://conseleitepr.com.br/

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

CNA Jovem destaca inovação e empreendedorismo na programação de sábado

Publicados

em


O multiempreendedor Tiago Mattos é o único professor brasileiro na maior escola de inovação do mundo

Brasília (19/06/2021) – A programação do segundo encontro nacional do CNA Jovem de sábado (19) focou no debate sobre o manifesto do Sistema CNA/Senar “Alimentar é construir o futuro”, e em temas como inovação e empreendedorismo e a busca de soluções para os desafios mais complexos da agropecuária.

Na abertura do encontro, que ocorre de forma totalmente remota, a diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar, Janete Almeida, ressaltou a dedicação dos participantes.

“Ao longo desses 10 meses da quarta edição do programa, que teve início em agosto de 2020, observamos que os jovens estão extremamente empenhados no propósito de liderança empreendedora, que vem sendo lapidado a cada atividade”.

Os consultores Paulo Crepaldi e José Luiz Tejon e a diretora, Janete Almeida
Os consultores Paulo Crepaldi e José Luiz Tejon e a diretora, Janete Almeida

Na parte da manhã, os 80 jovens líderes conheceram o manifesto “Alimentar é construir o futuro”, apresentado pelos consultores do Sistema CNA/Senar, Paulo Crepaldi e José Luiz Tejon.

O movimento engloba uma série de iniciativas para o desenvolvimento de ferramentas de entendimento para construir um futuro melhor. Os consultores interagiram com as novas lideranças para explicar os conceitos de união, convergência e entendimento em prol daqueles que vivem no campo ou na cidade.

Leia Também:  Conheça os novos cursos e seminários virtuais e presenciais SENAR MINAS

Para conhecer o manifesto, assista:


A jovem Ana Carolina Zimmermann é integrante de um dos grupos, cujo desafio é propor uma solução inovadora para fazer funcionar a ignição da comunicação entre jovens líderes do campo e da cidade, além de criar um espaço para o diálogo sobre a sustentabilidade do sistema alimentar.

Ana Carolina Zimmermann
Ana Carolina Zimmermann

“A narrativa é muito importante. Justamente por isso, às vezes a gente se pergunta como aplicá-la na prática em conversas do dia a dia para que o discurso que envolve o manifesto, de que o alimento que une a todos, seja praticado”, refletiu Ana Carolina.

A programação e os debates foram conduzidos pelos consultores do CNA Jovem, Gino Terentim e Ricardo Dornas.

Na parte da tarde, os jovens assistiram à palestra sobre inovação e futurismo com o multiempreendedor Tiago Mattos, único professor brasileiro da Universidade Singularity, nos Estados Unidos, considerada a maior escola de inovação do mundo, criada pela Nasa e pela Google.

“Quando ligamos conceitos relacionados ao agro e à tecnologia, o repertório fica mais atualizado e conseguimos avaliar melhor as soluções tecnológicas a serem propostas. Nós (empreendedores) não conseguimos prever o futuro e nem precisamos porque nós vamos construir o passo a passo do futuro”, disse aos jovens.

Thiago Mattos compartilhou os cinco segredos que descobriu empreendendo
Thiago Mattos compartilhou os cinco segredos que descobriu empreendendo

No bate-papo, ele compartilhou um vasto conteúdo sobre pensamento empreendedor, soluções tecnológicas, além de segredos e estratégias que descobriu ao empreender.

Leia Também:  Representantes de Mato Grosso do Sul avançam nas etapas finais do CNA Jovem
A jovem Hullde Lorena
A jovem Hullde Lorena

A palestra foi uma surpresa para os jovens, que aprovaram a iniciativa.  “Participei de alguns cursos sobre reaprendizagem criativa desenvolvidos pelo Thiago em 2019 e fiquei surpresa com a palestra no CNA Jovem. Para mim, foi muito um momento muito especial”, declarou Hullde Lorena, representante da Paraíba.

O líder Thiago André tirou dúvida com o multiempreendedor Tiago Mattos
O líder Thiago André tirou dúvida com o multiempreendedor Tiago Mattos

O especialista em futurismo esclareceu dúvidas dos participantes, como a do jovem Thiago André. “A tecnologia é essencial para tudo. Mas em uma empresa, até que ponto pode ser benéfica e de que forma pode interferir negativamente?”, refletiu.

A programação de sábado também contou com uma oficina de Storyboard, técnica de representação visual para ilustração de ideias e uma live junina para o arraiá virtual com a dupla sertaneja conhecida com os meninos da pecuária, Léo e Raphael.

No domingo (20), a programação do CNA Jovem segue com palestra sobre como lidar com cansaço emocional na pandemia, oficinas de refinamento das soluções e lições de inovação para o líder empreendedor e os próximos passos da jornada.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA