PORTO VELHO

Agronegócio

Jovens líderes do agro representam Brasil em fórum mundial para alimentação e agricultura

Agronegócio


Brasília (24/11/2021) – Ana Carolina Zimmermann e Lucas Dierings, vencedores do programa CNA Jovem, vão representar o Brasil em um evento com a participação de apenas 20 jovens de todo o mundo no Fórum Global para Alimentação e Agricultura (GFFA). O encontro vai ocorrer em Berlim, na Alemanha, em janeiro de 2022 e será transmitido virtualmente.

O convite foi feito pela Embaixada da Alemanha à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Os jovens selecionados vão mostrar exemplos brasileiros de soluções sustentáveis e experiências inovadoras em torno do tema da conferência: “Uso Sustentável do Solo: a segurança alimentar começa com o solo”.

Até a participação online no evento da Alemanha os representantes brasileiros receberão suporte e apoio do Sistema CNA/Senar. Ao final da conferência, os 20 jovens agricultores formularão um documento com proposições, demandas e recomendações que será entregue aos formuladores de políticas agrícolas participantes do GFFA. 

No dia 2 de dezembro haverá uma reunião virtual para interação entre os 20 jovens com a participação de representantes do Ministério da Agricultura para organização dos trabalhos para a elaboração da declaração comum.

Ana Carolina
Ana Carolina

Ana Carolina, do Distrito Federal, revela que foi uma honra ter sido selecionada para participar do fórum de jovens produtores do GFFA. “Estou me preparando para exercer da melhor forma meu papel como jovem, mulher e brasileira. Espero que nosso país seja cada vez mais reconhecido pela potência agroambiental que realmente é”.

Leia Também:  CAFÉ/CEPEA: Indicador do arábica completa 12 meses de alta consecutiva

Ela é fundadora de uma organização que faz a ligação entre produtores de alimentos e sociedade, além de ser bolsista de rede internacional de agronegócio Nuffield. “Tenho o propósito de comunicar as boas práticas agrícolas para nossa sociedade e para o mundo”, reitera.

A trajetória na quarta edição do CNA Jovem contribuiu para a preparação dos novos líderes com desenvolvimento de novas habilidades e competências.

Ana Carolina é cofundadora do grupo Elo 8 com o foco de criar o diálogo entre pessoas do campo e da cidade para reforçar a contribuição dos produtores rurais brasileiros da segurança alimentar. Além disso, participa de outras iniciativas para ampliar essa mensagem.

Lucas Dierings
Lucas Dierings

O jovem Lucas Dierings, representante do Paraná, concorda que o fórum será um espaço impar para reconhecer o desenvolvimento da agropecuária brasileira. “A expectativa é mostrar como os produtores rurais brasileiros realizam o uso sustentável do solo, abordar a importância da propriedade de terras e diversificação agrícola”. 

Os altos índices de produtividade também serão abordados no encontro. “Iremos mostrar o crescimento e a evolução tecnológica da produção de alimentos no Brasil sem a necessidade de abertura de novas áreas, reforçando a eficiência do sistema agroindustrial”.

Leia Também:  Surpresa e emoção marcam encerramento do terceiro encontro do CNA Jovem

Durante o programa CNA Jovem, Lucas integrou o grupo Agroconhecimento com o objetivo de disseminar informações sobre os benefícios de bioinsumos para os produtores rurais. Paralelamente, ele criou o podcast AgroJovem com conteúdo focado na administração de propriedades rurais.

Sobre o evento – O GFFA integra a programação da Feira Internacional Green Week (Semana Verde) de Berlim, considerada uma das mais relevantes feiras mundiais de consumo das indústrias alimentícia, agrícola e hortícola.

A CNA e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) terão um espaço para produtores de alimentos brasileiros expor seus produtos. Para mais informações sobre a forma de inscrição e participação, acesse:  https://cnabrasil.org.br/agrob…

Assessoria de Comunicação CNA

Fotos: arquivo pessoal

Telefone: (61) 2109-1419

flickr.com/photos/canaldoprodutor

cnabrasil.org.br

twitter.com/SistemaCNA

facebook.com/SistemaCNA

instagram.com/SistemaCNA

facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Sétima edição da Feira Natural do Campo traz artesanato

Publicados

em


Roupas em crochê e peças de decoração feitas em palha de babaçu. Essas foram as novidades para quem compareceu na edição da Feira Natural do Campo, desta quarta-feira (01.12).

Juscimeire Maria de Arruda, artesã de Cuiabá, trouxe conjuntos, croppeds, coletes, mochilas e bolsas em crochê. Ela que tinha o crochê como hobby, o tornou profissão após ficar desempregada na pandemia. A Feira foi uma oportunidade de mostrar o seu trabalho.

“Minha filha me inscreveu e eu aceitei vir e mostrar os meus produtos”, afirma.

Vindo de Nossa Senhora do Livramento, Juliano Pinto Moura, trouxe artesanatos feitos em palha de babaçu. “Comecei a produzir em 2010, depois de aprender sozinho”. Juliano, que já é experiente em feiras na sua cidade, afirma que essa é a primeira vez que expõe seus produtos em um shopping. “É a primeira vez que eu venho e estou achando bom”.

Rita de Cássia, do Distrito de Aguaçu, expôs na Feira pela quarta vez, mas nessa semana também trouxe uma novidade: o feijão de corda. “Hoje uma cliente levou cinco pacotes porque lembra a infância dela e fazia muito tempo que não encontrava para comprar. É gratificante ajudar a relembrar essa memória”.

Leia Também:  Origem Premium cria certificação ‘Green Way’ conectando a produção com a sustentabilidade

Primeira vez – Esta edição foi a primeira da produtora rural Jucilene Moraes, do Distrito de Aguaçu. Ela trouxe variedades de alface, couve, jiló, maxixe, dentre e outros produtos. ” Sempre tive contato com o campo e agora vivo apenas dele. A Feira é uma oportunidade de nos tornar conhecidos”.

A Feira realizará a sua última edição de 2021 na próxima quarta-feira (08.12), feriado municipal. O evento ocorrerá das 17h às 21h, no estacionamento do Shopping Estação Cuiabá.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA