PORTO VELHO

Agronegócio

Mais de 5 mil visitas no 1º trimestre na regional de Uberaba

Agronegócio


Balanço do Sistema FAEMG/SENAR/INAES aponta que o Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) promoveu 5.148 visitas na área da regional de Uberaba no primeiro trimestre de 2021. O escritório regional tem atuação em 44 municípios, com 38 entidades cooperadas. Nessa região, o programa atende 765 produtores em seis cadeias: avicultura, bovinocultura de corte e de leite, cafeicultura, fruticultura e olericultura.

Dentro do Programa FIP Paisagens Rurais, que oferece assistência técnica aos produtores inseridos na Bacia do Rio Tejuco, os resultados também são positivos. Entre janeiro e março, deste ano foram atendidos 951 produtores, da pecuária de corte e de leite. “Os números mostram que os produtores continuam recebendo assistência mesmo durante a pandemia. Os técnicos estão seguindo todos os protocolos de segurança para a prevenção à covid-19 durante o trabalho. As orientações são importantes para que os produtores continuem adequando as suas propriedades e evoluindo na produção”, explicou o gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES, Caio Oliveira.

Mais de 270 cursos

No primeiro trimestre deste ano, a regional de Uberaba promoveu 274 cursos de Formação Profissional Rural e Promoção Social. Foram mais de 6.600 horas de aula para 2.974 pessoas. Os mais procurados no período foram de Mecanização Agrícola (Trator) e Defensivos.

Leia Também:  Tripanosomose: um mal que pode ser combatido com descarte zero para o leite

Em março, com a implantação de medidas mais restritivas de circulação e a suspensão das atividades presenciais, aumentou a demanda por aulas virtuais ao vivo. Nessa modalidade, foram promovidos 55 cursos, com destaque para Gestão de Pessoas, Higiene e Conservação de Alimentos e o projeto piloto de Jogos Pedagógicos Virtuais. 

O escritório regional também promoveu cursos no seu Programa de Desenvolvimento Profissional – Machine Learning, capacitando 40 instrutores, 30 mobilizadores e 14 técnicos do ATeG e do FIP Paisagens Rurais, em diversas áreas de ocupação. Entre as entidades que mais organizaram cursos entre janeiro e março, destacaram-se os sindicatos de Tupaciguara, Campos Altos, Uberaba, Ituiutaba e Limeira do Oeste.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Diagnóstico de solo e boas práticas de conservação são recomendações prioritárias do Senar/MS

Publicados

em


Análises laboratoriais, cobertura e adubação são algumas das ações iniciais da ATeG em propriedades rurais.

Fundamental na conquista de bons resultados na agropecuária, um solo de qualidade é prioridade nas ações da Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS. Desde a primeira visita na propriedade rural, o técnico de campo analisa as condições do solo para que, junto ao produtor, possa estabelecer metas para aprimorar a atividade. Esse é o tema da série #TransformandoVidas desta semana.

Segundo o engenheiro agrônomo do Senar/MS, Dorly Pavei, o solo é um dos bens mais preciosos da propriedade rural.

“Para que se tenha uma boa produção, uma boa produtividade, é importante que o solo esteja em excelentes condições para dar os melhores frutos possíveis. Quanto mais o produtor cuidar do solo, maior será a sua produção, a diversidade e qualidade dos produtos”, explica.

Adubação e cobertura de solo são algumas das principais orientações levadas pelo técnico do Senar à propriedade atendida.

“Dentro da agricultura, da fruticultura, da horticultura, estimulamos os produtores rurais a realizarem a cobertura do solo por meio de gramíneas, e plantando pastagem entre as culturas, para evitar a perda e erosão de solo. São ações que buscamos sempre levar aos produtores, para que preservem ao máximo e minimizem até mesmo a degradação natural que o solo sofre ao longo do tempo”, ressalta.

Leia Também:  Comissão de Agropecuária debate situação da pauta do boi

Transformando Vidas – Toda sexta-feira, o Sistema Famasul divulga uma reportagem sobre a atuação do Senar/MS e as suas transformações no campo. Acesse o canal no YOUTUBE e confira os depoimentos.

Nesta semana, devido ao Dia Mundial de Conservação do Solo – 15 de abril – produzimos outras reportagens sobre o tema nas editorias ‘Mercado Agropecuário’ e ‘Educação no Campo’.

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Leandro Abreu

Foto: Leandro Abreu/Sistema Famasul

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA