PORTO VELHO

Agronegócio

Senar/SC recebe homenagem por serviços prestados ao Projeto Soldado-Cidadão

Agronegócio


Brasília (24/11/2021) O superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Santa Catarina (Senar/SC), Gilmar Zanluchi, foi homenageado, na terça (24), durante a cerimônia de entrega do 11º Prêmio Melhor Gestão do Projeto Soldado-Cidadão promovida pelo Ministério da Defesa, em Brasília.

Zanluchi recebeu um diploma de colaborador em reconhecimento aos serviços prestados pela parceria do Senar/SC no projeto Soldado-Cidadão. O Senar ministra cursos de formação profissional rural aos soldados das Forças Armadas há 13 anos. Para Zanluchi, a iniciativa representa um reconhecimento importante dessa parceria.

“Oferecemos aos jovens incorporados às fileiras das Forças Armadas cursos profissionalizantes que proporcionam capacitação técnico-profissional básica, formação cívica e ingresso no mercado de trabalho em excelentes condições. Os resultados vêm superando as nossas expectativas, o que nos enche de orgulho”.

O Soldado-Cidadão é uma ação desenvolvida pelo Ministério da Defesa desde 2004, por meio dos comandos das Forças Singulares, para qualificar jovens que prestam o Serviço Militar e prepará-los para o mercado de trabalho.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cadastramento da 2ª etapa do FIP em Minas Gerais segue até 30/11
Propaganda

Agronegócio

Sétima edição da Feira Natural do Campo traz artesanato

Publicados

em


Roupas em crochê e peças de decoração feitas em palha de babaçu. Essas foram as novidades para quem compareceu na edição da Feira Natural do Campo, desta quarta-feira (01.12).

Juscimeire Maria de Arruda, artesã de Cuiabá, trouxe conjuntos, croppeds, coletes, mochilas e bolsas em crochê. Ela que tinha o crochê como hobby, o tornou profissão após ficar desempregada na pandemia. A Feira foi uma oportunidade de mostrar o seu trabalho.

“Minha filha me inscreveu e eu aceitei vir e mostrar os meus produtos”, afirma.

Vindo de Nossa Senhora do Livramento, Juliano Pinto Moura, trouxe artesanatos feitos em palha de babaçu. “Comecei a produzir em 2010, depois de aprender sozinho”. Juliano, que já é experiente em feiras na sua cidade, afirma que essa é a primeira vez que expõe seus produtos em um shopping. “É a primeira vez que eu venho e estou achando bom”.

Rita de Cássia, do Distrito de Aguaçu, expôs na Feira pela quarta vez, mas nessa semana também trouxe uma novidade: o feijão de corda. “Hoje uma cliente levou cinco pacotes porque lembra a infância dela e fazia muito tempo que não encontrava para comprar. É gratificante ajudar a relembrar essa memória”.

Leia Também:  Está disponível no site do Cepea o relatório de Custos de Produção de Pecuária

Primeira vez – Esta edição foi a primeira da produtora rural Jucilene Moraes, do Distrito de Aguaçu. Ela trouxe variedades de alface, couve, jiló, maxixe, dentre e outros produtos. ” Sempre tive contato com o campo e agora vivo apenas dele. A Feira é uma oportunidade de nos tornar conhecidos”.

A Feira realizará a sua última edição de 2021 na próxima quarta-feira (08.12), feriado municipal. O evento ocorrerá das 17h às 21h, no estacionamento do Shopping Estação Cuiabá.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA