PORTO VELHO

Rondônia

Animais de boa sanidade expostos na Feira mostram resultado do trabalho do Governo de Rondônia

Rondônia

Exposição de bovinos é uma das grandes atrações da feira internacional

Com quase 18 milhões de cabeças de gado, Rondônia tem hoje o maior rebanho bovino livre de febre aftosa sem vacinação do país. A marca é fruto do esforço do Governo do Estado, produtores e técnicos da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia – Idaron.

Os resultados podem ser vistos claramente no plantel que está exposto no complexo da bovinocultura e que é bem representativo da qualidade bovina que o Estado exibe hoje: animais bem formados, protegidos contra doenças e valorizados no mercado internacional.

O presidente da Idaron, Julio Cesar Rocha Peres explicou que, “aqui temos a representatividade de diversas fazendas do Estado, com animais que produzem leite ou também destinados ao corte, num rebanho exposto na Feira, com bovinos de várias idades. É possível notar que Rondônia tem um trabalho exemplar na pecuária, e que o posto que alcançamos hoje, é fruto do trabalho conjunto dos criadores de gado e do poder público”, ressaltou.

Leia Também:  COOPERATIVA DE PRODUTORES RURAIS FOMENTADA PELA USINA HIDRELÉTRICA JIRAU É REFERÊNCIA EM RONDÔNIA E COMEMORA DEZ ANOS DE ATIVIDADE

STATUS SANITÁRIO

Destaque na produção de carne do famoso “boi verde”, Rondônia também está servindo de modelo para o restante do país, por ser escolhida para integrar o primeiro bloco de retirada da vacinação contra febre aftosa. A medida é uma vantagem para o status sanitário, visto que demonstra a habilidade da unidade federativa, em controlar a doença através de seu sistema de defesa em suas fronteiras. No mercado internacional, a carne vinda de regiões com esse reconhecimento, tem mais valor e interesse na compra.

Importante para a Feira, a exposição dos animais atrai grande público, curioso com o tamanho e beleza dos animais. Não são raras as selfies e passeios em família pelos corredores repletos de grades e tratadores de gado. Produtores rurais também buscam no espaço, genética apurada, em espécimes que possam vir a ser reprodutores em suas próprias fazendas, como é o caso de alguns que já ostentam as placas de “vendido” no alto de suas baias.

Para ter a programação completa, acesse o site oficial do evento https://rondoniaruralshow.ro.gov.br/

Leia Também:  Professores de escolas indígenas da região do Madeira Mamoré participam de encontro pedagógico

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Concurso de poesia e redação são lançados pelo Governo de Rondônia a estudantes da Rede Estadual da Capital e interior

Publicados

em

A solenidade de lançamento dos projetos contou com a participação de gestores do Poder Executivo e do Serviço Social do Comércio – Sesc

Com a premissa de desenvolver e propor um acolhimento aos estudantes da Rede Estadual de Ensino, apresentando a rica história regional, por meio da elaboração de poemas e redações, o Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo – Setur, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação – Seduc, lançou nesta quarta-feira (31), no Teatro Guaporé, em Porto Velho, um concurso de poesia e redação, que tem em comum promover a história e a natureza do Estado.

Com o desenvolvimento destes projetos, o intuito é promover a sensibilização dos estudantes da Rede Estadual de Ensino sobre a importância de conhecer o patrimônio histórico e cultural do Estado de Rondônia, para entender o porquê de preservá-lo. A solenidade de lançamento dos projetos contou com a participação de gestores do Poder Executivo e do Serviço Social do Comércio-Sesc.

Gilvan Pereira destacou que o concurso de poesia e redação, objetiva promover a valorização do patrimônio geográfico e cultural do Estado

O governador de Rondônia, Marcos Rocha declarou que, o projeto tem como objetivo  fortalecer a educação e o turismo. “Os estudantes vão passar a vivenciar estes ambientes e sentir vontade de visitar os municípios do nosso Estado, que possuem inúmeras belezas naturais. Junto aos professores, queremos alavancar o setor turístico de Rondônia, com este incentivo para os alunos”, considerou.

Leia Também:  Mil testes serão disponibilizados no drive-thru de testagem para covid-19 em Santa Luzia d’ Oeste 

O gestor da Superintendência Estadual de Turismo – Setur, Gilvan Pereira Júnior declarou que, o concurso vai motivar os alunos a desenvolverem a prática da leitura e também, o interesse de conhecer os pontos turísticos do Estado. “O turismo precisa ser retratado dentro das nossas escolas, pois temos vários municípios de Rondônia, que são destaque em atrativos turísticos. Este concurso será uma oportunidade de os alunos despertarem o interesse em conhecer os balneários, as belezas naturais existentes nas regiões do Estado”, salientou.

Para a titular da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, Ana Lúcia Pacini, a parceria  foi firmada entre os órgãos do Executivo, para o desenvolvimento do concurso. “Cultura, educação e turismo precisam estar lado a lado. Rondônia possui um grande potencial turístico que não era explorado e durante esta gestão, tem sido um diferencial, com isso, trazendo desenvolvimento para o nosso Estado. O concurso é uma forma de os alunos despertarem o sentimento de pertencimento ao saber dos atrativos turísticos, além de fomentar a leitura e a escrita, que são de grande importância”, destacou.

REDAÇÃO TURISMO

O estudante relatou que o concurso vai valorizar o patrimônio turístico e cultural do Estado

Com o tema “Rondônia e suas Potencialidades Turísticas”, o público-alvo do projeto Redação Turismo são os estudantes dos terceiros anos do Ensino Médio das escolas estaduais, cabendo-lhes produzir uma redação, que deverá atender aos critérios do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, e serão disponibilizadas para correção e instruções dentro da plataforma Revisa Enem.

Leia Também:  Último HappyLouvada de 2019 acontece no dia 12 de dezembro em Porto Velho

Todas as escolas estaduais dos 52 municípios do Estado vão participar, e aos estudantes que obtiverem o 1º lugar, será oferecida uma excursão, que terá sua primeira etapa em um city tour na cidade de Costa Marques, e a 2ª etapa, em Porto Velho.

Para o estudante do 9º ano da Escola Bela Vista, de Porto Velho, Caio Victor, as expectativas de participarem do concurso são boas e conta com o auxílio dos professores na produção de sua redação. “Será um momento de me aprofundar sobre o Estado, os locais que recebem visitações e com a ajuda dos professores, espero ir bem e conquistar uma boa colocação”, concluiu.

CONCURSO DE POESIA

Com abordagens sobre “Rondônia e suas Belezas Naturais”, o Projeto Redação e Poesia destina-se aos estudantes do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, matriculados nas escolas estaduais de ensino fundamental, que ofertam educação integral nos seguintes municípios:

  • Porto Velho: Escola Eloísa Bentes Ramos; Escola Bela Vista e Escola Juscelino Kubitscheck.
  • Buritis: Escola Marechal Rondon;
  • Cacoal: Escola Carlos Drummond de Andrade; Escola Honorina Lucas Brito.
  • Jaru: Escola Nilton Oliveira de Araújo.
  • Pimenta Bueno: Escola Valdir Monfredinho.
  • Rolim de Moura: Escola Monteiro Lobato.
  • Nova Brasilândia D’Oeste: Escola Alexandre de Gusmão.
  • Vilhena: Escola Deputado Genival Nunes da Costa.

Aos estudantes que obtiverem o 1º lugar nas 11 escolas citadas, serão contemplados com um city tour nos pontos turísticos das respectivas cidades, um kit com lembranças e um certificado de participação no concurso.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA