PORTO VELHO

Brasil

Contas de energia em Rondônia terão redução de 4,74% no mês de abril

Brasil

Em abril, os consumidores de energia elétrica terão um desconto na tarifa, por causa da devolução dos valores cobrados a mais no ano passado. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (28) o processo extraordinário de ajuste nas tarifas de 90 distribuidoras do país. Os percentuais de redução na tarifa que será aplicada em abril variam de 0,95% a 19,47%.

Segundo a assessoria de comunicação da Eletrobras Distribuição Rondônia, não há nenhuma decisão local sobre o assunto, e todos os parâmetros de redução são decididos e ajustados pela própria Aneel, por se tratar de decisão nacional. No entanto, a Agência Brasil divulgou durante a tarde o percentual de redução para os rondonienses: – 4,74%.

A devolução vai acontecer porque o custo da energia proveniente da termelétrica de Angra 3 foi incluído nas tarifas do ano passado, mas a energia não chegou a ser usada porque a usina não entrou em operação. O valor total a ser devolvido será de R$ 900 milhões.

Anteriormente, a Aneel havia dito que o valor da devolução poderia chegar a R$ 1,8 bilhão, mas o cálculo foi reduzido porque nem todas as distribuidoras haviam cobrado os valores a mais em 2016, já que o montante foi incluído no processo de reajuste de cada concessionária, de acordo com o seu aniversário tarifário.

Como será a devolução

O procedimento de devolução dos recursos terá duas etapas. Na primeira, durante o mês de abril, a tarifa será reduzida para reverter os valores de Angra 3 incluídos desde o processo tarifário anterior e, ao mesmo tempo, deixará de considerar o custo futuro do Encargo de Energia de Reserva (EER) desta usina.

Leia Também:  Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 170 milhões; o maior deste ano

Na segunda etapa, que começa em 1º de maio e permanece até o próximo processo tarifário de cada distribuidora, a tarifa apenas deixará de incluir o EER de Angra 3.

A Aneel também determinou que as distribuidoras incluam um texto padronizado nas faturas de abril e maio de 2017 para informar aos consumidores sobre o processo de ajuste. As concessionárias também devem utilizar outros meios de comunicação para divulgar o movimento tarifário.

Confira qual será a redução de cada distribuidora no mês de abril:

1. AES SUL -13,76%

2. AME -5,05%

3. AMPLA -13,36%

4. BANDEIRANTE -6,95%

5. BRAGANTINA -12,69%

6. CAIUA -14,49%

7. CEA -5,03%

8. CEAL -7,66%

9. CEB-DIS -5,92%

10. CEDRAP -1,38%

11. CEDRI -2,67%

12. CEEE-D -5,96%

13. CEJAMA -3,72%

14. CELESC-DIS -8,51%

15. CELG-D -6,30%

16. CELPA -7,38%

17. CELPE -15,31%

18. CEMAR -7,33%

19. CEMIG-D -10,61%

20. CEPISA -7,01%

21. CEPRAG -1,34%

22. CERAÇÁ -2,62%

23. CERAL ANITAPOLIS -1,14%

24. CERAL DIS -5,66%

25. CERBRANORTE -4,79%

26. CEREJ -2,22%

27. CERGAL -3,27%

28. CERGAPA -2,32%

Leia Também:  #RECONHECIMENTO: Porto Velho recebe Certificado de qualidade em transparência pública

29. CERGRAL -2,95%

30. CERILUZ -2,55%

31. CERIM -2,69%

32. CERMC -3,44%

33. CERMISSÕES -3,11%

34. CERMOFUL -2,51%

35. CERON -4,74% (RONDÔNIA)

36. CERPALO -2,08%

37. CERSUL -3,49%

38. CERTEL -4,57%

39. CERTREL -0,95%

40. CETRIL -2,92%

41. CFLO -10,72%

42. CHESP -4,45%

43. CNEE -14,19%

44. COCEL -10,70%

45. COELBA -15,46%

46. COELCE -13,95%

47. COOPERA -4,26%

48. COOPERALIANÇA -7,49%

49. COOPERCOCAL -2,52%

50. COOPERLUZ -1,91%

51. COOPERMILA -4,38%

52. COORSEL -2,17%

53. COPEL-D -11,88%

54. COPREL -4,26%

55. COSERN -16,66%

56. CPFL JAGUARI -16,49%

57. CPFL LESTE PAULISTA -14,81%

58. CPFL MOCOCA -14,71%

59. CPFL PAULISTA -15,28%

60. CPFL PIRATININGA -6,80%

61. CPFL SANTA CRUZ -13,41%

62. CPFL SUL PAULISTA -14,29%

63. CRELUZ-D -1,73%

64. CRERAL -2,47%

65. DEMEI -10,11%

66. DMED -7,09%

67. EBO -19,47%

68. EDEVP -14,23%

69. EFLJC -7,21%

70. EFLUL -6,75%

71. ELEKTRO -8,89%

72. ELETROACRE -4,10%

73. ELETROCAR -9,32%

74. ELETROPAULO -12,44%

75. ELFSM -8,00%

76. EMG -9,85%

77. EMS -13,81%

78. EMT -13,17%

79. ENF -9,34%

80. EPB -8,84%

81. ESCELSA -10,37%

82. ESE -15,36%

83. ETO -8,90%

84. FORCEL -7,34%

85. HIDROPAN -8,40%

86. IENERGIA -8,93%

87. LIGHT -5,35%

88. MUXFELDT -9,90%

89. RGE -10,89%

90. UHENPAL -10,22%

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado em R$ 46 milhões

Publicados

em


A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (4) um prêmio acumulado em R$ 46 milhões. As seis dezenas do concurso 2.396 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

 As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas lojas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

Caso apenas um apostador leve o prêmio da faixa principal e aplique todo o valor na poupança receberá R$ 112,5 mil de rendimento no primeiro mês. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Loteca

O prêmio do concurso 949 da Loteca, modalidade para palpites de resultados de futebol, está acumulado e pode pagar R$ 1,6 milhão para quem acertar os 14 pontos. As apostas podem ser feitas até as 14h deste sábado (7).

Para apostar, verifique a programação com as 14 partidas selecionadas das Séries A, B e C destes sábado e domingo (8) e registre seu palpite. As apostas podem ser nas casas lotéricas ou no portal Loterias Caixa.

Leia Também:  Novo programa social deve ser lançado em novembro, diz Roma

A aposta simples custa R$ 3 e dá direito a marcar um palpite a mais em uma das 14 partidas; assim, o apostador aumenta suas chances de acerto ao marcar dois times como vencedor, ou um time vencedor e o empate.

Quanto mais duplos e triplos (cobrindo os três resultados possíveis em uma partida) marcar, maiores são as chances de ganhar e, consequentemente, maior será o preço da aposta.

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA