PORTO VELHO

Brasil

Defesa Civil faz alerta sobre chegada de uma onda de frio em São Paulo

Brasil

A partir das primeiras horas de amanhã (23), uma onda de frio vai atingir o estado de São Paulo e provocar a queda abrupta da temperatura. O alerta foi feito hoje (22) pela Defesa Civil do Estado de São Paulo, e vale até domingo (25).

A previsão é de que a temperatura mínima possa chega a 3ºC na Serra da Mantiqueira. Já na capital e região metropolitana, a temperatura pode chegar a 7ºC.

Nas regiões de Sorocaba e de Campinas, os termômetros podem chegar a 9ºC. Em São José dos Campos e Vale da Ribeira, a mínima chega a 8ºC. E na Baixada Santista e litoral norte paulista, a expectativa é de temperaturas entre 12ºC e 13ºC.

Segundo a Defesa Civil, a queda abrupta da temperatura vai intensificar a sensação de frio e aumentar o risco de incidentes e danos à saúde. A dica é que se mantenham os grupos mais vulneráveis, como idosos, crianças e moradores em situação de rua, agasalhados.

O órgão também alerta para que as pessoas evitem locais fechados e de grande circulação de pessoas para se evitar as doenças oportunistas que incidem mais no período de maior frio, como gripes, resfriados, pneumonias e meningites. E que se higienize constantemente as mãos.

Leia Também:  Quina de São João sorteará prêmio de R$ 200 milhões neste sábado

Por causa da expectativa de muito frio na capital paulista, a estação Pedro II do Metrô vai funcionar durante a madrugada como abrigo temporário para moradores em situação de rua. O abrigo será aberto a partir das 19h de amanhã.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Duas toneladas de óleo são retiradas de praias em Pernambuco

Publicados

em

Duas toneladas de óleo foram retiradas de praias em Pernambuco entre domingo (2) e esta segunda-feira (3). Pedaços sólidos de óleo que se assemelham a petróleo cru foram encontrados inicialmente por um pescador na cidade de Tamandaré.

Segundo o Centro de Pesquisa do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) do município pernambucano, a maior parte do óleo já foi retirado, mas os trabalhos de limpeza das praias devem continuar nesta terça-feira.

Esta não é a primeira vez que manchas de óleo aparecem nas praias da região neste ano. Em agosto, foram recolhidas pelotas de óleo em 10 praias de Pernambuco, duas da Paraíba, uma da Bahia e outra de Alagoas.

Segundo a coordenadora do Programa Ecológico de Longa Duração Tamandaré Sustentável, a professora Beatrice Padovane, o ressurgimento desse óleo agora em outubro preocupa.

Na semana passada, também foram identificados fragmentos de óleo no município de Coruripe, em Alagoas.

Após analisar o óleo que apareceu em agosto, cientistas brasileiros concluíram que o material não é do mesmo tipo de petróleo do desastre ambiental de 2019. Segundo a perícia, trata-se de petróleo cru, possivelmente do Golfo do México e a hipótese mais provável é que ele tenha sido derrubado durante a lavagem de tanques de navio petroleiro em alto mar.

Leia Também:  Brasília Moto Festival começa hoje e vai até o dia 24

A professora Beatrice Padovane, que trabalha no monitoramento ambiental da região, ressalta que os prejuízos podem ir além dos efeitos sobre o turismo, porque o óleo pode se propagar na cadeia alimentar das espécies marinhas da região.

As pelotas de petróleo encontradas nesse domingo em Tamandaré ainda precisam ser analisadas para avaliar se são da mesma natureza das encontradas em agosto.

Ouça na Radioagência Nacional:

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA