PORTO VELHO

Brasil

Estado de vítima de desabamento em Rio das Pedras permanece grave

Brasil


A Secretaria Municipal de Saúde informou hoje (6), em nota, que Kiara Abreu, 26 anos, retirada dos escombros do prédio que desabou no dia 3, em Rio das Pedras, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, permanece no Centro Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Municipal Miguel Couto, na zona sul, e apresenta quadro de saúde grave e instável.

Outra mulher ferida no desabamento, de 28 anos, levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na zona oeste, continua internada e seu estado é estável.

Na tragédia, morreram o marido de Kiara, Natan Gomes, 30 anos, e a filha do casal, Maitê Gomes Abreu, de 2 anos de idade. O imóvel começou a ser construído há 15 anos por Genivan Gomes, pai de Natan e sogro de Kiara. Concluído há oito anos, o prédio apresentava situação irregular. 

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jirau, Santo Antonio e Belo Monte receberam R$ 42,9 bilhões do BNDES
Propaganda

Brasil

Operação da PF combate fraudes contra benefícios previdenciários

Publicados

em


A Polícia Federal (PF), juntamente com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, deflagrou hoje (23) a Operação Senha Forte, para combater um grupo criminoso que fraudava benefícios previdenciários em vários estados, com prejuízos aos cofres públicos.

De acordo com a PF, os investigados promoviam a inclusão fraudulenta de dependentes/curadores fictícios nos sistemas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com vistas a levantamento de valores indevidos.

A investigação teve início com a prisão em flagrante de falsos dependentes/curadores, na cidade de Feira de Santana, na Bahia, em maio do ano passado, quando, fraudulentamente, tentavam sacar cerca de R$ 80 mil, referente a um benefício manipulado.

 Nesta nova ação policial foram cumpridas seis medidas judiciais: três mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária, nas cidades de Guarulhos, Ferraz de Vasconcelos e São Paulo, no estado de São Paulo, tendo como alvo pessoas que tinham por função arregimentar os falsos dependentes/curadores.

A PF estima que o prejuízo já supera R$ 31 milhões, em relação a mais de 100 benefícios previdenciários suspeitos. Valor que pode aumentar com o decorrer das investigações.

Leia Também:  Receita abre consulta a primeiro lote de restituição do IR deste ano

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA