PORTO VELHO

Brasil

Médicos Pelo Brasil deve levar profissionais a 26 distritos indígenas

Brasil

 

Mais de cinco mil municípios brasileiros devem receber profissionais do programa Médicos Pelo Brasil. A informação é do secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Raphael Câmara, que concedeu entrevista ao programa A Voz do Brasil desta segunda-feira (18).

Segundo Câmara, serão 4,6 mil médicos admitidos já neste ano. Os primeiros 529 assinaram contrato hoje. Esses médicos serão direcionados para os municípios mais vulneráveis. O secretário disse ainda que o programa deve sanar uma dívida histórica do Brasil, já que é a primeira vez que o governo federal provê médicos a diversas localidades.

Os 26 distritos indígenas estão entre as prioridades do novo programa. Câmara destaca que o médico que optar por esses locais receberá um adicional. “O médico que resolver ir para um distrito indígena receberá cerca de R$ 6 mil a mais”, disse.

Os profissionais do programa serão alocados exclusivamente na atenção primária. “A gente sabe que uma atenção primária forte, ela vai conseguir evitar que muitos casos vão para a atenção especializada, ou seja, hospitais e UPAs [Unidades de Pronto Atendimento]”. De acordo com o secretário, ao alocar recursos da atenção primária o governo estará otimizando os recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia Também:  Federação Brasileira de Bancos estende o prazo para recebimento de boletos vencidos em qualquer banco

Segundo o secretário, o novo programa traz o vínculo celetista como modalidade contratual e conta com “todos os direitos trabalhistas” para os participantes, além da possibilidade de receberem salários de até R$ 30 mil.

Para Câmara, o novo programa traz uma carreira de estado para que os médicos possam se fixar na função. “A gente também precisa que esse médico, ele fique naquele município, conhecendo melhor a população e com isso atendendo melhor os anseios da população.”

Assista ao programa:

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Prefeitura oferece capacitação gratuita a artesãos de São Paulo

Publicados

em

Os artesãos da capital paulista poderão fazer gratuitamente um curso de capacitação oferecido pela prefeitura de São Paulo. A iniciativa, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, disponibiliza 850 vagas para um curso de capacitação voltado à gestão e desenvolvimento de empreendimento. As inscrições para o Curso de Qualificação Mãos e Mentes Paulistanas podem ser feitas até 16 de junho, pelo endereço www.cutt.ly/inscricaoturma8

“O curso chega para fortalecer as nossas ações de fomento ao setor. Além do acesso a crédito e a eventos, buscamos capacitar os artesãos para que assim eles possam aprimorar o seu marketing e a gestão do seu empreendimento”, destaca a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso. 

Com duração de dois meses, totalizando 30 horas de aula, o curso é feito em plataforma 100% on-line, com acompanhamento de monitores especializados para facilitar a interação e o uso da tecnologia, mesmo para os que não estejam familiarizados com as ferramentas virtuais.

Segundo a prefeitura, os encontros abordarão temas como vendas on-line, precificação, elaboração do plano de negócio, desenvolvimento de coleção, gestão financeira, planejamento de futuro, controle de produção, formalização e parcerias. O curso poderá ser feito em qualquer dia e horário da semana.

Leia Também:  José Antônio Robles toma posse como desembargador do TJRO

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA