PORTO VELHO

Brasil

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 34 milhões

Brasil

Nesta semana, a Loterias Caixa realiza a Mega-Semana de Natal, com três sorteios: na terça-feira (8), na quinta e no sábado (12).

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do 2.325 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa terça-feira (8), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

O prêmio acumulou e, de acordo com a Caixa, está estimado em R$ 34 milhões para o concurso 2.326, que será realizado nesta quinta-feira (10). Foram as seguintes as dezenas sorteadas: 33 – 34 – 37 – 46 – 52 – 60.

A quina registrou 27 apostas vencedoras; e cada uma pagará R$ 68.402,27. A quadra teve 2.233 apostas ganhadoras; cada apostador receberá R$ 1.181,53.

Nesta semana, a Loterias Caixa realiza a Mega-Semana de Natal, com três sorteios: na terça-feira (8), na quinta e no sábado (12).

As apostas para o próximo sorteio poderão ser feitas até as 19h de amanhã (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. O volante, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em 2021, 5 mil pessoas morreram em 64 mil acidentes de carro
Propaganda

Brasil

Suplente de Gabriel Monteiro na Câmara do Rio figura ‘lista do Ceperj’

Publicados

em

Matheus Floriano, suplente de Gabriel Monteiro na Câmara do Rio
Reprodução Facebook / 19.08.2022

Matheus Floriano, suplente de Gabriel Monteiro na Câmara do Rio

Matheus Floriano foi eleito suplente pelo PSD nas eleições de 2020 com um total de 7.086 votos. Após a cassação de Gabriel Monteiro (PL) na tarde de ontem, Floriano assume a cadeira.

O Palácio Pedro Ernesto não é local estranho a Floriano, que foi vereador de abril de 2019 a maio de 2020. A previsão é que a posse seja realizada já na próxima terça-feira.

Segundo reportagem de O GLOBO, Matheus é filho do ex-deputado Francisco Floriano e recebeu R$ 51,4 mil da fundação Ceperj. O órgão é alvo de investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro sob suspeitas de irregularidades na folha de pagamento. 

“Floriano foi um dos nomes ligados a políticos que o GLOBO mapeou que constam na lista de saques feitos na “boca do caixa” pagos pelo Ceperj”, denuncia a matéria. 

A investigação revela que Matheus Floriano recebeu quantias em sete pagamentos, de fevereiro a julho, em uma agência bancária na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.  O valor dos saques foi de R$ 7,3 mil cada. 

Leia Também:  Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 80 milhões

O GLOBO revela que Matheus concorreu a vereador no Rio usando o nome “Matheus Floriano” na urna em 2020, em referência ao nome do pai.

“De setembro do ano passado a janeiro deste ano, antes de entrar na lista secreta do Ceperj, Matheus figurou na folha de pagamento regular da Secretaria Estadual de Trabalho, com vencimentos de R$ 10 mil”.

A reportagem não conseguiu contato com Matheus e nem seu pai.

Evangélica, a família Floriano é ligada a Igreja Mundial do Poder de Deus, do apóstolo Valdemiro Santiago. Pai e filho se aproximaram do prefeito Eduardo Paes durante as eleições de 2020.

Matheus Floriano é o 2º suplente na chapa de Gabriel Monteiro. Porém o primeiro substituto, Eliseu Kessler, assumiu o mandato de Jones Moura, que entrou com deputado federal após a cassação de Flordelis liberar cadeira na câmara federal.

Leia Também:  Lei desobriga servidor que tem filho com deficiência de compensar horário

Floriano disputou sua primeira eleição em 2014 numa disputa vaga para deputado estadual. Na época Matheus teve apenas 85 votos em todo estado.

Na eleição de 2016, dois anos seguintes, concorreu para vereador da capital e teve 8.620 votos.

Matheus Floriano era assessor do ex-prefeito Marcelo Crivella até assumir seu mandato na Câmara em 2019. Ele foi exonerado na época do impeachment que Crivella enfrentou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA