PORTO VELHO

Brasil

PF descarta envolvimento de suspeito em mortes de Bruno e Dom

Brasil

A Polícia Federal informou nesta sexta-feira (24) que não há indícios de que Gabriel Pereira Dantas, que se entregou voluntariamente à Polícia Civil de São Paulo ontem, tenha envolvimento nos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Philips, ocorridos no Vale do Javari, oeste do Amazonas. Dantas afirmou ter participado das mortes e teve sua prisão temporária requerida pela Polícia Civil, mas a Justiça de Atalaia do Norte (AM), que está à frente do caso, indeferiu o pedido.

“Ainda na data de ontem [23], referida pessoa [Gabriel Dantas] foi encaminhada à sede da Polícia Federal em São Paulo para ser formalmente ouvida e prestar esclarecimentos sobre os fatos, mas optou por exercer seu direito constitucional de permanecer calado. Ele permanece em liberdade, tendo em vista que não há indícios de ter participado dos crimes ora em apuração, já que apresentou versão pouco crível e desconexa com os fatos até o momento apurados”, detalhou a PF, em nota à imprensa. 

Leia Também:  Nordeste deve continuar com chuvas fortes e risco de alagamentos

A prisão do suspeito foi anunciada pela Polícia Civil paulista, que informou que Gabriel se apresentou espontaneamente a policiais no centro da capital paulista, por volta das 6h dessa quinta-feira (23). O delegado Roberto Monteiro, da Delegacia Seccional do Centro, chegou a dizer que a versão do rapaz tinha fundamento e que por isso requereu a prisão temporária do mesmo. Ainda segundo o delegado, o suspeito que se entregou à Polícia havia fugido do Amazonas e passado pelo estado do Pará e Mato Grosso, até finalmente chegar a São Paulo.

A PF enfatizou que as investigações do caso prosseguem. Durante todo o dia, o corpo de Bruno Pereira foi velado em cerimônia aberta na cidade de Paulista, que fica na região metropolitana do Recife. No final da tarde, houve a cerimônia de cremação dos restos mortais, restrita a familiares e amigos. O corpo do jornalista Dom Philips, que foi entregue à família no Rio de Janeiro, tem e cremação previstos para este domingo (26), no Cemitério Parque da Colina, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Leia Também:  Prefeitura do Rio quer demolir prédio irregular na Muzema

Edição: Kelly Oliveira

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Coluna: filme francês faz público refletir sobre o meio ambiente

Publicados

em

Uma super dica vai para um programinha em família: uma semana após o Dia dos Pais, mas ainda na vibração, recomendo Big Pai, Big Filho, um filme de animação que conta a estória de Adam, um menino que leva uma vida normal, até descobrir o segredo de seu pai que está desaparecido… e o que muda na vida de Adam? Ele embarca em uma super aventura além de descobrir um mundo mágico onde tudo se torna possível.

O filme é dos mesmos produtores de Alvim e os Esquilos e promete muita diversão!

Agendem então para esse domingo, dia 21 de agosto, às 14h, na TV BRASIL.

Segunda temporada da série brasileira Bom Dia, Verônica

Recomendo também a segunda temporada da série original da Netflix que é totalmente brasileira: Bom Dia, Verônica, que estreou este mês na plataforma de streaming.

A primeira temporada, com dez capítulos, foi exibida em 2020 e arrebatou o público. Na série ambientada em São Paulo, denúncias de violência contra a mulher e feminicídio são temas abordados.

Leia Também:  Prefeitura do Rio quer demolir prédio irregular na Muzema

Na trama, Verônica é uma justiceira interpretada magistralmente pela atriz Tainá Muller. A personagem é uma escrivã que presencia um crime contra uma mulher na delegacia que trabalha. A partir desse episódio, ela decide transformar um sonho em realidade: ser detetive. A  segunda temporada não deixa nada a desejar à primeira, porém, é mais curta, apenas 8 episódios.

Salve o planeta!

Nas telonas, recomendo o filme francês Um pequeno grande plano que fez sucesso durante a estreia, no ano passado, no Festival de Cannes.

A obra é estrelada por dois grandes nomes do cinema francês: Louis Garrel e Laeticia Casta .

No filme, a premissa principal é “Como salvar o planeta?”.

Assim conhecemos Joseph, um menino de 13 anos que tem um plano: vender todos os bens de luxo dos pais, com a intenção de financiar um projeto ecológico na África. Agora, o que os pais do garoto  não sabiam é que centenas de jovens de todos os cantos do mundo estão juntos nessa empreitada muito ambiciosa de tirar o planeta do caos ambiental.

Leia Também:  Nordeste deve continuar com chuvas fortes e risco de alagamentos

Um pequeno grande plano é uma obra bem atual que, além de entreter, fará o público refletir sobre um dos temas mais importantes da nossa agenda: o meio ambiente.

De forma leve, inteligente e divertida, o filme certamente conquistará os corações do público de todas as idades, além de suscitar um debate pra lá de importante!

Uma boa semana a todos e nos vemos no cinema.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA