PORTO VELHO

Brasil

TV Brasil se consolida na nona posição no ranking nacional de TVs

Brasil


A TV Brasil se consolidou na nona posição no ranking do Painel Nacional das TVs (PNT), que considera o desempenho de 95 emissoras nos 15 centros metropolitanos com medição regular no país. O resultado de maio representa um aumento de 5% em comparação ao mês anterior.

Desde novembro, a emissora vem trabalhando para ampliar o leque de produtos jornalísticos disponíveis para o cidadão brasileiro. Graças a esses esforços, a grade de programação teve um aumento de 288% no conteúdo jornalístico. No que se refere a tempo de exibição, as produções jornalísticas da casa passaram de 43 horas mensais para 65 horas por mês.

Nesse período, a TV Brasil ganhou seis novos jornais: o vespertino Repórter Brasil Tarde, o matutino Repórter Nacional na TV e três produções locais:  o Repórter DF, Repórter Rio e Repórter SP. Além destes surgiu também o Resumo Brasil.

Além de mais espaço para o jornalismo, a TV estreou a nova temporada do Sem Censura, que vai ao ar às segundas-feiras, sempre às 21h30. A novela Os Dez Mandamentos também está na grade de programação, de segunda a sábado, às 20h30.

Leia Também:  Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado de R$ 125 milhões

Fonte: Kantar IBOPE Media/ InstarAnalytics / PNT / Maio | 2021 / Rat% Domiciliar / Dia Inteiro

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

PF faz operação contra grupo que fraudava concursos

Publicados

em


A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (23) a operação Erasure contra uma organização criminosa que fraudava concursos desde, ao menos, 2005. Um dos certames fraudados foi o concurso do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), em 2017.

De acordo com a PF, o esquema conseguiu a aprovação, de forma fraudulenta, de diversas pessoas que pagavam pelo serviço criminoso. A polícia estima que o grupo tenha obtido mais de R$ 29 milhões com o esquema.

A quadrilha utilizava equipamentos como pontos eletrônicos de comunicação, professores para realizarem as questões das provas, e contava com candidatos que prestavam o concurso para obter as questões e deixar o local do certame no tempo mínimo exigido.

Segundo a PF, durante as investigações para o início da operação, a Justiça Federal já afastou, de forma cautelar, um servidor que havia tomado posse no TRE-SP em 2017.

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação e organização criminosa.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Aprovada MP que regulamenta inclusão de servidores de ex-territórios nos quadros da União
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA