PORTO VELHO

Brasil

TV Feira é a nova integrante da RNCP

Brasil

A programação da TV Brasil chega à maior cidade do interior do nordeste com a nova integrante da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), a TV Feira, emissora ligada à prefeitura de Feira de Santana, na Bahia. O novo canal entra no ar nesta sexta (1º) e alcançará a região metropolitana da cidade por meio do dial 2.1 HD.

O acordo foi assinado em julho de 2021, com o objetivo de dar início à implantação e operacionalização do novo canal neste ano. A parceria levará à região a diversidade e qualidade dos conteúdos da TV Brasil, incluindo a transmissão dos canais da multiprogramação – TV Brasil/TV FEIRA, TV Brasil 2, Canal Educação e Canal Saúde. O sinal da emissora estará disponível para mais de 700 mil telespectadores.

Com a nova integrante, a EBC completa mais uma etapa do planejamento estratégico de ampliação do sinal da TV Brasil, Rádio Nacional e Rádio MEC a todo o país por meio da RNCP. “Até o ano de 2023, queremos estar em todas as capitais brasileiras, e contamos com parcerias como essa, da TV Feira, para alcançar esse objetivo, para que a população conheça a qualidade das nossas produções e também das emissoras afiliadas à Rede Nacional de Comunicação Pública”, declara o presidente da EBC, Glen Valente.

Leia Também:  Reforma administrativa deve mudar estabilidade de novos servidores

A população será beneficiada com a ampliação do acesso às produções regionais, mostrando potencialidades de Feira de Santana para todos os brasileiros por meio de conteúdos artísticos e pautas ligadas à educação, cultura, empreendedorismo e ao turismo. Além disso, como parceira da RNCP, a TV Feira poderá contribuir com pautas jornalísticas nos noticiários nacionais da TV Brasil.

Sobre a RNCP

Formada por 58 emissoras, a Rede Nacional de Comunicação Pública de TV tem o objetivo de difundir as produções da TV Brasil, além de fortalecer a produção regional por meio do intercâmbio de conteúdos artísticos e jornalísticos.

A afiliação à RNCP é firmada por meio de contratos e acordos de cooperação nos quais as emissoras se comprometem a transmitir a programação da TV Brasil e a participar de coberturas especiais. Em contrapartida, a EBC disponibiliza sua rica programação, conteúdos jornalísticos de relevância nacional, realiza suporte técnico, capacitação e cessão de equipamentos.

Como sintonizar a TV Brasil

Acompanhe a programação da TV Brasil pelo canal aberto, TV por assinatura e parabólica. Sintonize: tvbrasil.ebc.com.br/comosintonizar.

Leia Também:  Novo sorteio da Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 26 milhões nesta quarta-feira

Seus programas favoritos estão no TV Brasil Play, pelo site play.ebc.com.br ou por aplicativo no smartphone. O app pode ser baixado gratuitamente e está disponível para Android e iOS. Assista também pela WebTV: tvbrasil.ebc.com.br/webtv.

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Pela primeira vez, vítima de anestesista relata como descobriu abuso

Publicados

em

Médico anestesista foi preso por estupro de grávida durante cesárea
Reprodução/Redes Sociais – 13.07.2022

Médico anestesista foi preso por estupro de grávida durante cesárea

Giovanni Quintella Bezerra foi preso por estupro na madrugada do dia 11 de julho. Médico anestesista, ele exercia sua especialidade na sala de cirurgia do Hospital da Mulher de São João de Meriti, quando foi flagrado pela equipe de enfermagem da unidade em ato inimaginável, praticado contra uma mulher em plena mesa de parto. Ontem, a vítima do estupro e seu marido deram, para o Fantástico, da TV Globo, sua primeira entrevista sobre o assunto.

A mulher relembrou o que conseguiu guardar do dia em que foi informada sobre a violência sofrida. Ela conta que o diretor do hospital não quis deixá-la sair da unidade sem saber o que havia acontecido.

“A minha irmã (contou). Ela falou: ‘o anestesista abusou de você.’ Imaginei tudo menos que eu ia ouvir isso. Que fui abusada”, relatou.

A mãe lembra que, em vez de sair pela porta da frente, com o filho no colo, escapou pelos fundos do hospital, “escondida”:

Leia Também:  Campanha Maio Amarelo chama atenção para transporte seguro

“Como se gente estivesse fazendo alguma coisa de errado. Naquele exato momento em que eu ia trocar ele para sair do hospital eu recebi a notícia. Aquela alegria de vestir ele para sair da maternidade, eu não tive isso.”

O abuso cometido pelo médico contra uma paciente sedada — investigações preliminares, inclusive, apontaram excesso de anestésicos— foi gravado em segredo por funcionários que já estavam desconfiando da conduta do profissional.

Quando as imagens foram registradas e apresentadas à direção do hospital, a polícia foi chamada, e Giovanni retido no hospital sob uma alegação inventada, até a chegada dos agentes comandados pela delegada Barbara Lomba, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de São João de Meriti.

A polícia informou o marido sobre o abuso.

“A gente estava no quarto, aguardando. E veio a delegada até mim, mais o policial. Eu fiquei até espantado, sem saber o que estava acontecendo, achei: ‘será que cometi algum crime?’

Giovanni Quintella Bezerra está impedido de exercer a medicina e segue preso preventivamente no Complexo de Bangu. Pelo menos dois advogados desistiram de seu caso — que está aos cuidados da Defensoria Pública.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA