PORTO VELHO

Colunistas

O MAU HUMOR DA PRIMEIRA DAMA E O MURO DE TRUMP INTERESSAM?

Colunistas

O Brasil está quebrado. Mas parte importante da grande mídia debate e discute, como se prioridade fossem, as medidas do Presidente Donald Trump. A criminalidade nunca esteve tão em alta no país. Nossas fronteiras estão escancaradas ao narcotráfico e ao tráfico de armas. Mas o assunto é o muro que Trump quer construir na fronteira com o México. O Bolsa Família, um programa social que precisa ser mantido para as famílias pobres, está também enchendo os bolsos de vereadores, primeiras damas e gente que apoiou políticos na última eleição. Ninguém foi preso. Mas o grande assunto é se Trump trata bem ou mal a sua esposa, porque ela aparece de cara fechada nas fotos, enquanto Michele Obama (essa sim era feliz!), estava sempre sorrindo!  Passamos do lamentável ao ridículo, com muitos dos nossos intelectuais e nomes poderosos da mídia nacional, discutindo profundamente os graves problemas…dos Estados Unidos. Principalmente, é quase unânime, com profunda raiva do novo Presidente americano, eleito democraticamente. É ele, hoje, para a intelectualidade nacional e muitos jornalistas importantes, o grande vilão, não importa que seja o mandatário  do maior país do mundo, que continua crescendo, que vai crescer mais, que vai diminuir a níveis já baixos do desemprego. Enquanto isso, nós, por aqui, com nossos 13 milhões de desempregados, parece não termos tempo para buscar essa solução, porque temos é que discutir se Trump é um ditador, perigoso, um novo Hitler, um déspota…

Dá pra acreditar nessa gente, que perde seu tempo com profundas análises da situação americana, enquanto nós aqui, com a m… já acima do pescoço, ficamos ouvindo e lendo essas asneiras, como se não tivéssemos o que resolver? O espírito da República da Banana, misturada com ideologias esdrúxulas, dá o tom do debate. Já aqui, afundamos e não conseguimos sair da trágica situação em que nos meteram. Não seria lógico nossa intelectualidade, nossa mídia e nossos líderes políticos consertarem nosso país, ao invés de estarem discutindo abobrinhas sobre esse personagem estranho, que domina as cabeças dos pensadores brasileiros?

TARADO À SOLTA

O que dizer de um homem condenado a 16 anos de prisão, por atacar sexualmente duas crianças de seis anos e estar em liberdade? É essa a lei brasileira, que,  contrariando os belos discursos em defesa dos indefesos, foi feita sob medida para incentivar crimes. Atacar crianças é considerado crime hediondo, mas do que adianta isso, se na prática muitos juízes interpretam que, sem condenação em instância superior, o tarado pode ficar à solta? Foi o que aconteceu em Rondônia, onde uma autoridade, funcionário do Estado, cometeu esse gravíssimo crime, foi condenado a uma pesada pena “inicialmente em regime fechado”, o que já dá vontade de vomitar e, pior, está liberado do cumprimento da sentença, até que tenham se esgotados todos os recursos. Ou seja, no mínimo mais uns dez anos. Nesse tempo, ele terá a oportunidade de atacar muitas outras criancinhas. Só não o fará se não quiser, porque se depender das leis de apoio aos bandidos, está livre para isso. Uma vergonha! Um acinte contra a sociedade.

Leia Também:  #OPINIÃODEPRIMEIRA: PROJETO DO NOVO HEURO AGORA ESTÁ APROVADO E  DEFINIDO. SÓ FALTA O NOVO GOVERNADOR MANDAR LICITAR

O PERSPICAZ GARÇON

O deputado Lindomar Garçon virou notícia nacional e estadual, de novo! Espertíssimo, o rondoniense sabe realmente se colocar…ante as câmeras. Na eleição do presidente Rodrigo Maia, para mais um mandato de dois anos, a primeira entrevista foi para a Globo News. Enquanto Maia falava, tal qual centroavante  goleador, que sabe se posicionar, para deixar seu nome no placar, quem estava lá, ao fundo? Claro, o perspicaz Garçon. Foi um dos assuntos mais comentados durante a tarde toda e à noite, nas redes sociais. Já o evento mais importante para o Estado, a eleição da deputada Mariana Carvalho, como segunda secretária da Mesa Diretora e única mulher no grupo dirigente da Câmara Federal, acabou ficando em segundo plano. Na política brasileira, o que é brincadeira, folclore, acaba tendo maior repercussão do que o fato mais sério. Nessa história, apenas como coadjuvante na mídia, Garçon teve mais espaço do que a dedicada Mariana Carvalho. È o Brasil!!!!

HOMENAGEM À BOLÍVIA

João Paulo Viana, professor, cientista política, uma das vozes muito respeitadas dentro do contexto da Universidade Federal de Rondônia, lançou na Embaixada da Bolívia em Brasília, seu livro sobre o nosso país vizinho, desde que Evo Morales assumiu o comando da Nação. A obra, intitulada ““A Bolívia no Século XXI, Estado Plurinacional, mudanças de elites e (pluri) Nacionalismo”, é uma coletânea de mais de uma dezena de autores, analisando as perspectivas do povo boliviano desde que o presidente Evo Morales assumiu o cargo.  O livro aborda a estabilização do cenário político, as profundas mudanças do país através de transformações constitucionais; a  erradicação do analfabetismo e o crescimento do PIB em mais de 50%. O  lançamento do livro foi coordenado pelo embaixador da Bolívia no Brasil, José Kinn. Entre os rondonienses presentes, o prefeito de Porto Velho Hildon Chaves, a deputada federal Marinha Raupp e o ex-senador Expedito Júnior.

FIM DE FESTA

Nem Rolim de Moura (a única cidade do interior que realizava desfiles de rua): nem Cacoal, nem Ji-Paraná. Nem Ariquemes, nem Vilhena, nem Guajará. Enfim, todas as cidades interioranas abriram mão de gastar com o carnaval. A maioria por estar prestes a quebrar. Outras, porque acham que festa deve ser bancada ou pela iniciativa privada ou por quem dela participa. É um avanço, porque durante muitos anos, Prefeito que não bancasse carnaval, estava no inferno zodiacal perante a população. Nesse ano, só Porto Velho vai gastar com o carnaval, algo em torno de 400 mil reais. Está na hora das escolas fazerem como os blocos de rua: conseguir patrocínio, vender abadás ou fantasias e se auto gerirem. Festa popular, seja qual for, precisa ser bancada por quem dela usufrui. Dinheiro público, raro, tem que ser investido em ações que beneficiem a todos. Ponto final…

Leia Também:  #PRIMEIRAMÃO: TERRORISMO NO MUNDO MATOU 124 MIL PESSOAS EM QUATRO ANOS. NO BRASIL, NO MESMO PERÍODO, FORAM 243 MIL ASSASSINATOS

 

MULHER DE VALOR

É com tristeza que a coluna registra a morte cerebral de dona Marisa Letícia, ex primeira dama do país e uma mulher de valor. Operária, foi a segunda companheira de Luis Inácio Lula da Silva e o acompanhou desde o início da carreira, como sindicalista. Depois de dois mandatos do marido, dona Marisa passou a sofrer enorme pressão, em função das inúmeras denúncias não só contra o marido, mas também contra ela e os filhos. Há uma semana, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), que a princípio não parecia grave, mas que acabou se tornando mortal. Apesar de ataques nas redes sociais, praticados por pessoas certamente doentes sociais e que não respeitam ninguém e nada, há que se valorizar essa mulher lutadora, que tinha defeitos como todos, mas que possuía muitas virtudes. Espera-se que o país respeite a dor do ex Presidente e de sua família, com a perda da matriarca…

HABEMUS PREFEITO!

Dois servidores da Prefeitura da Capital falsificaram documentos para receber diárias. Não viajaram, não realizaram nenhum trabalho, mas receberam um extra ilegal. A ação foi descoberta e a Procuradoria do Município decidiu pela punição de ambos, que terão que devolver todo o dinheiro e ainda foram suspensos. Ficarão com suas fichas funcionais com essa mancha. Pode até ser que a gestão de Hildo Chaves não dê certo, pode ser que o começo possa ser apenas enganoso. Mas que várias medidas que ele tem tomado, como essas de combater sacanagens no serviço público; de fiscalizar pessoalmente o atendimento em postos de saúde; de exigir cumprimento de horário de trabalho e qualidade no atendimento ao público, entre outras coisas, estão merecendo aplausos da comunidade, estão sim. Além disso, obras simples e limpeza na cidade também se somam a esse início promissor de governo. Será que agora vai?­­

SEM SIGILO

“A credibilidade da luta contra a corrupção fica ameaçada pelo sigilo imposto pela presidente do Supremo Tribunal Federal às 77 delações que homologou de executivos da Odebrecht. O cidadão não aceita mais o convívio com a ocultação das ações judiciais relacionadas aos crimes praticados contra o erário, que repercutem em efeitos perversos na mesa de cada família. Pode até ser que alguns inocentes – espero sinceramente que sejam muitos, para benefício da dignidade pátria – sejam injustamente acusados. Mas é até justificável certa dosagem de sacrifícios em favor do resgate da moralidade nacional” Trecho do artigo assinado pelo presidente da OAB rondoniense, Andrey Cavalcante, criticando o sigilo das delações da Lava Jato. Reproduziu, com talento, o que pensa a grande maioria dos rondonienses e dos brasileiros.

PERGUNTINHA

Quando forem divulgadas as delações premiadas dos executivos da Odebrecht, com a Operação Lava Jato agora sob a relatoria do ministro Edson Fachin, quantos dos mais importantes políticos brasileiros sairão ilesos?

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Colunistas

GUERRILHA URBANA NO RIO: QUEM PROTEGE OS DIREITOS HUMANOS DE DOS QUE VIVEM SOB O TACÃO DO CRIME ORGANIZADO?

Publicados

em

No 1º de Maio, quando milhões de brasileiros lotavam as ruas em apoio ao governo Bolsonaro, o ex- deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, tradicional partido político brasileiro, teve que sair às pressas, no meio de um discurso que fazia, de um palanque da avenida paulista. Foi retirado, rapidamente, por seguranças e pela Polícia Militar e levado, num carro blindado, até um quartel, onde ficou seguro. Motivo? Ele estava sob a mira de integrantes do PCC, que estariam no local para matá-lo. Nenhuma indignação. Nenhuma só palavra dos defensores dos direitos humanos. Silêncio total. Dois dias depois, um desgraçado invadiu uma creche, matou criancinhas e funcionárias e, afora o alarde da mídia, nem um pio dos membros de organizações que se dizem defensoras dos direitos humanos, até porque, para eles, vítimas não têm esse direito. Só os bandidos. Dominada pela esquerda internacional, nunca se ouviu uma só palavra da ONU em relação à vida que levam milhões de pobres e miseráveis do Rio de Janeiro, sob o tacão do crime organizado e de milícias, obrigados a cumprirem ordens dos bandidos; vendo suas filhas sendo estupradas e seus filhos cooptados para o tráfico, sem nada poderem fazer, porque se abrirem a boca, morrem. Nenhuma entidade dos direitos humanos exigiu providências para salvar das mãos do crime organizado, todos esses brasileiros desesperados, porque para esses trabalhadores que vivem nas favelas, o único governo é o do crime; as leis são as do crime; a Justiça é a do crime.

Autoridades engravatadas, jornalistas formados na ideologia de que bom é o bandido e mau é o policial; membros de organizações ditas sociais, muitas delas com cheiro de suspeita de estarem apoiando criminosos, todos se unem para berrar quando acontece uma tragédia como a desta semana que termina, com 25 mortos no Morro do Jacarezinho, no Rio de Janeiro. Os comentários na mídia são absolutamente parciais, desrespeitosos, ideológicos, claramente pró bandidos.  Ignoram o pavor dos policiais em terem que enfrentar a guerrilha urbana, muito melhor armada do que eles, muitos desses facínoras drogados e, em tal estado, ignoram quem vão matar ou se vão morrer. Não todos, mas muitos são os suicidas da droga e querem levar com eles tantas vidas quantas puderem. Então, quando o que sempre se soube que aconteceria, realmente aconteceu, todos eles ficando vociferando contra a única força com coragem suficiente para enfrentar o crime organizado, as poderosas facções, aqueles que têm parcerias que, quando o tapete for levantado, certamente vai revoltar todas as pessoas de bem deste Brasil decadente. Ninguém quer mortes. A paz é vital. Mas quem quer morte é bandido. Quem desrespeita a vida é bandido. Quem atira na polícia é bandido. E é muito menos danoso à sociedade que um bandido seja morto e não um policial. Lamentável, mas real!

 

 

O MESMO BOLSONARO: PROVOCATIVO, DIFERENTE, NO MEIO DO POVO

Nada de novo no front. Bolsonaro foi….Bolsonaro. Inaugurou a ponte sobre o rio Madeira com um discurso em que provocou a oposição, ao avisar que já está pronto e ele vai assinar um decreto que proíbe medidas de isolamento, durante a pandemia da Covid 19. Foi extremamente político, ao dar atenção aos seus aliados rondonienses, principalmente o governador Marcos Rocha e o senador Marcos Rogério, que nunca estiveram juntos nas fotos e nas cenas gravadas, mas ficaram sempre no entorno do Presidente. Foi o mesmo Bolsonaro ao usar uma moto potente para ir e voltar sobre a ponte, levando o ministro Tarcísio na carona, sem capacete e em velocidade que, se o trânsito já estivesse aberto, certamente ele seria multado, pelo excesso. Ovacionado e aplaudido por milhares de pessoas que acompanharam a solenidade, Bolsonaro, na volta, ainda foi a Candeias do Jamari, onde fez outra festa com grande número de admiradores e, depois, faminto, foi comer um salgado no Posto Miriam. No final das contas, a ponte histórica, já aberta ao trânsito, ficou em segundo plano. Porque no primeiro, o personagem foi mesmo o Presidente da República, um mandatário como o Brasil nunca viu!

 

BANCADA FEDERAL E POLÍTICOS DO ACRE JUNTOS, NA SOLENIDADE

Vários políticos acompanharam a visita presidencial. Bolsonaro estava acompanhado dos ministros da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, outra das estrelas do evento e de vários outros personagens da linha de frente do governo, como o general Augusto Heleno, que inclusive já foi comandante militar da Amazônia. Afora o helicóptero que levou o presidente até a ponte, onde ele partilhou o voo com o governador Marcos Rocha e algumas  autoridades, outro grupo foi numa segunda aeronave da FAB. Nele estavam, entre outros, o coordenador da bancada federal, deputado Lúcio Mosquini; as deputadas Mariana Carvalho e Jaqueline Cassol, além do deputado Coronel Chrisóstomo. Políticos do Acre, liderados pelo governador Gladson Cameli, também estiveram em peso no evento. Desde cedo, um grande público esperava pelo Presidente e sua comitiva. Gritos e contínuos aplausos foram comuns durante o evento, mas a maior gritaria geral foi quando Bolsonaro atravessou a ponte numa moto, em alta velocidade.

Leia Também:  Guajará-Mirim – Sob nova direção

 

UMA CLAQUE FURIOSA DEU O TOM DA CAMPANHA AO GOVERNO

O assunto até poderia passar em branco, tal sua pequeneza. Mas não nesse espaço! Aqui se defende a política limpa, aquela que o rondoniense de bem tanto apoia e espera que seja cumprida, pelos que recebem seu voto, para representá-lo. Um ato agressivo, sem nexo, fora do contexto, na hora errada e no lugar errado, deu um tom da baixaria que pode ser a disputa pelo Governo do Estado, no ano que vem. Enquanto discursava, na inauguração da ponte, na sexta, o governador Marcos Rocha foi hostilizado e ofendido por um grupelho, uma claque, enviada ao local por seus adversários. Os principais nomes citados pela absurda performance de meia dúzia de gatos pingados, são de dois importantes ex-aliados de Rocha, que, sem espaço no governo, se tornaram arqui-inimigos: o empresário Jaime Bagatoli, de Vilhena e o deputado federal Coronel Chrisóstomo. Foi um acontecimento lamentável, num momento festivo para o Estado e quando recebemos a visita inédita do Presidente da República, quando se deveria ao menos demonstrar que temos lideranças políticas fortes, que podem até ser adversárias, mas que se respeitam. Foi um pequeno ato que, só não nos envergonhou muito mais, porque teve a participação ridícula de uma claque que não passava de duas dezenas de pessoas, no meio da multidão. Lamentável!

 

ATÉ QUE ENFIM! CHEGA A CORONAVAC PARA A SEGUNDA DOSE

Enfim, uma boa notícia! Na tarde do sábado, chegaram mais vacinas para Rondônia. E daquelas que mais precisamos, nesse momento: a chinesa Coronavac. No total, são 7.500 doses, para serem aplicadas nos porto velhenses e moradores de outras 12 cidades do interior, onde faltaram muitas vacinas para a última e fundamental dosagem. Desde o último dia 27, um grande número de vacinados com a primeira dose, tiveram a segunda aplicação atrasada. Só em Porto Velho, no total, estariam faltando algo em torno de 6 mil vacinas, para completar a segunda dose. Várias outras cidades, como Ariquemes, Pimenta Bueno, Vilhena, Cacoal, Rolim de Moura, Colorado do Oeste e Espigão, entre outras localidades, também estão com essa deficiência. A partir do final de semana, a Sesau começa a distribuição das doses, certamente priorizando os municípios onde a Coronavac está sendo aguardada com ansiedade. Se não for aplicada logo a segunda dose, a primeira delas pode perder o efeito. Espera-se que tudo seja resolvido com a maior urgência possível.

 

MEGA EMPRESÁRIO TROCA JANTAR SUNTUOSO POR LANCHE DE AMIGO

Ele é um dos personagens mais conhecidos do país. Veio, entre outras missões, para acompanhar a inauguração da ponte do Abunã. Careca, alegre, sempre com cara de felicidade, ferrenho defensor do empreendedorismo e da economia de mercado; amigo pessoal de algumas das mais importantes personalidades deste Brasil (a começar pelo presidente da República, Jair Bolsonaro), Luciano Hang tem um conhecido muito especial também por aqui. Tanto que abriu  mão de jantares sofisticados para comer um super lanche no Federal Burger, do seu grande amigo Tito Cordeiro.  Foi uma deferência de Hang para um personagem a quem conhece há muito tempo e a quem tinha prometido que, quando viesse novamente a Porto Velho, iria degustar um dos famosos lanches do Federal Burger. Dono de uma rede de 173 lojas em 17 estados e com de 20 mil empregados, o “Careca da Havan” é um personagem simples, humilde, mas, ao mesmo tempo, um dos maiores empresários do país. Fechou o 2020 com um faturamento superior a 10 bilhões e meio de reais. Além de lojas em Porto Velho (tem uma e está construindo outra), Cacoal e Vilhena, a Havan está entrando em Ji-Paraná e anuncia, agora, que sua nova meta no Estado é construir uma loja em Ariquemes, onde o empresário já está escolhendo terreno.

Leia Também:  Eleições para prefeitura de Ji-Paraná tem nove pré-candidatos

 

FALSO POLICIAL AMEAÇA PRODUTORES DE PRISÃO, EM CANDEIAS

As autoridades competentes já estão alertadas e começam a investigar o caso de um homem que, dizendo-se policial federal, ameaça produtores rurais e pequenos empreendedores, numa região próxima às margens do rio Jamari. O caso foi denunciado pelo site Rondoniagora. Funcionário de um hotel de selva nas proximidades, o homem, identificado como Tadeu Fernandes, ludibriou até uma emissora de TV, que enviou uma equipe para acompanhar o que seria uma operação para retirada de invasores de uma área de proteção ambiental. Pouco tempo depois de chegarem ao local, os jornalistas sentiram que havia algo de errado, já que o homem se dizia policial e que “iria prender todo o mundo”, coisa que não faz parte da forma de atuação de pessoas da lei, ainda mais sem um mandado judicial. As vítimas do falso policial registraram uma ocorrência na Delegacia de Polícia de Candeias do Jamari, área onde o infrator tentou ganhar no grito, expulsando pessoas que estão legalmente no local, produzindo e preparando pequenos empreendimentos. A emissora de TV ajudou as vítimas a identificar a falsa autoridade. Outros dois homens que estavam com ele ainda não foram localizados.

 

LAGOA MUDA DE CARA, APÓS MAIS DE 35 ANOS DE SOFRIMENTO

Perto do aniversário de 35 anos de abandono, até que enfim a rua Curimatá, no bairro da Lagoa, deixará de se tornar uma nuvem de poeira no verão amazônico e num pequeno rio caudaloso, invadindo casas, quando chega o inverno. Ela é uma entre dezenas de ruas do bairro, com centenas de moradores, que vão se livrar do sofrimento de décadas a fio. Segundo o famoso radialista Beni Andrade, um dos Dinossauros do rádio e da TV, que ali mora durante todo esse tempo, quando o prefeito Hildon Chaves prometeu que resolveria o problema, ele não acreditou. Mas agora, quando assistiram a uma das maiores obras de infraestrutura já realizadas na cidade, com galerias que medem até 3 metros de largura por 3 de altura para escoamento das águas, onde se poderia estacionar um carro médio e quando o asfalto chegou em frente de suas casas, Beni e seus vizinhos tiveram certeza que, dessa vez, é verdade. A obra é das mais complexas, exigindo grande trabalho profissional das equipes da Madecon, responsável pelo trabalho. A retirada do bairro da Lagoa dos locais onde as alagações desesperam moradores, na Capital, vai ter um custo próximo a 20 milhões de reais. O Dinossauro Beni está lançando seu grunhido lancinante de alegria!

 

COM CARTÃO, TARIFA DO ÔNIBUS SOBE PARA 1 REAL NESTA SEGUNDA

Depois de um longo período com passagem de ônibus gratuita, pela primeira vez na história de Porto Velho, a segunda-feira começa com a volta da cobrança. Mas será praticamente um preço simbólico. Apenas 1 real. Isso mesmo. A única exigência para que o usuário possa usufruir dessa moleza, é que ele se cadastre e receba o cartão Condord. Só dessa forma ele terá o benefício. Passageiro que quiser pagar com dinheiro, por exemplo, terá que desembolsar 4 reais e 5 centavos para andar de ônibus, na Capital. O cartão pode ser retirado no auditório da Emater, na avenida Farquar, 3.055, no bairro Panair. O horário de atendimento: de segunda a sexta, das 8 às 17 horas e, aos sábados, das 8 ás 12h. O usuário terá que apresentar sua identidade, CPF e comprovante de residência. A partir dai, recebe seu cartão e poderá andar nos coletivos da cidade, até dia 9 de agosto, pagando apenas essa mixaria de 1 real. Estudantes e pessoas com necessidades especiais, precisam de documento comprobatório da situação individual. A Prefeitura da Capital está investindo 6 milhões de reais em subsídios, para manter o sistema de transporte coletivo na cidade. Depois de 9 de agosto, a tarifa subirá para 2 reais e depois, na reta final do ano, para 3 reais. A intenção do prefeito Hildon Chaves é congelar o preço neste patamar durante todo o ano de 2022.

 

PERGUNTINHA                                                   

O que você achou da presença do tricampeão de Fórmula 1, Nelson Piquet, na comitiva do presidente Bolsonaro, sendo chamado a falar apenas para atacar duramente a Rede Globo, de quem é inimigo mortal?

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA