PORTO VELHO

Rondônia

Desenvolvimento e histórico de crescimento marcam os 108 anos de instalação de Porto Velho

Rondônia

Construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré impulsionou o surgimento de Porto Velho

O dia 24 de janeiro marca o 108º aniversário da instalação do município de Porto Velho, uma das maiores capitais da região Norte. O município, que hoje tem 461.478 mil habitantes (IBGE-2022), nasceu das instalações portuárias, ferroviárias e residenciais da Madeira-Mamoré Railway Company e hoje, se encontra em pleno desenvolvimento, com oportunidades de trabalho e em constante expansão.

A data de 24 de janeiro de 1915 ficou marcado com a instalação do município de Porto Velho, então pertencente ao Estado do Amazonas, com posse do superintendente (prefeito) Fernando Guapindaia de Souza Brejense, indicado pelo governador do Amazonas, Jônatas Pedrosa e os intendentes (vereadores), pois a partir daí, o município passa a “andar com as próprias pernas”.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, a capital do Estado é moldada com a união e fé de todos. “Sua história continua sendo escrita diariamente por toda nossa gente que sustenta sua grandeza, com trabalho, honestidade e valor. São pessoas que lutam, se movem e se dedicam por inteiro, fazendo pulsar esse sentimento que impulsiona Rondônia a continuar se desenvolvendo”, ressaltou.

Avenida 7 de setembro no ano de 1909 em Porto Velho

O professor e historiador Célio Leandro da Silva, conta que após a elevação de categoria a município, Porto Velho teve um início difícil, pois na época, o censo registrava entre 1.900 à 2.000 habitantes, sendo 60% da população em sua maioria estrangeiros, vindos de outros países para trabalhar na construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

Leia Também:  Rondônia é nota máxima em capacidade de pagamento pelo 3º ano consecutivo

“Porto Velho surgiu dessa mistura e miscigenação muito grande. Tivemos por aqui cerca de 50 nacionalidades, e Porto Velho foi emancipado neste caldeirão de pessoas, que demonstra muito o que somos hoje”, conta Célio Leandro.

Devido a toda esta miscigenação, Porto Velho chegou a ter como idioma oficial o inglês, principalmente até a década de 1920, por conta da presença de estrangeiros, que eram escritas em Ordens de Serviço, menus de restaurantes e até mesmo no primeiro jornal impresso da cidade, o ‘The Porto Velho Times’.

CRESCIMENTO

Antigo aeroporto de Porto Velho que atualmente, se tornou a Avenida Farquhar

Porto Velho começa a dar seus primeiros saltos populacionais durante a década de 1940, quando aconteceu o segundo ciclo da borracha, atraindo para a região, os nordestinos, por exemplo, e assim a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré – EFMM, passa a ganhar vigor.

Durante a década de 1980, outro ‘boom’ populacional se deu com a criação do Estado de Rondônia e também, com a descoberta do ouro no Rio Madeira em Porto Velho, e a capital se tornou o ‘Novo Eldorado’, por atrair pessoas de todo o mundo para vir trabalhar um busca deste precioso minério.

“Nesta década também foram surgindo os bairros nas zonas Sul e Leste de Porto Velho, como o Caladinho e Cidade do Lobo, devido ao garimpo, fluxo migratório e a abertura da BR-364”, relata o historiador Célio Leandro.

CURIOSIDADES

Foto histórica de Dana Merril registrada de cima de uma Castanheira, mostrando a EFMM

Ainda de acordo com Célio Leandro, Porto Velho possui ainda três datas que podem ser consideradas interessantes, sendo elas:

Leia Também:  Ji-Paraná mais de 1.500 pessoas que passaram pelo drive thru de testagem contra a covid-19; 452 com diagnóstico positivo

– Fundação de Porto Velho, em 4 de julho de 1907, quando são instalados os primeiros barracões e o empresário Percival Farquhar determinou o início da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

– Criação do município de Porto Velho, em 2 de outubro de 1914. O governador do Amazonas, Jônatas Pedrosa, eleva a categoria de município, que até então, era um distrito que pertencia a Humaitá/AM.

– Instalação do município de Porto Velho, em 24 de janeiro de 1915, que marca o início da autonomia da cidade.

– Porto Velho se torna de fato “Brasileiro” com a chegada de Aluízio Pinheiro Ferreira, na década de 1930, que se tornou o primeiro administrador da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, se tornando um grande integrador da cidade.

INVESTIMENTOS

Obras de asfaltamento e recapeamento deram novo visual nas vias de Porto Velho

O Governo de Rondônia promoveu importantes investimentos para a dar continuidade no desenvolvimento do Estado, que tem perspectivas promissoras em diversas áreas. Somente na capital, em parceria com a Prefeitura de Porto Velho, houve o investimento de mais de R$ 200 milhões, com recursos próprios, para obras de recapeamento e asfaltamento, em bairros das zonas Sul e Leste, além dos distritos, com as obras sendo realizadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes – DER.

Outro importante investimento de melhoria urbana em Porto Velho é no complexo do Espaço Alternativo, que conta com o investimento de R$ 6,7 milhões com recursos próprios, para a reforma completa dos três quiosques existentes, jogos de banheiro e poços semi-artesianos. É uma das preocupações do Poder Executivo investir na revitalização da capital do Estado, para garantir uma malha viária segura e de qualidade, além de melhorar os espaços onde os populares possam praticar exercícios físicos e ter momentos de lazer.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

DER realiza trabalho de roçagem mecanizada na estrada de acesso entre a RO-257 ao Ifro campus Ariquemes

Publicados

em

A equipe da Usina de Asfalto de Concreto Betuminoso Usinado a Quente  – Cbuq do DER de Ariquemes

Com o período chuvoso, o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes de Rondônia – DER tem intensificado os serviços de roçagem mecanizada às margens das rodovias estaduais pavimentadas na região do Vale do Jamari. A equipe da Usina de Asfalto de Concreto Betuminoso Usinado a Quente  – Cbuq do DER de Ariquemes, iniciou os trabalhos na Rodovia-257 e na quinta-feira (26), concluiu a limpeza lateral na estrada de acesso da rodovia ao Instituto Federal de Rondônia – Ifro, campus Ariquemes. 

O gerente da usina, Emerson Santos informou que, a roçagem mecanizada nas margens das rodovias contribui para a segurança no tráfego de veículos. “A roçagem da vegetação é uma medida importantíssima que melhora a visibilidade da malha viária e evita acidentes. A limpeza aconteceu nos 3 quilômetros de extensão da estrada de acesso ao Ifro e seguiremos na extensão da RO-257”, explicou.

O governador Marcos Rocha ressaltou que a roçagem, nas margens da rodovias amplia o campo de visão dos motoristas. “Com as margens roçadas, o motorista tem uma visão ampla da estrada, podendo perceber um pedestre, ciclista ou até mesmo um animal que estiver às margens. É mais segurança para o trânsito”, afirmou.

Leia Também:  #SINDSAÚDE: O SINDICATO QUE ADOECE SEUS FUNCIONÁRIOS

No final de 2022, o DER realizou o serviço de microrrevestimento asfáltico na estrada de acesso ao Instituto Federal de Rondônia, para proporcionar a impermeabilização e rejuvenescimento do pavimento. O diretor-geral do Ifro, campus Ariquemes, Ênio Gomes da Silva agradeceu pela parceria do Governo de Rondônia na execução dos serviços de melhorias efetuados. 

“Agradeço pela prontidão do DER, que sempre vem atendendo às nossas demandas. Atualmente, estamos com 3.500 alunos no campus Ariquemes e 140 servidores que têm acesso à unidade. Então, a manutenção da via, no microrrevestimento e agora na roçagem lateral da via beneficiaram toda a nossa comunidade, pois facilita o fluxo de veículos e diminui a possibilidade de acidentes de trânsito”, relatou.  

Conforme o diretor-geral do DER, Eder André Fernandes, apesar da região estar vivenciando um período de chuvas constantes, os trabalhos de manutenção estão sendo realizados. “Nossos servidores percorrem as vias realizando a manutenção e garantindo a trafegabilidade. A RO-257, está recebendo os serviços de tapa-buracos, removendo imperfeições no asfalto causados pela força das águas, limpeza das margens com roçagem mecanizada da vegetação e reposição de placas de sinalização”, confirmou.

Leia Também:  Ações da Seosp serão detalhadas com exibições de vídeos na Rondônia Rural Show; metodologia BIM será implantada em Rondônia

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA