PORTO VELHO

Rondônia

Edição 1025 – Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia

Rondônia

Os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa, Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação – Setic e Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, divulga balanço de dados referentes aos casos da covid-19 no Estado.

Nesta Segunda-Feira (23) fora consolidados os seguintes dados para a covid-19:

Casos confirmados – 478.714

Curados – 461.972 (96,50%)

Ativos – 9.324 (1,95%)

Óbitos – 7.418 (1,55%)

Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 38

Pacientes internados na Rede Privada – 00

Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 01

Pacientes internados na Rede Filantrópica – 00

Total de pacientes internados – 39

Pacientes em processo de regulação para leitos – 0

Testes Realizados1.415.246 (dados do dia 23/01/2023)

Aguardando resultados do Lacen – 09

População vacinada (dados de 23/01/2023)

Última atualização do painel em 17/01/2023 às 23:08:17, com dados contidos na Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).

População geral (Adulto e Infantil)

1ª dose – 1.325.384 (78,85%)

2ª dose + DU – 1.163.504 (69,22%)

3ª dose (reforço) – 501.767 (29,85%)

4ª dose (2ª dose reforço) – 160.259 (9,53%)

Dose adicional – 48.172 (2,87%)

População Infantil

1ª dose – 75.707 (39,78%)

2ª dose + DU – 41.053 (21,57%)

Dose de reforço – 183 (0,10%)

2ª dose de reforço – 59 (0,03%)

Dose adicional – 25 (0,01%)

Total de doses aplicadas: 117.027 (este total já está incluso no total geral)

Total geral de doses aplicadas: 3.199.086

– População adulta vacinável: 1.680.947

– População infantil vacinável: 190.328

Fonte: PNAD/IBGE.

*CoronaVac – 721.448
* AstraZeneca – 967.150
* Pfizer adulto – 1.808.820
* Pfizer pediátrica – 236.900
* Janssen – 74.500

Leia Também:  Léo Moraes solicita prorrogação de lei que oferece descontos

Fonte: Painel de Vacinas

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (23 de janeiro de 2023), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA 23/01/2023
Município Casos Óbitos
Porto Velho 126.653 2.741
Ji-Paraná 36.734 668
Ariquemes 36.552 564
Cacoal 31.449 355
Vilhena 25.274 330
Rolim de Moura 14.217 213
Jaru 13.878 209
Buritis 13.689 105
Pimenta Bueno 13.461 131
Machadinho D’Oeste 12.720 133
Alta Floresta D’Oeste 9.150 84
Ouro Preto do Oeste 9.281 176
Espigão D’Oeste 7.919 92
Nova Mamoré 7.367 98
Presidente Médici 6.844 101
Guajará-Mirim 7.043 244
Cerejeiras 6.565 74
Candeias do Jamari 6.236 86
São Francisco do Guaporé 6.010 61
Nova Brasilândia D’Oeste 5.152 40
Cujubim 5.000 45
Colorado do Oeste 4.813 56
Monte Negro 4.685 40
São Miguel do Guaporé 4.557 64
Costa Marques 4.628 46
Alto Paraíso 4.583 65
Alvorada D’Oeste 4.575 45
Seringueiras 3.626 25
Campo Novo de Rondônia 3.789 29
Chupinguaia 3.076 28
Urupá 3.187 41
Vale do Anari 2.894 26
Itapuã do Oeste 2.498 20
Santa Luzia D’Oeste 2.575 28
Alto Alegre dos Parecis 2.407 51
Cacaulândia 2.380 17
Mirante da Serra 2.185 18
Corumbiara 2.332 25
Vale do Paraíso 2.005 29
Cabixi 1.915 23
Rio Crespo 1.843 13
São Felipe D’Oeste 1.744 19
Theobroma 1.570 28
Nova União 1.564 17
Governador Jorge Teixeira 1.374 22
Novo Horizonte do Oeste 1.416 24
Ministro Andreazza 1.342 16
Teixeirópolis 1.151 9
Parecis 878 10
Pimenteiras do Oeste 831 17
Primavera de Rondônia 585 7
Castanheiras 512 10
Total geral 478.714 7.418

Fonte: Vigilâncias Epidemiológicas dos municípios de Rondônia.

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para a covid-19:

Leia Também:  Justiça acata pedido do MP em episódio de irregularidade em Propaganda Eleitoral em Santa Luzia D’Oeste
ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICIPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 27
Ji-Paraná 8
Ariquemes 1
Cacoal 20
Vilhena 11
Rolim de Moura 2
Jaru 9
Buritis 8
Pimenta Bueno
Machadinho D’Oeste 2
Alta Floresta D’Oeste
Ouro Preto do Oeste 7
Espigão D’Oeste
Nova Mamoré 2
Presidente Médici 3
Guajará-Mirim
Cerejeiras
Candeias do Jamari 1
São Francisco do Guaporé 8
Nova Brasilândia D’Oeste
Cujubim 7
Colorado do Oeste 2
Monte Negro 1
São Miguel do Guaporé
Costa Marques 6
Alto Paraíso
Alvorada D’Oeste 2
Seringueiras 7
Campo Novo de Rondônia
Chupinguaia
Urupá
Vale do Anari
Itapuã do Oeste
Santa Luzia D’Oeste 2
Alto Alegre dos Parecis
Caculândia 1
Mirante da Serra
Corumbiara
Vale do Paraíso
Cabixi
Rio Crespo
São Felipe D’Oeste 4
Theobroma
Nova União
Governador Jorge Teixeira 1
Novo Horizonte do Oeste
Ministro Andreazza
Teixeirópolis 1
Parecis 1
Pimenteiras do Oeste
Primavera de Rondônia
Castanheiras
Total geral 144

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Informamos que nas últimas 24 horas não foram registrados óbitos por covid-19 no Estado de Rondônia;
  • Com a diminuição do número de casos de covid-19 em todos os municípios do Estado de Rondônia, as equipes das vigilâncias epidemiológicas municipais estão sendo desmobilizadas gradativamente nos finais de semana, acarretando a diminuição do número de casos lançados ou mesmo a falta de lançamento de dados, em feriados e finais de semana, no sistema e-SUS VE, que é o sistema oficial do Ministério da Saúde utilizado pelo CIEVS/RO, para divulgação dos dados diários.
  • Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – Cievs/Agevisa, que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.

Para mais informações acerca da vacinação por grupos acesse:
https://infoms.saude.gov.br/extensions/DEMAS_C19_Vacina_v2/DEMAS_C19_Vacina_v2.htm

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Dia Mundial da Hanseníase destaca que a doença tem cura e ações compartilhadas fomentam a luta contra o preconceito

Publicados

em

No último domingo de janeiro, o Dia Mundial da Hanseníase, o governo de Rondônia reforça o compromisso de controlar a doença, promover o diagnóstico e o tratamento correto e difundir informações para desfazer os preconceitos que afetam o diagnóstico preventivo da doença.  “O Estado seguirá as diretrizes do Ministério da Saúde, que objetivam o fomento à implantação do Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas da Hanseníase – PCDT e a realização de novos testes nos municípios. Nossa meta é ampliar ainda mais, o atendimento à população com foco no tratamento, reabilitação social e combate ao preconceito”, enfatizou o governador de Rondônia Marcos Rocha.

As metas estabelecidas pela Estratégia Nacional para Enfrentamento à Hanseníase 2023-2030, incluem a redução de 55% na taxa de casos novos de hanseníase em menores de 15 anos de idade até 2030, baseando-se no ano de 2019, que registrou 3,44 novos casos por 100.000 habitantes. Além disso, busca-se reduzir em 30%, o número absoluto de casos novos com Grau de Incapacidade Física 2 – GIF2 no momento do diagnóstico até 2030, levando em consideração o ano-base de 2019, que registrou 2.351 casos com GIF2, no momento do diagnóstico.

Leia Também:  MP instala na próxima segunda-feira a Ouvidoria das Mulheres, canal especializado para recebimento de denúncias sobre violências

Uma novidade para o fechamento do Janeiro Roxo, divulgado pelo ministério, é o aplicativo AppHans, que oferece conteúdo textual e visual para apoiar os profissionais de saúde no diagnóstico, tratamento, prevenção de incapacidade física e reações hanseníase. “A versão Beta do aplicativo está sendo testada e as versões para Android e iOS estão consolidadas antes de serem disponibilizadas ao usuário. O avanço tecnológico nos foi apresentado durante um seminário que participamos em Brasília, esta semana”, disse o diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima.

TESTES RÁPIDOS

Está previsto a partir de fevereiro, o Governo Federal dará início à distribuição de 150 mil testes rápidos para o apoio ao diagnóstico da hanseníase no Sistema Único de Saúde – SUS. “Esses testes serão oferecidos às pessoas que tiveram contato próximo e prolongado com casos confirmados da doença”, disse a coordenadora Estadual da Hanseníase da Agevisa, Albanete Mendonça.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA