PORTO VELHO

Eleições

#ELEIÇÕES2018:  Pré-convenção do PSDB, DEM e PSD reúne milhares em Ji-Paraná

Eleições

Expedito Junior fala dos sonhos que se tornaram realidade e convida os rondonienses a “sonharem juntos”

Caravanas dos quatro cantos do Estado tornaram pequeno o Espaço Mediterrâneo, em Ji-Paraná, para acomodar tanta gente, na manhã deste sábado (21), durante realização da pré-convenção conjunta dos partidos PSDB, DEM e PSD, que definiu pelo lançamento das pré-candidaturas do ex-senador Expedito Junior (PSDB) ao governo do Estado e do deputado federal Marcos Rogério, ao Senado, além da reeleição do deputado federal Expedito Neto (PSD) e da deputada Mariana Carvalho.

Além de dezenas de lideranças políticas e comunitárias, o evento foi abrilhantado com a presença do presidenciável tucano Geraldo Alkmin, que se comprometeu, caso seja eleito, com a duplicação da BR-364, reforçar a estrutura da saúde pública e ainda “tornar Rondônia a capital brasileira do agronegócio”.

Expedito Junior falou de seus sonhos, desde que se elegeu primeiramente vereador em Rolim de Moura, depois deputado federal constituinte, o mais novo do país à época, aos 21 anos, na sequência senador e por fim, o sonho maior de se tornar governador de Rondônia. “Um sonho quando se está sozinho é apenas um sonho, mas um sonho em que sonhamos todos juntos, tem tudo para se tornar realidade”, disse numa convocação para um sonho coletivo.

Expedito recordou as dificuldades da campanha em 2014, quando chegou muito próximo de ganhar a disputa estadual, mas foi prejudicado pelo uso ostensivo da máquina pública utilizada pelo adversário que buscava a reeleição. Ele pontuou, entretanto, que neste ano “não terá reeleição nem uso da máquina”.

O pré-candidato tucano lembrou ainda que na eleição de 2014, tinha apenas dois prefeitos em seus palanques. “Dois que já no final da corrida restou apenas um, graças a pressão exercida pelo governo da época. Hoje, aqui, neste ponta-pé inicial já temos catorze prefeitos somando conosco. Vamos chegar a pelo menos 30”, disse otimista.    

Entre as muitas lideranças presentes, estavam o guajaramirense e ex-deputado federal pelo estado de São Paulo José Aníbal, que foi secretário nos governos de Mário Covas e Geraldo Alkmin, o prefeito de Porto Velho Hildon Chaves, o deputado estadual Laerte Gomes, pelo menos uma dezena de vereadores e ainda o senador Ivo Cassol que passou rapidamente pelo evento, mas deixou o recado que seu grupo político vem mantendo conversas com a frente liderada por Expedito Junior.

Assessoria de comunicação do pré-candidato ao governo, Expedito Junior

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Comissão Especial dos Ex-Territórios pede complementação de documentos dos servidores de Rondônia
Propaganda

Eleições

Ministério Público opina favorável ao recurso de defesa e Hildon Chaves tem contas de campanha aprovadas pela Justiça Eleitoral

Publicados

em

Por

A promotora Tânia Garcia Santiago opinou pelo deferimento dos embargos de declaração com efeito infringente , modificando a decisão anterior do Juízo Eleitoral

O juiz eleitoral Johnny Gustavo Clemes acatou o recurso da defesa do prefeito Hildon Chaves, requerido pelo advogado Bruno Valverde, e garantiu a aprovação de suas contas de campanha. A promotora Tânia Garcia Santiago opinou pelo deferimento dos embargos de declaração com efeito infringente , modificando a decisão anterior do Juízo Eleitoral. No entendimento do magistrado, convencido pelos argumentos técnicos levados aos autos, o comitê financeiro do candidato não cometeu irregularidades porque sanou a dúvida sobre o repasse irregular de recursos, comprovado pela devolução em tempo hábil, e apresentou provas do pagamento de despesas com pessoal.

No primeiro ponto atacado pela defesa do escritório de Valverde comprovou-se que, apesar do vice-prefeito Maurício Carvalho ter feito um repasse fora do padrão exigido pela legislação eleitoral, havia verbas disponíveis suficientes em conta para o pagamento de despesas, dissipando qualquer dúvida sobre a utilização desse recurso. “Como pode ser observado, nesse ponto o embargante está com a razão, havia um saldo na conta do embargante no valor de R$ 40.967,68 proveniente de outros tipos de recursos, o qual não foi considerado pelo analista de contas”, diz o juiz em trecho da sentença.
Um segundo eixo do processo foi a discussão sobre a regularidade de pagamentos ao pessoal contratado. Na verdade, os analistas não observaram que o comitê comprovou através de recibos e transferências a contraprestação financeira pelos serviços de vários profissionais utilizados na campanha. “… No caso, verifica-se que não se trata de falta de comprovação de gastos de campanha, mas sim de falta de documentos que comprovassem que os profissionais contratados tinham vasta experiência”, analisou o magistrado. O fato de esses profissionais não comprovarem sua experiência de seu ofício por si só não acarreta em reprovação das contas, segundo a defesa.

Leia Também:  TSE recebe pedidos de tropas federais para eleições de 15 de novembro

Após a análise dos pontos controversos, Jonnhy Gustavo sentenciou: “… Ante o exposto, conheço dos presentes embargos de declaração, e lhes dou parcial provimento para, atribuindo-lhes efeitos modificativos, suprir a omissão/erro existente e julgar aprovadas, com ressalvas, as contas de HILDON DE LIMA CHAVES, relativas à campanha eleitoral de 2020…”

Com destaque no Estado em virtude de sua atuação diligente , o escritório Valverde Chahaira Advocacia Especializada, liderado pelo Prof. Dr. Bruno Valverde, emitiu nota informando que a aprovação das contas da campanha do prefeito Hildon Chaves é resultado da comprovação de argumentos técnicos/ jurídicos acerca da regularidade das ações e despesas da campanha, que foi também transparente, proba e de ímpar lisura.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA