PORTO VELHO

Eleições

Ronaldo Flôres fala sobre propostas para a Educação para a Capital

Eleições

O candidato à prefeitura de Porto Velho Ronaldo Flôres do Solidariedade registrou na Justiça Eleitoral ideias para melhorar a educação na capital do estado de Rondônia que vão da ampliação e modernização de escolas a valorização dos professores, a ideia é reconhecer, valorizar, qualificar e equipar os professores da rede municipal de ensino.

“A educação em Porto Velho ainda está longe de ser eficiente, pois faltam equipamentos nas escolas, falta motivação para os professores ensinarem e para os alunos estudarem”, observou Ronaldo.

Em seu plano de governo, a proposta é criar escolas em tempo integral, ampliar e reformar e construir creches na capital.

“O número de escolas de tempo integral deve aumentar, para atender mais alunos das comunidades, isso incluirá a ampliação e modernização das salas de aulas, onde os alunos terão salas confortáveis e climatizadas, vestuários com duchas para os alunos fazerem suas higienizações após a pratica das atividades esportivas, salas com equipamento de informática potencializando a tecnologia na educação municipal”, disse Flôres.

Outro Ponto fundamental no plano de governo para educação é o combate e prevenção às drogas dentro das escolas da rede municipal de ensino, um trabalho de conscientização continuo para ajudar na prevenção e combate as drogas, aumentando também a vigilância através de parcerias com a Guarda Metropolitana e a Policia Militar.
“Nós estamos vivendo um momento difícil, mas nós precisamos promover um grande debate, com participação da comunidade, dos profissionais em educação para que eles participem das decisões, e assim, de forma coletiva nós tenhamos melhores resultados, explicou Ronaldo.

Leia Também:  #CNJ Serviço: regras para órgãos de governo durante o período eleitoral

O plano contempla ainda a criação de um sistema especial de atendimento à saúde dos professores da rede municipal, com ampliação e gratificação por curriculum e pelo desempenho dos alunos, reconhecendo o esforço do professor que investe em cursos de pós graduação e especialização para melhor ensinar.

Outras ações na área da educação que Ronaldo Flores vai fazer:

– Equipar as escolas de ensino integral para dar o aluno condições de desenvolver o seu potencial artístico e cultural.
– Incluir professores auxiliares nas primeiras séries do ensino fundamental, para melhorar o desempenho dos alunos.
– Reformular as políticas públicas de gestão educação infantil, buscando formação adequada, com propostas pedagógicas e metodológicas coerentes com o compromisso da melhoria na qualidade do ensino.
– Informatizar as bibliotecas municipais, criando plataformas virtuais para a publicação de projetos e de produções literárias dos professores e alunos, incentivando o interesse a pesquisa, leitura e escrita.
– Garantir o acesso e a continuidade da Educação de qualidade nas escolas da zona rural.
– Professores especializados para alunos com necessidades especiais.
– Inserção da disciplina de libras.
“É muito importante discutir a educação para melhorar o futuro das nossas crianças e adolescentes por isso criamos um plano de governo funcional para estabelecer estratégias diferentes para cada uma delas, essa é a educação que todos nós queremos, chegou a nossa vez, por isso no dia 15 de novembro vote certo, vote 77 e confirme Ronaldo Flores e Pastora Cila para administrar Porto Velho.

Leia Também:  Ataque hacker ao sistema do STJ leva o TSE a reforçar segurança

Fonte: Assessoria

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Eleições

Ministério Público opina favorável ao recurso de defesa e Hildon Chaves tem contas de campanha aprovadas pela Justiça Eleitoral

Publicados

em

Por

A promotora Tânia Garcia Santiago opinou pelo deferimento dos embargos de declaração com efeito infringente , modificando a decisão anterior do Juízo Eleitoral

O juiz eleitoral Johnny Gustavo Clemes acatou o recurso da defesa do prefeito Hildon Chaves, requerido pelo advogado Bruno Valverde, e garantiu a aprovação de suas contas de campanha. A promotora Tânia Garcia Santiago opinou pelo deferimento dos embargos de declaração com efeito infringente , modificando a decisão anterior do Juízo Eleitoral. No entendimento do magistrado, convencido pelos argumentos técnicos levados aos autos, o comitê financeiro do candidato não cometeu irregularidades porque sanou a dúvida sobre o repasse irregular de recursos, comprovado pela devolução em tempo hábil, e apresentou provas do pagamento de despesas com pessoal.

No primeiro ponto atacado pela defesa do escritório de Valverde comprovou-se que, apesar do vice-prefeito Maurício Carvalho ter feito um repasse fora do padrão exigido pela legislação eleitoral, havia verbas disponíveis suficientes em conta para o pagamento de despesas, dissipando qualquer dúvida sobre a utilização desse recurso. “Como pode ser observado, nesse ponto o embargante está com a razão, havia um saldo na conta do embargante no valor de R$ 40.967,68 proveniente de outros tipos de recursos, o qual não foi considerado pelo analista de contas”, diz o juiz em trecho da sentença.
Um segundo eixo do processo foi a discussão sobre a regularidade de pagamentos ao pessoal contratado. Na verdade, os analistas não observaram que o comitê comprovou através de recibos e transferências a contraprestação financeira pelos serviços de vários profissionais utilizados na campanha. “… No caso, verifica-se que não se trata de falta de comprovação de gastos de campanha, mas sim de falta de documentos que comprovassem que os profissionais contratados tinham vasta experiência”, analisou o magistrado. O fato de esses profissionais não comprovarem sua experiência de seu ofício por si só não acarreta em reprovação das contas, segundo a defesa.

Leia Também:  ELEIÇÕES2018: Jean Oliveira agradece a população de Rondônia pelo 3º mandato de deputado estadual

Após a análise dos pontos controversos, Jonnhy Gustavo sentenciou: “… Ante o exposto, conheço dos presentes embargos de declaração, e lhes dou parcial provimento para, atribuindo-lhes efeitos modificativos, suprir a omissão/erro existente e julgar aprovadas, com ressalvas, as contas de HILDON DE LIMA CHAVES, relativas à campanha eleitoral de 2020…”

Com destaque no Estado em virtude de sua atuação diligente , o escritório Valverde Chahaira Advocacia Especializada, liderado pelo Prof. Dr. Bruno Valverde, emitiu nota informando que a aprovação das contas da campanha do prefeito Hildon Chaves é resultado da comprovação de argumentos técnicos/ jurídicos acerca da regularidade das ações e despesas da campanha, que foi também transparente, proba e de ímpar lisura.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA