PORTO VELHO

Eleições

Vinícius Miguel é atacado com panfletos apócrifos na reta final da campanha

Eleições

Com a adesão popular cada vez mais crescente em sua campanha, o candidato a prefeito de Porto Velho pela Coligação Cidadania23, Rede Sustentabilidade e PDT “Porto Velho em Boas Mãos!”, Vinícius Miguel, volta a ser vítima de ataques de adversários que não apresentam propostas e querem enganar a população com mentiras, calúnias e o jogo sujo que insiste em fazer parte da política.

Nesta quarta-feira (11), um material, tentando atacar a imagem do jovem candidato, foi informado pela população que se sentiu constrangida com a baixaria de quem teve a iniciativa de tentar atacar seu oponente de forma suja. “Quando peguei isso na porta da minha casa, logo percebi que não é um material informativo, mas para tentar ofender o candidato. Isso mostra que ele deve estar muito bem e incomodando os outros candidatos. Eu ainda não tinha decidido meu voto, mas detesto esse tipo de coisa. Pois agora, eu vou votar em Vinícius Miguel e fiz questão de denunciar esse ato desesperado”, informou a moradora da zona Sul, Nazaré Rodrigues.

Leia Também:  #ELEIÇÕES2018: Expedito Junior afirma que concluirá obra do Hospital de Emergência e Urgência

Em suas redes sociais, o candidato, que vem trabalhando em uma campanha limpa, comprometida com a verdade e o povo, respeitando sempre os demais candidatos, pediu à população que denuncie qualquer material difamatório. “Peço isso para que a população tenha uma campanha limpa, verdadeira, sem mentiras, ataques ou sujeira. Isso é fruto de gente sórdida, que não tem compromisso e nem respeito com o povo. Qualquer material deste tipo, não importa contra qual candidato, deve ser denunciado”, afirmou.

Vinícius Miguel lembra que essa ação desesperada, além de ser imoral e demonstrara falta de caráter do oponente que teve essa iniciativa, é um ato criminoso. “Nos já acionados as autoridades eleitorais e policiais. Todas as medidas necessárias estão sendo tomadas. Essa galera sórdida, criminosa, difamatória, que quer ganhar com discurso de ódio, com violência, poluindo o meio ambiente… essa campanha difamatória não vai colar. Enquanto eles seguem com uma campanha de difamação, de ódio, nossa equipe vai seguir com uma mensagem de fé, de esperança, de amor”.

Leia Também:  #ELEIÇÕES2018: Expedito Jr firma compromisso pelo asfaltamento da Estrada do Belmont

O candidato agradeceu, ainda, o carinho, apoio e solidariedade da população. “Deixo aqui meu agradecimento a cada um que manda mensagem, fala comigo nas ruas, demonstra seu apoio, que preza pela verdade e acredita que, com Vinícius Miguel, Porto Velho estará em boas mãos”.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Eleições

Ministério Público opina favorável ao recurso de defesa e Hildon Chaves tem contas de campanha aprovadas pela Justiça Eleitoral

Publicados

em

Por

A promotora Tânia Garcia Santiago opinou pelo deferimento dos embargos de declaração com efeito infringente , modificando a decisão anterior do Juízo Eleitoral

O juiz eleitoral Johnny Gustavo Clemes acatou o recurso da defesa do prefeito Hildon Chaves, requerido pelo advogado Bruno Valverde, e garantiu a aprovação de suas contas de campanha. A promotora Tânia Garcia Santiago opinou pelo deferimento dos embargos de declaração com efeito infringente , modificando a decisão anterior do Juízo Eleitoral. No entendimento do magistrado, convencido pelos argumentos técnicos levados aos autos, o comitê financeiro do candidato não cometeu irregularidades porque sanou a dúvida sobre o repasse irregular de recursos, comprovado pela devolução em tempo hábil, e apresentou provas do pagamento de despesas com pessoal.

No primeiro ponto atacado pela defesa do escritório de Valverde comprovou-se que, apesar do vice-prefeito Maurício Carvalho ter feito um repasse fora do padrão exigido pela legislação eleitoral, havia verbas disponíveis suficientes em conta para o pagamento de despesas, dissipando qualquer dúvida sobre a utilização desse recurso. “Como pode ser observado, nesse ponto o embargante está com a razão, havia um saldo na conta do embargante no valor de R$ 40.967,68 proveniente de outros tipos de recursos, o qual não foi considerado pelo analista de contas”, diz o juiz em trecho da sentença.
Um segundo eixo do processo foi a discussão sobre a regularidade de pagamentos ao pessoal contratado. Na verdade, os analistas não observaram que o comitê comprovou através de recibos e transferências a contraprestação financeira pelos serviços de vários profissionais utilizados na campanha. “… No caso, verifica-se que não se trata de falta de comprovação de gastos de campanha, mas sim de falta de documentos que comprovassem que os profissionais contratados tinham vasta experiência”, analisou o magistrado. O fato de esses profissionais não comprovarem sua experiência de seu ofício por si só não acarreta em reprovação das contas, segundo a defesa.

Leia Também:  VEJA QUEM SÃO OS 16 QUE DISPUTAM A PREFEITURA DE PORTO VELHO

Após a análise dos pontos controversos, Jonnhy Gustavo sentenciou: “… Ante o exposto, conheço dos presentes embargos de declaração, e lhes dou parcial provimento para, atribuindo-lhes efeitos modificativos, suprir a omissão/erro existente e julgar aprovadas, com ressalvas, as contas de HILDON DE LIMA CHAVES, relativas à campanha eleitoral de 2020…”

Com destaque no Estado em virtude de sua atuação diligente , o escritório Valverde Chahaira Advocacia Especializada, liderado pelo Prof. Dr. Bruno Valverde, emitiu nota informando que a aprovação das contas da campanha do prefeito Hildon Chaves é resultado da comprovação de argumentos técnicos/ jurídicos acerca da regularidade das ações e despesas da campanha, que foi também transparente, proba e de ímpar lisura.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA