PORTO VELHO

Esporte

Cruzeiro vence o Vasco e garante retorno à elite do futebol brasileiro

Esporte

O Cruzeiro garantiu na noite desta quarta-feira (21.09), em jogo válido pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, ao vencer o Vasco pelo placar de 3 a 0, o seu retorno à elite do futebol brasileiro.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 68 pontos e agora foca na conquista do título da competição. O Vasco, permanece na 4ª colocação, com 48 pontos.

O primeiro gol da partida saiu aos 24 minutos da primeira etapa. Eguinaldo escorregou na saída de bola, Filipe Machado roubou, bateu de longe e abriu o placar para o Cruzeiro. A bola ainda desviou no zagueiro Danilo Boza e tirou o goleiro Thiago Rodrigues da jogada.

Aos 14 minutos do segundo tempo, o Cabuloso ampliou o marcador. Wesley Gasolina achou lindo passe para Bruno Rodrigues nas costas da zaga cruzmaltina e o camisa 9 deixou Edu, centroavante artilheiro, sozinho para tocar, estufar a rede e carimbar o passaporte do clube mineiro.

A festa ficou completa aos 40 minutos. Após boa jogada de Cipriano pela esquerda, na entrada da área, Luvannor recebeu de costas para o gol, girou sobre a marcação e bateu forte, ainda contando com desvio, para carimbar o passaporte da equipe mineira para a primeira divisão.

Leia Também:  Ex-Palmeiras, Deyverson assina contrato com o Cuiabá

Depois de três temporadas de sofrimento na divisão de acesso, o torcedor cruzeirense, em ano de celebração com a chegada da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) comandada pelo ex-jogador Ronaldo, volta a sorrir e sonhar com tempos de protagonismo.

Esta foi a 8ª derrota consecutiva do Vasco jogando como visitante na Série B. O desempenho longe do Rio de Janeiro tirou da equipe o amplo favoritismo ao acesso e colocou em situação desconfortável na temporada mais importante da história do Cruzmaltino.

Em clima de festa, o Cruzeiro volta a campo apenas na próxima quarta-feira (28), contra a Ponte Preta, em Campinas, às 19h. O Vasco volta ao estádio de São Januário para o confronto direto com o Londrina, no dia seguinte, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 3 x 0 VASCO 

Competição: Série B do Campeonato Brasileiro – 31ª rodada 

Data: 21 de setembro de 2022, quarta-feira 

Horário: 21h (de Brasília) Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG) 

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA/ SP) 

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) 

Leia Também:  Tite convoca a Seleção Brasileira para amistosos; Pedro está relacionado

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA/ SP) 

Gols: Filipe Machado, aos 24’/1ºT (CRU); Edu, aos 14’/2ºT (CRU), Luvannor, aos 40’/2ºT (CRU) 

Cartões amarelos: Stênio, Kaiki (CRU); Paulo Victor (VAS) 

Público: 59.204 presentes Renda: R$ 2.974.000,00

CRUZEIRO: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira e Eduardo Brock; Stênio (Wesley Gasolina), Filipe Machado, Neto Moura (Willian Oliveira), Bruno Rodrigues e Kaiki (Marquinhos Cipriano); Lincoln (Daniel Junior) e Edu (Luvannor). Técnico: Paulo Pezzolano. 

VASCO: Thiago Rodrigues; Léo Matos (Gabriel Pec), Danilo Boza, Anderson Conceição e Paulo Victor (Edimar); Yuri Lara, Andrey Santos e Nenê (Alex Teixeira); Marlon Gomes (Fábio Gomes), Eguinaldo e Raniel (Figueiredo). Técnico: Jorginho.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Sampaio Corrêa supera a Ponte Preta no Castelão e encosta no G4 da Série B

Publicados

em

O Sampaio Corrêa venceu a Ponte Preta no Castelão, por 2×1, na noite desta segunda-feira (03.10), e conquistou mais três pontos em casa na Série B. Com o resultado, a Bolívia colou no G4 e pode terminar a rodada a um ponto do grupo de acesso.

A vitória boliviana começou a ser construída no primeiro minuto de jogo, com gol do artilheiro Gabriel Poveda. O tricolor teve chances de aumentar o placar, mas não aproveitou.

Aos 17 da etapa final, os visitantes chegaram ao empate, mas Rafael Costa marcou por cobertura, aos 40 minutos, e garantiu a vitória do time do povo.

O JOGO

O Sampaio Corrêa não deixou nem a Ponte Preta respirar, e com um minuto já abriu o marcador. Lucas Hipólito cobrou o lateral e Poveda subiu mais do que a defesa para marcar.

Em desvantagem, o adversário tentou juntar forças e igualar o confronto, mas sem conseguir superar a defensiva Tricolor.

Fazendo um jogo de segurança, a Bolívia golpeava no momento certo, e Rafael Vila quase marca de cabeça, após cruzamento de Hipólito, o goleiro salvou.

Leia Também:  Elenco se reapresenta após o Choque-Rei

Em jogada rápida de contra-ataque, Rafael Vila avançou pelo meio e bateu no canto, mas o goleiro da Ponte foi buscar e mandou para escanteio. A Bolívia seguiu em vantagem para o vestiário.

Na etapa final, o adversário apresentou mais ocupação ofensiva, e conseguiu o empate aos 17 minutos.

O equilíbrio se fez presente em campo, com a Ponte Preta tentando espetar o Tricolor no contra-ataque, mas a defesa controlava os avanços.

Aos 40 minutos, em trama pelo lado direito, Nadson tocou pra Rafael Costa, que deu um toque sutil por cobertura, a bola bateu na trave e entrou. A torcida Tricolor explodiu no Castelão.

Restava pouco tempo, e os visitantes tentaram igualar novamente na base do desespero, mas a Bolívia conseguiu controlar o ímpeto adversário e conquistou mais três pontos em casa. A chama segue acesa pelo acesso. 

O próximo desafio do Sampaio Corrêa será na sexta-feira, em Maceió, contra o CSA.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA