PORTO VELHO

Esporte

Fluminense vence o Cerro com gol de Fred e vai às quartas da Libertadores

Esporte


Passaporte carimbado! O Fluminense está nas quartas de final da Libertadores da América. Nesta terça-feira, o Tricolor voltou a vencer o Cerro Porteño, desta vez por 1 a 0, no Maracanã, e avançou para a próxima fase com 3 a 0 no placar agregado do confronto – a equipe já havia vencido no jogo de ida em Assunção, no Paraguai, por 2 a 0. O gol foi marcado por Fred, que chegou a 5 na competição continental, apenas um a menos do que os artilheiros do torneio.

Na próxima fase, em busca da classificação para a semifinal, o Time de Guerreiros terá pela frente o Barcelona de Guayaquil. O jogo de ida do confronto está marcado para o próximo dia 12 (quinta-feira), às 21h30, no Maracanã. O jogo de volta será uma semana depois, no dia 19, no mesmo horário, no Estádio Monumental de Barcelona, no Equador.

Antes disso, porém, o time do técnico Roger Machado volta a concentrar suas atenções no Brasileirão. No próximo domingo (08/03), às 16h, a equipe enfrenta o América-MG no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 15ª rodada. O Tricolor é o 12º na tabela de classificação do campeonato, com 17 pontos e um jogo a menos em relação aos adversários, já que o jogo contra o Juventude, pela 14ª rodada, foi adiado.

Primeiro tempo
O Fluminense começou o jogo no campo de ataque e chegou a balançar as redes logo com 1 minuto de bola rolando, após finalização de Nene, mas a arbitragem anulou assinalando falta de Luiz Henrique no início da jogada. Logo depois, aos 4, o Tricolor seguiu pressionando e recuperou a posse no campo de ataque. Após boa triangulação pelo lado esquerdo, a bola foi rolada para Yago Felipe, que arriscou o chute de longa distância, mas a bola resvalou na zaga e saiu em escanteio. Após um período de jogo cadenciado e sem grandes chances, o Fluminense apertou o ritmo aos 20 minutos. Nene, Gabriel Teixeira, Luiz Henrique e Fred tramaram boa jogada pelo lado esquerdo. Quando o camisa 9 tentou se livrar da marcação dentro da área, a bola bateu na mão do zagueiro e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Fred deslocou o goleiro Jean com categoria e abriu o placar, aos 23 minutos. Aos 41, mais uma boa chegada do Fluminense, com troca rápida de passes. Fred fez o pivô e rolou para Nene, que enfiou para Gabriel Teixeira. O meia-atacante foi a linha de fundo e fez o cruzamento, mas a bola passou por todo mundo. Na sobra, ela chegou novamente nos pés de Fred, dessa vez pela quina direita da grande área. Ele chutou firme cruzado, mas o goleiro adversário fez a defesa.

  Fluminense perde, mas avança na Copa do Brasil

Leia Também:  Flamengo segue homenagens ao time de 1981 com lançamento de camisa

Segundo tempo
O Fluminense quase ampliou o marcador aos 5 minutos. Após cobrança de escanteio de Nene e sobra da defesa, Samuel Xavier acertou lindo chute, obrigando o goleiro a fazer linda defesa com a ponta dos dedos. Aos 12 minutos, durante um contra-ataque puxado por Gabriel Teixeira, Patiño acertou Fred sem bola. O VAR chamou o árbitro, indicando uma possível expulsão do jogador do Cerro, mas Wilmar Roldán decidiu dar só o cartão amarelo. Aos 16, o Tricolor chegou com perigo outra vez. Nene lançou Gabriel Teixeira na ponta esquerda, o Moleque de Xerém tentou encontrar Fred no meio da área, mas a bola saiu pela linha de fundo. E a pressão não parou por aí. Aos 20, Fred recebeu na frente, segurou a marcação e rolou para Luiz Henrique. O camisa 34 arriscou de fora da área com o pé esquerdo e o goleiro fez mais uma defesa difícil. A bola entraria no cantinho. A partir de então, o time passou a administrar a vantagem construída no placar agregado e voltou a oferecer perigo aos 41. Yago enfiou para Kayky no centro da área, mas o jovem não pegou em cheio e finalizou em cima do goleiro. Já nos acréscimos, Ganso arriscou chute forte de longe, mas também parou no goleiro.

  Fluminense é derrota e Flamengo conquista o Campeonato Carioca

Leia Também:  Coritiba perde do Operário no Campeonato Paranaense

FICHA TÉCNICA

Libertadores – Oitavas de final (jogo de volta)
03/08/2021, 19h15 – Maracanã

Fluminense (1)
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Yago Felipe, Martinelli (André) e Nene (Paulo Henrique Ganso); Gabriel Teixeira (Lucca), Luiz Henrique (Kayky) e Fred (Abel Hernández). Técnico: Roger Machado

Cerro Porteño-PAR (0)
Jean; Espínola, Patiño, Alexis Duarte e Adorno (Alan Rodríguez); Villasanti, Carrascal, Mateus Gonçalves e Aquino (Morales); Carrizo (Adrián Martínez) e Boselli (Vargas). Técnico: Francisco Arce

Gol: Fred (23′ 1T) (FLU)

Cartões amarelos: Luiz Henrique, Samuel Xavier, Gabriel Teixeira, Ganso (FLU); Espínola, Aquino, Patiño, Adrián Martínez (CER)

Arbitragem: Wilmar Roldán (COL), auxiliado por Sebastian Vela (COL) e Dionisio Ruiz (COL)

Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-vence-o-cerro-com-gol-de-fred-e-vai-as-quartas-da-libertadores

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Bahia encerra preparação para enfrentar o Red Bull com tático contra a base

Publicados

em


Com um treinamento na tarde desta sexta-feira (17) no CT Evaristo de Macedo, o Tricolor encerrou a preparação para enfrentar o Red Bull Bragantino. A partida contra a equipe paulista acontece neste sábado (18), às 21h, na Fonte Nova e é válida pela 20ª do Campeonato Brasileiro.

O trabalho começou com o elenco assistindo um vídeo produzido pelo Departamento de Análise e Desempenho (Dade) no auditório da Cidade Tricolor.

Depois o grupo seguiu para o gramado e iniciou com um aquecimento, aplicado pelos preparadores Agustin Buscaglia, Luiz Andrade e Eduardo Souza.

Após o físico, o técnico Diego Dabove dividiu o grupo entre titulares e reservas e o time de cima disputou um coletivo tático contra atletas da divisão de base.

Dabove parou a atividade várias vezes para orientar os jogadores e aproveitou também para aprimorar as bolas paradas, com cobranças de faltas laterais e escanteios.

Neste momento, os reservas participavam de um treino técnico de posse no campo 2 do CT.

No final, alguns atletas ainda treinaram as faltas frontais e cobranças de penalidades.

  No encerramento do 1º turno, Santos vence o Bahia na Vila Belmiro

Leia Também:  Classificado, Furacão vai disputar as oitavas de final da Copa do Brasil pela 19ª vez

O atacante Rossi, se recuperando de uma lesão muscular na coxa, tratou na fisioterapia.

Já Marcelo Cirino, realizou um treino físico na academia com o professor Roberto Nascimento.

O grupo já iniciou a concentração na Cidade Tricolor logo após a atividade.

Fotos – Felipe Oliveira/EC Bahia

Fonte: https://www.esporteclubebahia.com.br/video-e-coletivo/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA