PORTO VELHO

Esporte

Inter perde para Vitoria e se despede da Copa do Brasil

Esporte


“Vimos muitos vídeos em que o Inter era favorito. Que jogando mal poderia dar 3 a 0 na gente. E não é assim, não. Tem que respeitar o Nordeste. Palavra de Deus diz que exalta o humilhado e rebaixa o soberbo”.

As palavras de Samuel, em entrevista ao SporTV, resumem o sentimento dos jogadores do Vitória após a classificação. Desacreditados após a derrota em Salvador, os guerreiros deram a volta por cima e silenciaram o Gigante do Beira-Rio com uma vitória categórica sobre o Internacional.

O Vitória está mais uma vez nas oitavas de final da Copa do Brasil. A última tinha sido no ano de 2018 e, coincidentemente, após eliminar o Inter. Só que naquele ano, o Rubro-Negro perdeu no jogo de ida no Beira-Rio, venceu o de volta no Barradão, e na decisão por pênaltis assegurou a vaga.

Este ano, o caminho foi inverso. Derrotado por 1 a 0 no Barradão, o Leão precisava vencer por dois gols de diferença e tinha contra si um retrospecto desfavorável. Nas duas vezes que tinha ganho do Inter, no Beira-Rio, foi por 1 a 0.

  Confronto entre Internacional com o Boca Juniors é adiado

Leia Também:  Atlético MG vence de goleada e assume a liderança isolada do Grupo H da Libertadores

Nesta quinta-feira (10), o Vitória foi gigante. Não tomou conhecimento do pseudo favoritismo dos gaúchos e sapecou 3 a 1. Por isso, nada mais justo que a eufórica vibração dos jogadores e integrantes da comissão técnica ao final do jogo. No gramado do Beira-Rio e no vestiário.

“Tem que respeitar o Nordeste. Nosso grupo é forte e pode ir muito longe na competição. Fruto do nosso trabalho. A gente vem trabalhando muito forte”, afirmou Samuel, que dedicou a vitória ao ex-técnico Rodrigo Chagas.

FONTE: https://ecvitoria.com.br/de-novo-nas-oitavas/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Martinelli analisa chance de recorde: “Nosso time é capaz de alcançar grandes marcas”

Publicados

em


A possibilidade de igualar a maior série invicta do Fluminense em Brasileiros por pontos corridos não interfere em nada o planejamento tricolor. Ao menos é o que garante Martinelli. O volante destacou a qualidade do elenco e valorizou a marca que pode ser atingida, mas fez questão de ressaltar que o foco do time está voltado apenas (e sempre) para o próximo adversário. Neste caso, o Atlético-GO, nesta quarta-feira (23/06), às 19h, no Estádio Antônio Accioly.

“A gente tem um grupo muito qualificado. Nós sabemos que o nosso time é capaz de alcançar grandes marcas neste Brasileiro. Mas a gente está muito focado em fazer nosso trabalho jogo a jogo, e a invencibilidade ao longo do tempo vai vir. Então a gente tem que pensar sempre no próximo jogo”, afirmou o camisa .

Dono da maior invencibilidade de momento no Brasileirão, o Fluminense está muito perto de igualar sua maior sequência de partidas sem derrota na história do campeonato desde que ele passou a ser disputado por pontos corridos. Para igualar a série invicta de 15 jogos de 2010, quando o Tricolor sagrou-se tricampeão brasileiro sob o comando de Muricy Ramalho, a equipe precisa pontuar na partida contra o Atlético-GO.

  No Maracanã, Flamengo perde de 1 a 0 para o Fluminense

Leia Também:  Atlético MG vence de goleada e assume a liderança isolada do Grupo H da Libertadores

Para Martinelli, a missão será das mais complicadas, já que, em sua visão, o adversário já demonstrou muita qualidade nas últimas rodadas. Por isso, ele pediu concentração do início ao fim para que o Fluminense consiga um resultado favorável não apenas pela ampliação da sequência invicta, mas para se manter entre os primeiros colocados na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

“Jogar aqui é sempre muito difícil. Eles têm uma excelente equipe, muito competitiva. Então a gente tem que ter muita atenção para fazer um bom jogo e sair com os três pontos, que vão nos ajudar muito a subir na tabela”, opinou.

A série invicta tricolor, de 14 jogos, se iniciou na edição passada do Brasileiro, quando o time ainda era comandado por Marcão. Com ele, foram seis vitórias e três empates na reta final que ajudou a equipe a conseguir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. No campeonato atual, com Roger Machado, o Fluminense soma duas vitórias e três empates.

  Fluminense é derrotado por 3 a 0 pela equipe do Portuguesa -RJ

Leia Também:  Mário lembra importância do apoio dos Tricolores em ano de Libertadores

Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/martinelli-analisa-chance-de-recorde-nosso-time-e-capaz-de-alcancar-grandes-marcas

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA