PORTO VELHO

Esporte

Martinelli analisa chance de recorde: “Nosso time é capaz de alcançar grandes marcas”

Esporte


A possibilidade de igualar a maior série invicta do Fluminense em Brasileiros por pontos corridos não interfere em nada o planejamento tricolor. Ao menos é o que garante Martinelli. O volante destacou a qualidade do elenco e valorizou a marca que pode ser atingida, mas fez questão de ressaltar que o foco do time está voltado apenas (e sempre) para o próximo adversário. Neste caso, o Atlético-GO, nesta quarta-feira (23/06), às 19h, no Estádio Antônio Accioly.

“A gente tem um grupo muito qualificado. Nós sabemos que o nosso time é capaz de alcançar grandes marcas neste Brasileiro. Mas a gente está muito focado em fazer nosso trabalho jogo a jogo, e a invencibilidade ao longo do tempo vai vir. Então a gente tem que pensar sempre no próximo jogo”, afirmou o camisa .

Dono da maior invencibilidade de momento no Brasileirão, o Fluminense está muito perto de igualar sua maior sequência de partidas sem derrota na história do campeonato desde que ele passou a ser disputado por pontos corridos. Para igualar a série invicta de 15 jogos de 2010, quando o Tricolor sagrou-se tricampeão brasileiro sob o comando de Muricy Ramalho, a equipe precisa pontuar na partida contra o Atlético-GO.

  No Maracanã, Flamengo perde de 1 a 0 para o Fluminense

Leia Também:  Com dois de Gabriel Silva, Palmeiras faz 4 a 0 no Náutico e abre vantagem nas oitavas da Copa do Brasil Sub-20

Para Martinelli, a missão será das mais complicadas, já que, em sua visão, o adversário já demonstrou muita qualidade nas últimas rodadas. Por isso, ele pediu concentração do início ao fim para que o Fluminense consiga um resultado favorável não apenas pela ampliação da sequência invicta, mas para se manter entre os primeiros colocados na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

“Jogar aqui é sempre muito difícil. Eles têm uma excelente equipe, muito competitiva. Então a gente tem que ter muita atenção para fazer um bom jogo e sair com os três pontos, que vão nos ajudar muito a subir na tabela”, opinou.

A série invicta tricolor, de 14 jogos, se iniciou na edição passada do Brasileiro, quando o time ainda era comandado por Marcão. Com ele, foram seis vitórias e três empates na reta final que ajudou a equipe a conseguir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. No campeonato atual, com Roger Machado, o Fluminense soma duas vitórias e três empates.

  Fluminense é derrotado por 3 a 0 pela equipe do Portuguesa -RJ

Leia Também:  Inter empata sem gols na partida de ida das oitavas da Libertadores

Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/martinelli-analisa-chance-de-recorde-nosso-time-e-capaz-de-alcancar-grandes-marcas

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Cruzeiro empata com Vila Nova em Goiânia

Publicados

em


O Cruzeiro lutou, criou muitas chances, mas acabou empatando sem gols com o Vila Nova, em duelo disputado neste sábado, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO). A partida foi válida pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Após dois confrontos fora de casa, a Raposa voltará a atuar no Mineirão na próxima sexta-feira, às 21h30, quando enfrentará o Londrina, também pela competição nacional.

O jogo

A partida em solo goiano começou equilibrada, mas foram os donos da casa que tiveram a primeira grande chance. Aos 13 minutos, Willian Formiga cruzou na medida para Henan, que cabeceou no canto. Fábio voou e espalmou, salvando o time cruzeirense.

A resposta do Maior de Minas aconteceu aos 20 minutos, quando Thiago recebeu de Bruno José, na ponta direita, e bateu cruzado, obrigando Georgemy a defender em dois tempos.

A equipe estrelada voltou a chegar com perigo na marca dos 26 minutos. Desta vez, Thiago avançou e lançou para Rafael Sóbis, que finalizou a jogada com um voleio, de primeira, mas para fora do gol.

  Em Belém, Cruzeiro perde para Remo

Leia Também:  Inter empata sem gols na partida de ida das oitavas da Libertadores

Já aos 32 minutos, Thiago, bastante participativo no duelo, escorou para Rômulo que, de fora da área, chegou batendo de primeira, colocado. A bola fez a curva e acertou a trave esquerda de Georgemy, que nada poderia fazer.

Perto do fim da primeira etapa, aos 41, Willian Formiga cruzou rasteiro para Renan Mota, que chutou com liberdade, dentro da área, para fora.

2º tempo

O primeiro terço da etapa complementar foi pouco movimentando, sem a criação de boas oportunidades para ambos os lados.

Somente aos 33 minutos ocorreu um lance mais agudo. Na ocasião, Norberto recebeu na ponta direita e cruzou na medida para Thiago, que cabeceou por cima do travessão.

Já aos 44 minutos, Flávio apareceu na ponta esquerda, passou pela marcação e cruzou na cabeça de Thiago, que concluiu para fácil defesa do arqueiro do Vila Nova.

Três minutos mais tarde, Guilherme Bissoli fez bom passe para Thiago, que tocou na saída do goleiro, mas parou outra vez em ótima intervenção de Georgemy.

  Operário é derrotado por 3 a 0 pelo Guarani pela 27ª rodada da Série B

Leia Também:  Na despedida de Gerson, Flamengo vence o Fortaleza por 2 a 1 no Maraca

A última oportunidade do jogo também foi do Clube Azul. Aos 50 minutos, Thiago foi na linha de fundo e escorou na medida para Guilherme Bissoli, que chegou batendo de canhota. A bola passou rente à trave esquerda, levando muito perigo à meta adversária.

VILA NOVA-GO 0 x 0 CRUZEIRO

Motivo: 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 24/07/2021 (sábado)
Local: Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus – AB (RJ)
Vila Nova-GO: Georgemy; Renato, Xandão e Rafael Donato; Lucas Mazetti, Dudu, Arthur Rezende, Renan Mota (Cássio Gabriel) e Willian Formiga; Alan Grafite (Alesson) e Henan (Pedro Júnior).
Técnico: Higo Magalhães
Cruzeiro: Fábio; Ramon, Eduardo Brock e Rhodolfo; Norberto, Lucas Ventura (Flávio) e Rômulo (Giovanni); Felipe Augusto, Rafael Sóbis (Guilherme Bissoli), Bruno José (Wellington Nem) e Thiago.
Técnico: Mozart
Cartões amarelos: Arthur Rezende (Vila Nova); Marcinho, Thiago, Norberto e Flávio (Cruzeiro)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA