PORTO VELHO

Esporte

Palmeiras faz treino especifico visando jogo com o Flamengo pelo Brasileirão

Esporte

O Palmeiras realizou na Academia de Futebol, mais uma sessão de trabalho em preparação ao duelo de domingo (21.08) com o Flamengo, às 16h, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. A atividade, basicamente com dois times e alguns ‘curingas’ com objetivos específicos, contou com todos os atletas do elenco, exceção apenas do meio-campista Jailson, afastado há meses em recuperação de uma lesão no joelho direito.

Daniel Gonçalves, coordenador-científico do Verdão, explicou que, em consonância com a comissão técnica, o Núcleo de Saúde e Performance tem sempre como meta deixar o elenco inteiro e nas melhores condições em ‘momentos-alvo’ da temporada, sobretudo nas fases decisivas das competições.

“Há um debate constante e um incentivo ao contraditório entre a comissão técnica e o Núcleo de Saúde e Performance. Esses processos todos visam, entre outros assuntos, fazer um planejamento para os momentos-alvo da temporada, para termos o maior número de atletas à disposição na plena condição física para suportarem bem os jogos decisivos. Estamos bem satisfeitos com o desempenho da equipe e isso é muito fruto do esforço dos atletas, da conscientização deles, do pré-treino do dia a dia, da parte nutricional, entre outras coisas”, afirmou Gonçalves.

Leia Também:  Palmeiras enfrenta o Cerro Porteño-Par nas oitvas da libertadores.

Outro ponto de destaque é o controle de carga individualizado dos jogadores, principalmente quando se trata da equipe brasileira que mais jogou em 2022 (56 confrontos). “A avaliação individualizada é diária e ela permite tanto a elaboração do treino em conversas com a comissão técnica quanto as estratégias coletivas para os jogos. Os atletas que apresentam uma maior possibilidade de não performarem ou de se lesionarem podem ter uma utilização parcial ou até mesmo ficarem fora das partidas. Foi o caso do Scarpa, que teve uma fadiga residual muito grande contra o Atlético-MG e optamos por deixá-lo fora contra o Corinthians para que ele restabelecesse e estivesse apto para a sequência da temporada”, disse o coordenador, no clube desde o começo de 2020.

Gonçalves ressaltou também a estrutura física e profissional do Palmeiras e se mostrou contente com a adesão dos atletas, que cumprem processos antes e depois do treino. “O Palmeiras é um clube de vanguarda e, antes mesmo da minha chegada, os processos do clube já era bem estabelecidos. O meu papel principal é ser guardião disso tudo. Temos uma estrutura física excepcional, recursos humanos e processos adequados, e a comissão técnica do Abel teve a sensibilidade de respeitar e, gradativamente, foi implementando o seu método também. Acredito que isso é o grande motivo para a grande adesão dos atletas. A gente trabalha para os jogadores, que são os protagonistas, e eles percebem essa mobilização nossa para deixá-los nas melhores condições possíveis. Tanto antes quanto depois dos treinos há muito trabalho executado por eles e isso nos deixa amplamente satisfeitos”, concluiu.

Leia Também:  Tricolor busca reação e vence o Cuiabá no Morumbi

O Maior Campeão do Brasil é o atual líder do Campeonato Brasileiro, com 48 pontos, e vem de seis vitórias consecutivas no torneio nacional (Cuiabá, América-MG, Internacional, Ceará, Goiás e Corinthians). No primeiro turno, no dia 20 de abril, Palmeiras e Flamengo empataram sem gols no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Sampaio Corrêa supera a Ponte Preta no Castelão e encosta no G4 da Série B

Publicados

em

O Sampaio Corrêa venceu a Ponte Preta no Castelão, por 2×1, na noite desta segunda-feira (03.10), e conquistou mais três pontos em casa na Série B. Com o resultado, a Bolívia colou no G4 e pode terminar a rodada a um ponto do grupo de acesso.

A vitória boliviana começou a ser construída no primeiro minuto de jogo, com gol do artilheiro Gabriel Poveda. O tricolor teve chances de aumentar o placar, mas não aproveitou.

Aos 17 da etapa final, os visitantes chegaram ao empate, mas Rafael Costa marcou por cobertura, aos 40 minutos, e garantiu a vitória do time do povo.

O JOGO

O Sampaio Corrêa não deixou nem a Ponte Preta respirar, e com um minuto já abriu o marcador. Lucas Hipólito cobrou o lateral e Poveda subiu mais do que a defesa para marcar.

Em desvantagem, o adversário tentou juntar forças e igualar o confronto, mas sem conseguir superar a defensiva Tricolor.

Fazendo um jogo de segurança, a Bolívia golpeava no momento certo, e Rafael Vila quase marca de cabeça, após cruzamento de Hipólito, o goleiro salvou.

Leia Também:  Fluminense bate o Flamengo no jogo de ida da final do Carioca

Em jogada rápida de contra-ataque, Rafael Vila avançou pelo meio e bateu no canto, mas o goleiro da Ponte foi buscar e mandou para escanteio. A Bolívia seguiu em vantagem para o vestiário.

Na etapa final, o adversário apresentou mais ocupação ofensiva, e conseguiu o empate aos 17 minutos.

O equilíbrio se fez presente em campo, com a Ponte Preta tentando espetar o Tricolor no contra-ataque, mas a defesa controlava os avanços.

Aos 40 minutos, em trama pelo lado direito, Nadson tocou pra Rafael Costa, que deu um toque sutil por cobertura, a bola bateu na trave e entrou. A torcida Tricolor explodiu no Castelão.

Restava pouco tempo, e os visitantes tentaram igualar novamente na base do desespero, mas a Bolívia conseguiu controlar o ímpeto adversário e conquistou mais três pontos em casa. A chama segue acesa pelo acesso. 

O próximo desafio do Sampaio Corrêa será na sexta-feira, em Maceió, contra o CSA.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA