PORTO VELHO

Esporte

Palmeiras vence Corinthians e dispara na liderança do Brasileirão 2022

Esporte

O Palmeiras soube aproveitar um erro decisivo do Corinthians neste sábado (13.08), venceu o clássico e disparou na liderança do Brasileirão. Em jogo da 22ª rodada, um gol contra de Roni definiu o 1 a 0 alviverde na Neo Química Arena. 

Cada vez mais embalado, o Palmeiras dispara e abre nove pontos na liderança (48 contra 39 do rival). O time agora tem a semana inteira reservada a treinos antes de receber o Flamengo em casa, no domingo que vem (21), novamente pelo Brasileirão.

O Corinthians, pelo contrário, viu a crise aumentar ainda mais. Sem vencer há quatro jogos, os comandados de Vítor Pereira terão pela frente outro teste de fogo, na quarta-feira (17): precisa reverter a desvantagem de dois gols contra o Atlético-GO para seguir na Copa do Brasil.

Uma derrota pode transbordar o caldeirão corintiano, iniciado com o desconforto do elenco com o treinador português, seguido pela eliminação na Libertadores e a saída de Willian.

A primeira grande participação da torcida foi um recado ao ex-camisa 10 do Corinthians. Minutos antes do jogo, antes mesmo de cantar o hino do clube, os torcedores entoaram xingamento ao meia Willian, que assinou a rescisão de contrato e deixou o clube nesta semana. “Alô, Willian, vai se f…, o Coringão não precisa de você”, cantaram em coro. Apesar do adeus, a imagem do jogador ainda aparecia no copo oficial do clássico, vendido a torcedores na Arena.

Leia Também:  Cuiabá se prepara para enfrentar o Fluminense pelo Brasileirão

Ficha Técnica 

CORINTHIANS 0 x 1 PALMEIRAS 

Competição: Campeonato Brasileiro, 22ª rodada Data e 

Horário: 13 de agosto de 2022, sábado, às 19 horas (de Brasília) 

Local: Neo Química Arena, em São Paulo-SP 

Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP) 

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Corraa (FIFA/RJ) 

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (FIFA/SP) 

Cartões Amarelos: Fausto Vera e Róger Guedes (Corinthians); José López e Piquerez (Palmeiras) 

Público: 44.966 pessoas (44.666 pagantes) Renda: R$ R$ 3.226.090,00 

Gols: Roni (contra) aos 27 minutos do segundo tempo. 

Corinthians: Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Bruno Méndez, Balbuena e Lucas Piton; Du Queiro, Fausto (Roni) e Renato Augusto; Gustavo Mosquito (Adson), Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

Palmeiras: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Wesley); Rony (Gabriel Menino) Dudu (Bruno Tabata) e José López (Rafael Navarro). Técnico: Abel Ferreira

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Sampaio Corrêa supera a Ponte Preta no Castelão e encosta no G4 da Série B

Publicados

em

O Sampaio Corrêa venceu a Ponte Preta no Castelão, por 2×1, na noite desta segunda-feira (03.10), e conquistou mais três pontos em casa na Série B. Com o resultado, a Bolívia colou no G4 e pode terminar a rodada a um ponto do grupo de acesso.

A vitória boliviana começou a ser construída no primeiro minuto de jogo, com gol do artilheiro Gabriel Poveda. O tricolor teve chances de aumentar o placar, mas não aproveitou.

Aos 17 da etapa final, os visitantes chegaram ao empate, mas Rafael Costa marcou por cobertura, aos 40 minutos, e garantiu a vitória do time do povo.

O JOGO

O Sampaio Corrêa não deixou nem a Ponte Preta respirar, e com um minuto já abriu o marcador. Lucas Hipólito cobrou o lateral e Poveda subiu mais do que a defesa para marcar.

Em desvantagem, o adversário tentou juntar forças e igualar o confronto, mas sem conseguir superar a defensiva Tricolor.

Fazendo um jogo de segurança, a Bolívia golpeava no momento certo, e Rafael Vila quase marca de cabeça, após cruzamento de Hipólito, o goleiro salvou.

Leia Também:  Grêmio é pentacampeão gaúcho!!!

Em jogada rápida de contra-ataque, Rafael Vila avançou pelo meio e bateu no canto, mas o goleiro da Ponte foi buscar e mandou para escanteio. A Bolívia seguiu em vantagem para o vestiário.

Na etapa final, o adversário apresentou mais ocupação ofensiva, e conseguiu o empate aos 17 minutos.

O equilíbrio se fez presente em campo, com a Ponte Preta tentando espetar o Tricolor no contra-ataque, mas a defesa controlava os avanços.

Aos 40 minutos, em trama pelo lado direito, Nadson tocou pra Rafael Costa, que deu um toque sutil por cobertura, a bola bateu na trave e entrou. A torcida Tricolor explodiu no Castelão.

Restava pouco tempo, e os visitantes tentaram igualar novamente na base do desespero, mas a Bolívia conseguiu controlar o ímpeto adversário e conquistou mais três pontos em casa. A chama segue acesa pelo acesso. 

O próximo desafio do Sampaio Corrêa será na sexta-feira, em Maceió, contra o CSA.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA