PORTO VELHO

Esporte

Vasco aposta em São Januário para voltar ao caminho das vitórias

Esporte

O Vasco da Gama quer voltar a vencer e contará com o apoio da torcida. Voltar aos trilhos é a ordem, em meio à oscilação e a uma sequência ruim de resultados, o time cruz-maltino enfrenta amanhã (13.08) o Tombense, às 11h,em São Januário, e quer explorar novamente o fator casa para retomar o caminho na Série B do Campeonato Brasileiro.

O clube da Colina atravessa um momento de transição para a SAF e voltar para a elite é uma espécie de dever de casa obrigatório. Ontem (11), Paulo Bracks, diretor esportivo escolhido pela 777 Partners, e o CEO Luiz Mello, estiveram reunidos com o elenco, e Bracks usou a palavra “obsessão” para se referir ao acesso.

Com apenas duas vitórias nos últimos nove jogos, o Vasco perdeu posições e já começa a ver a quinta colocação no retrovisor, o que aumenta a pressão sobre o grupo, e faz a partida desta manhã ganhar ainda mais peso, uma vez que o Tombense, com 33 pontos, tem seis a menos que o Cruz-maltino.

Considerando-se apenas as últimas 10 rodadas, a equipe da Colina, com 12 pontos, ocupa apenas a 12º colocação, segundo dados do do Departamento de Matemática da UFMG. Ao longo do torneio, porém, o Vasco ainda não perdeu em casa. Foram sete vitórias e cinco empates, com rendimento de 72,22%.

Leia Também:  Corinthians empata em 1 a 1 contra o São Paulo na Neo Química Arena

Na missão de logo mais, o técnico interino Emílio Faro contará com o retorno do meia Nenê, autor de quatro gols e seis assistências na Série B. Com o camisa 10 à disposição, há dúvidas sobre como o comandante vai escalar o time titular. Alex Teixeira, grande reforço da temporada, também é opção para o setor ofensivo.

“A tendência é que a gente vá assistir esse jogo muitas vezes. Ver o que podemos evoluir e as situações que temos pela frente contra o Tombense, que já tem outras características. Agora, temos de quebrar o retrovisor, enxergar a próxima partida, onde teremos casa cheia com a nossa torcida, e trazer a alegria para o nosso torcedor. A derrota passou. Temos de tirar lições para corrigir a nossa forma de jogar. Vamos observar o Tombense e criar estratégias para o jogo contra eles”, disse Faro, após a derrota para a Ponte Preta, na última terça-feira.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Sampaio Corrêa supera a Ponte Preta no Castelão e encosta no G4 da Série B

Publicados

em

O Sampaio Corrêa venceu a Ponte Preta no Castelão, por 2×1, na noite desta segunda-feira (03.10), e conquistou mais três pontos em casa na Série B. Com o resultado, a Bolívia colou no G4 e pode terminar a rodada a um ponto do grupo de acesso.

A vitória boliviana começou a ser construída no primeiro minuto de jogo, com gol do artilheiro Gabriel Poveda. O tricolor teve chances de aumentar o placar, mas não aproveitou.

Aos 17 da etapa final, os visitantes chegaram ao empate, mas Rafael Costa marcou por cobertura, aos 40 minutos, e garantiu a vitória do time do povo.

O JOGO

O Sampaio Corrêa não deixou nem a Ponte Preta respirar, e com um minuto já abriu o marcador. Lucas Hipólito cobrou o lateral e Poveda subiu mais do que a defesa para marcar.

Em desvantagem, o adversário tentou juntar forças e igualar o confronto, mas sem conseguir superar a defensiva Tricolor.

Fazendo um jogo de segurança, a Bolívia golpeava no momento certo, e Rafael Vila quase marca de cabeça, após cruzamento de Hipólito, o goleiro salvou.

Leia Também:  Rony treina integralmente na academia de futebol do Palmeiras

Em jogada rápida de contra-ataque, Rafael Vila avançou pelo meio e bateu no canto, mas o goleiro da Ponte foi buscar e mandou para escanteio. A Bolívia seguiu em vantagem para o vestiário.

Na etapa final, o adversário apresentou mais ocupação ofensiva, e conseguiu o empate aos 17 minutos.

O equilíbrio se fez presente em campo, com a Ponte Preta tentando espetar o Tricolor no contra-ataque, mas a defesa controlava os avanços.

Aos 40 minutos, em trama pelo lado direito, Nadson tocou pra Rafael Costa, que deu um toque sutil por cobertura, a bola bateu na trave e entrou. A torcida Tricolor explodiu no Castelão.

Restava pouco tempo, e os visitantes tentaram igualar novamente na base do desespero, mas a Bolívia conseguiu controlar o ímpeto adversário e conquistou mais três pontos em casa. A chama segue acesa pelo acesso. 

O próximo desafio do Sampaio Corrêa será na sexta-feira, em Maceió, contra o CSA.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA