PORTO VELHO

Brasil

Toneladas de lixo urbano são encontradas em praias do RN

Brasil

 

Toneladas de lixo urbano foram encontradas em praias do Rio Grande do Norte. Segundo o governo do estado, até o momento não se sabe a origem do lixo trazido pela maré. De acordo com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), há relatos de lixo encontrado nas praias ao sul do estado.

Diante da situação, o Idema divulgou uma nota informando já ter entrado em contato com os municípios afetados e com os estados vizinhos, Paraíba e Pernambuco, para verificar a ocorrência de algum incidente ambiental “que possa ter ocasionado o aparecimento de resíduos sólidos na Região Sul da Costa do Rio Grande do Norte, especialmente, nos municípios de Baía Formosa, Canguaretama, Tibau do Sul e Nísia Floresta”.

“Até o momento, o Instituto não dispõe de informações oficiais e busca contato com a Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos, e com a Superintendência do Ibama. O órgão ambiental recomenda que os municípios recolham o material o mais rápido possível, evitando que retornem aos oceanos e provoquem outros prejuízos enquanto tudo é esclarecido”, diz a nota.

Leia Também:  4 vagas para Rondônia: Nova chamada do Médicos Para o Brasil tem duas vagas para o DSEI Alto Purus, no Acre

Em comunicado dirigido às prefeituras do estado, o Idema solicitou a adoção de algumas ações. Entre elas, a interdição dos trechos das praias que ainda possuam resíduos sólidos; e a colocação de bandeiras vermelhas indicando que a praia está imprópria para banho, até a total limpeza das praias.

O Idema pede que a limpeza das praias seja feita “o mais rápido possível, para que esse material não volte para o mar, tampouco o material mais pesado fique submerso na areia”, e que os resíduos possam ser armazenados temporariamente em algum local reservado no município para auxiliar nas investigações da origem.

Os primeiros relatos sobre o lixo foram feitos na quarta-feira, dia 21, pelo grupo Tribo Bahia Ambiental que, de imediato, iniciou a limpeza, conforme diz nota divulgada pela prefeitura de Tibau do Sul no Instagram. Uma equipe da Secretaria de Serviços Urbanos já está no local com uma equipe de limpeza, caçamba e equipamentos para retirada do lixo. Pelo menos meia tonelada de lixo foram retirados da praia nas primeiras horas após seu surgimento.

Leia Também:  Receita e Anatel apreendem 16 mil desbloqueadores de TV por assinatura

A prefeitura informa que a Secretaria de Meio Ambiente, Urbanismo e Mobilidade Urbana deslocou uma bióloga para o local para gerar um relatório da situação, e encaminhar para análise podendo assim identificar a origem do lixo.

“Situações como essa são graves, afetam todo o bioma local, que é berço das tartarugas e lar de tantas outras espécies”, acrescenta a prefeitura.

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

PF deflagra operação contra importação ilegal de agrotóxicos

Publicados

em


A Polícia Federal deflagrou, hoje (4), a segunda fase da Operação Terra Envenenada, com o objetivo de combater o ingresso, transporte e comercialização de agrotóxicos ilegalmente importados do Paraguai e da China. O produto entrava no Brasil pelo norte de Mato Grosso.

A Justiça Federal expediu 15 mandados de busca e apreensão e dez mandados de prisão, que foram cumpridos nas cidades de Sinop, Sorriso, Feliz Natal, todas em Mato Grosso, além de São Paulo, Campo Grande (MS) e Terra Roxa (PR).

Em nota, a PF informou que a investigação originou-se da análise do material e depoimentos colhidos na primeira fase da operação, quando foi desmantelada organização criminosa e apreendida mais de uma tonelada de agroquímicos contrabandeados ou adulterados.

“Desde essa etapa inicial, a Polícia Federal intensificou as investigações e identificou grandes grupos de fornecedores regionais e nacionais, cujos líderes e integrantes foram presos nesta data. Foram apreendidos documentos e materiais de interesse para investigação, agrotóxicos, além de armas irregulares”, informou a PF.

De acordo a PF, os investigados responderão por comercialização e transporte de agroquímicos de uso proscrito, constituição de organização criminosa, lavagem de dinheiro “e outros crimes que vierem a ser descobertos”. As penas variam de dois a dez anos de reclusão.

Leia Também:  ACIDENTE - Semtran pede atenção dos condutores no cruzamento da Jorge Teixeira com Carlos Gomes

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA