PORTO VELHO

Porto Velho

HOMENAGEM – Cartilha exalta papel de mulheres negras no desenvolvimento de Porto Velho

Porto Velho

Personagens atuaram principalmente na área da educação

Município prepara material em homenagem ao legado das mulheres negrasNesta segunda-feira (25) se comemora o “Dia Municipal da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha” em Porto Velho, conforme a lei criada em 2021 e sancionada pelo prefeito Hildon Chaves. A data traz reconhecimento a essas mulheres diante de toda a contribuição dada ao desenvolvimento do município.

Excepcionalmente este ano, a programação especial ocorrerá em novembro, mês em que também é celebrado o Dia da Consciência Negra, quando haverá uma extensa programação para celebrar as duas datas.

Porém, em alusão ao dia 25 de julho, uma cartilha está sendo confeccionada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), enaltecendo o papel de várias mulheres negras que tanto contribuíram para com o desenvolvimento de Porto Velho, especialmente na saúde e na educação. A cartilha também será lançada em novembro.

As homenageadas são enquadradas nas categorias: saberes tradicionais, cultura, empreendedorismo, invisibilidade social, entre outras

Elsie Shockness, representante da causa junto à Semasf EDUCADORA

Entre essas personagens está Úrsula Depeiza Maloney, filha de imigrantes da ilha caribenha de Barbados. Úrsula nasceu no dia 16 de dezembro de 1936 em Porto Velho e teve sua trajetória marcada pela dedicação à educação.

Leia Também:  GINECOLOGIA OBSTETRÍCA - Residentes Médicos da Maternidade Municipal colam grau no dia 23 de fevereiro, em Porto Velho

Ela formou-se como professora em 1962, na Escola Carmela Dutra. Posteriormente cursou licenciatura curta em comunicação e expressão pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRG), licenciatura plena em letras pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e ainda fez pós-graduação em metodologia do ensino superior na Universidade Federal de Rondônia (Unir).

Durante 44 anos dedicados à educação, Úrsula fez diversos outros cursos, ajudou a formar centenas de professores na capital e no interior de Rondônia, ocupou diversos cargos em áreas administrativas e de gestão escolar, bem como teve papel importante no processo de transição do território para o estado de Rondônia.

“Seus conhecimentos e experiências foram transmitidos para muitas gerações em escolas públicas e particulares, com destaque para a história e geografia de Rondônia no ensino médio do então Colégio Dom Bosco, entre tantos outros”, explica Elsie Shockness, representante da causa junto à Semasf.

DATA NACIONAL

O Dia da Mulher Negra é celebrado no Brasil desde o início do século XXI, mas foi instituído oficialmente pelo governo brasileiro pela Lei nº 12.987/2014.

Leia Também:  #TERCEIRA IDADE: CRAS Irmã Dorothy realiza oficina "Aprendendo a Fazer Sabão"

Texto: Augusto Soares
Foto:

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

CAPACITAÇÃO – Motoristas e portariados da Semusa participam do curso de direção defensiva

Publicados

em

Atualização e conscientização para um trânsito mais seguro é um dos propósitos do curso

Eliana Pasini fala da importância do investimento em capacitação para os servidores

Nesta quinta-feira (24), mais de 100 motoristas e portariados da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) participaram do curso de capacitação em Direção Defensiva, no Campus II da Faculdade São Lucas. O treinamento contou com a participação da Divisão Gestora de Educação Permanente (DGEP) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO).

De acordo com o diretor da Divisão de Transportes (Ditran) da Semusa, Adaílson José, a capacitação tem como propósito atualizar e conscientizar motoristas e portariados sobre a importância de manter um trânsito mais seguro.

“A ideia da capacitação também é passar para os motoristas e portariados, por exemplo, que não tem como ganhar tempo correndo mais rápido no trânsito ou usar celular durante a condução, o que acaba distraindo e podendo até causar um acidente”, disse Adaílson José.

Ainda de acordo com o diretor do Ditran, além da conscientização sobre as irregularidades no trânsito, noções de uso e conservação dos veículos foram ensinados durante a capacitação.

Leia Também:  Assembleia aprova Decreto de estado de calamidade pública e projetos que ampliam direitos em decorrência do Coronavírus

“O veículo é um instrumento de trabalho que contribui para o bom funcionamento da gestão. Então, em breve, mais cursos serão ministrados com a intenção de melhorar mais ainda a execução dos serviços”, reforçou.

A secretária municipal de saúde, Eliana Pasini, e a adjunta, Marilene Penati, estiveram presentes durante a capacitação e ressaltaram o compromisso de investimento em capacitação para otimizar mais ainda os serviços prestados pela secretaria.

Texto: Carlos Sabino
Foto: Semusa

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA