PORTO VELHO

Mundo

Homem morre após jogar carro contra barricada no Capitólio, nos EUA

Mundo

Capitólio EUA
Reprodução/Flickr – 14.08.2022

Capitólio EUA

Um homem morreu ao lançar seu carro contra uma barricada colocada na área do Capitólio, em Washington, informou a polícia local neste domingo (14). O incidente ocorreu por volta das 4h (hora local) e o homem atirou contra si mesmo assim que os agentes tentaram se aproximar do veículo.

“O carro pegou fogo após a batida, enquanto o homem estava descendo”, diz ainda a nota, informando que ele deu vários disparos para o ar antes de se matar. Não houve troca de tiros e não há mais pessoas envolvidas no episódio.

“Nesse momento, não parece que o homem estava tentando atingir qualquer membro do Congresso, que está atualmente em recesso, e não há informações de que os agentes usaram suas armas”, diz ainda a nota.

Essa é a segunda vez em pouco mais de um ano que um homem bate nas barricadas próximas ao Capitólio, que teve a segurança reforçada desde a invasão de 6 de janeiro de 2021. Em abril do ano passado, Noah Green, 25 anos, também bateu no local e saiu agredindo com uma faca agentes no local, matando um deles. Green foi morto pela polícia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

Diretor da usina nuclear de Zaporizhzhia é detido por militares russos

Publicados

em

Vista da central nuclear de Zaporizhzhia
Foto: ANSA

Vista da central nuclear de Zaporizhzhia

A Rússia está sendo acusada pelo governo da Ucrânia de sequestrar chefe da principal usina nuclear europeia no país. O engenheiro Ihor Murashov foi preso a caminho da instalação nuclear de Zaporizhzhia por tropas russas na sexta-feira (30) e desde então não foram ouvidas mais informações sobre ele. 

No momento, o território ao redor da Usina Nuclear de Zaporizhzhia em Enerhodar está ocupado por tropas militares russas que conquistaram partes do sudeste da Ucrânia. A agência nuclear da ONU disse à veículos de imprensa internacionais, que o Kremilin informou que Murashov foi ‘detido para interrogatório’.

As tropas russas detiveram o diretor-geral da usina nuclear de Zaporizhzhia , na Ucrânia.  Ihor Murashov foi preso a caminho da instalação nuclear, a maior da Europa, para a cidade de Enerhodar às 16h (13h GMT) na sexta-feira, disse Petro Kotin, chefe da empresa estatal Energoatom , em comunicado no sábado.

“Ele foi retirado do carro e, com os olhos vendados, foi conduzido em uma direção desconhecida. Sua detenção pela [Rússia] coloca em risco a segurança da Ucrânia e da maior usina nuclear da Europa”, disse Kotin à Reuters. 

Leia Também:  Coronavírus não chegou apenas a cerca de 40 países ou territórios no mundo; veja porquê

O diretoor afirmou ainda que não se ouviu ‘nenhuma palavra’ sobre o destino de Murashov. O governo russo não fez nenhum comentário público sobre a prisão. Kotin disse prourou o chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi, para tomar “todas as ações imediatas possíveis para libertar urgentemente” Murashov.

A usina de Zaporizhzhia é ponto estratégico da invasão russa da Ucrânia e no momento Moscou e Kyiv acusam um ao outro de bombardear a instalação aumentando seriamente os riscos ocorrer algum desastre nuclear.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA