PORTO VELHO

Saúde

 Pandemia da Covid-19 aumenta fatores de risco para diabetes em crianças e adolescentes, aponta estudo americano

Saúde

 

 

Sedentarismo e má alimentação são os principais responsável pelo desenvolvimento da doença

 

Estudo1 conduzido pelo Centro de Pesquisa Biomédica Pennington, em Baton Rouge, no estado de Louisiana, avaliou a relação da pandemia com os fatores de risco para diabetes tipo 2 em crianças e adolescentes. A pesquisa, publicada pela revista científica Diabetes, considerou o isolamento social como uma limitação para a prática de atividades físicas e como estimulante para comportamentos sedentários, que desencadearam distúrbios do sono e aumentaram o consumo de alimentos processados.
Os pesquisadores realizaram uma revisão retrospectiva de prontuários de admissões por diabetes tipo 2 de março a dezembro de 2019 e no mesmo período de 2020 em um hospital infantil de atendimento terciário. O estudo demonstrou que a incidência de hospitalização por diabetes tipo 2 foi maior em 2020 durante a pandemia de Covid-19 em comparação com os respectivos meses no ano anterior. Em 2019, a taxa de hospitalização por diabetes tipo 2 foi de 0,27% (8 casos de 2.964 hospitalizações) em comparação com 0,62% (17 de 2.729) em 2020.
De acordo com Mauro Scharf, endocrinologista especializado em diabetes, a obesidade infantil é uma das principais causas do desenvolvimento de diabetes. “Além da dieta não balanceada e do sedentarismo, a demora para procurar ajuda médica quando os sintomas aparecem contribuem para que a doença se agrave”, explica.
Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, as atividades ao ar livre foram retomadas e as crianças e adolescentes podem voltar a praticar esportes. Mesmo em casa é possível fazer alguns exercícios. Ter uma alimentação equilibrada, com bastante fruta, verduras e legumes, também ajudam a reduzir os riscos de desenvolver diabetes ou a controlar a doença. “Além de adotar um estilo de vida saudável, é fundamental procurar um médico quando os sintomas indicarem diabetes, como sede e urina frequentes. O acompanhamento de um especialista é muito importante para definir o melhor tratamento para manter o índice glicêmico dentro do ideal”, conclui Mauro.
Referência:

Leia Também:  Veja como foi o sábado de campanha presidencial de Bolsonaro e Lula

1Initial Presentation of Children with Type 2 Diabetes during the COVID-19 PandemicDaniel S. Hsia;Maria Lim; Robbie A. Beyl; Hira A. Hasan; James Gardner.

 

Sobre a Biomm

A Biomm tem a missão de desenvolver, produzir e comercializar biomedicamentos de competitividade global, com qualidade e acessibilidade. O foco da companhia está no desenvolvimento de medicamentos biológicos, acessíveis para tratamento de doenças crônicas no país. Com inovação em seu DNA, a companhia é pioneira no setor de medicamentos biotecnológicos no Brasil. Tem sede e fábrica em Nova Lima (MG). É listada na bolsa de valores (B3:BIOM3).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Edição 1028 – Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia

Publicados

em

Os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa, Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação – Setic e Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, divulga balanço de dados referentes aos casos da covid-19 no Estado.

Nesta Quinta-Feira (26) fora consolidados os seguintes dados para a covid-19:

Casos confirmados – 479.573

Curados – 465.057 (96,97%)

Ativos – 7.091 (1,48%)

Óbitos –7.425 (1,55%)

Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 38

Pacientes internados na Rede Privada – 00

Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 00

Pacientes internados na Rede Filantrópica – 00

Total de pacientes internados – 38

Pacientes em processo de regulação para leitos – 0

Testes Realizados – 1.417.349 (dados do dia 26/01/2023)

Aguardando resultados do Lacen – 48

População vacinada (dados de 26/01/2023)

Última atualização do painel em 25/01/2023 às 23:24:44, com dados contidos na Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).

População geral (Adulto e Infantil)                                       

1ª dose – 1.326.001 (78,88%)

2ª dose + DU – 1.164.208 (69,26%)

3ª dose (reforço) – 503.253 (29,94%)

4ª dose (2ª dose reforço) – 161.824 (9,63%)

Dose adicional – 48.270 (2,87%)

População Infantil                                         

1ª dose – 76.114 (39,99%)

2ª dose + DU – 41.341 (21,72%)

Dose de reforço – 205 (0,11%)

2ª dose de reforço – 59 (0,03%)

Dose adicional – 25 (0,01%)

Total de doses aplicadas: 117.744 (este total já está incluso no total geral)

Total geral de doses aplicadas: 3.203.556

– População adulta vacinável: 1.680.947

– População infantil vacinável: 190.328

Fonte: PNAD/IBGE.

*CoronaVac – 721.448
* AstraZeneca – 967.150
* Pfizer adulto – 1.808.820
* Pfizer pediátrica – 236.900
* Janssen – 74.500

Fonte: Painel de Vacinas

Leia Também:  Governo Federal: Saúde negocia compra de vacinas da varíola dos macacos, diz secretário

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (26 de janeiro de 2023), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA 26/01/2023
Município Casos Óbitos
Porto Velho 127.117 2.744
Ji-Paraná 36.742 668
Ariquemes 36.610 564
Cacoal 31.504 356
Vilhena 25.301 330
Rolim de Moura 14.233 213
Jaru 13.887 209
Buritis 13.706 105
Pimenta Bueno 13.474 131
Machadinho D’Oeste 12.737 133
Alta Floresta D’Oeste 9.162 84
Ouro Preto do Oeste 9.291 176
Espigão D’Oeste 7.941 92
Nova Mamoré 7.370 98
Presidente Médici 6.895 101
Guajará-Mirim 7.046 244
Cerejeiras 6.566 74
Candeias do Jamari 6.240 86
São Francisco do Guaporé 6.015 61
Nova Brasilândia D’Oeste 5.157 40
Cujubim 5.010 45
Colorado do Oeste 4.815 56
Monte Negro 4.648 40
São Miguel do Guaporé 4.557 64
Costa Marques 4.658 46
Alto Paraíso 4.583 65
Alvorada D’Oeste 4.596 45
Seringueiras 3.627 25
Campo Novo de Rondônia 3.790 29
Chupinguaia 3.077 29
Urupá 3.200 41
Vale do Anari 2.894 26
Itapuã do Oeste 2.504 20
Santa Luzia D’Oeste 2.576 28
Alto Alegre dos Parecis 2.407 51
Cacaulândia 2.382 17
Mirante da Serra 2.185 18
Corumbiara 2.333 25
Vale do Paraíso 2.006 29
Cabixi 1.915 23
Rio Crespo 1.845 14
São Felipe D’Oeste 1.745 19
Theobroma 1.570 28
Nova União 1.564 17
Governador Jorge Teixeira 1.375 22
Novo Horizonte do Oeste 1.416 24
Ministro Andreazza 1.342 16
Teixeirópolis 1.152 9
Parecis 879 10
Pimenteiras do Oeste 831 17
Primavera de Rondônia 585 7
Castanheiras 512 11
Total geral 479.573 7.425

Fonte: Vigilâncias Epidemiológicas dos municípios de Rondônia.

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para a covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICIPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 112 3
Ji-Paraná -1
Ariquemes 5
Cacoal 7
Vilhena 1
Rolim de Moura 3
Jaru 1
Buritis 8
Pimenta Bueno 6
Machadinho D’Oeste 6
Alta Floresta D’Oeste
Ouro Preto do Oeste 4
Espigão D’Oeste 4
Nova Mamoré
Presidente Médici 15
Guajará-Mirim
Cerejeiras
Candeias do Jamari 1
São Francisco do Guaporé 1
Nova Brasilândia D’Oeste 4
Cujubim 2
Colorado do Oeste 2
Monte Negro -14
São Miguel do Guaporé
Costa Marques
Alto Paraíso
Alvorada D’Oeste 7
Seringueiras
Campo Novo de Rondônia
Chupinguaia 1 1
Urupá 8
Vale do Anari
Itapuã do Oeste 2
Santa Luzia D’Oeste
Alto Alegre dos Parecis
Caculândia 2
Mirante da Serra
Corumbiara
Vale do Paraíso 1
Cabixi
Rio Crespo 1
São Felipe D’Oeste
Theobroma
Nova União
Governador Jorge Teixeira
Novo Horizonte do Oeste
Ministro Andreazza
Teixeirópolis
Parecis
Pimenteiras do Oeste
Primavera de Rondônia
Castanheiras
Total geral 188 5
Leia Também:  SP define medidas para prevenção e controle da varíola dos macacos

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Informamos que nas últimas 24 horas foram registrados 05 (dois) óbitos por covid-19 no Estado de Rondônia, sendo 3 (três) em Porto Velho, 1 (um) em Chupinguaia e 1 (um) em Rio Crespo;
  • Com a diminuição do número de casos de covid-19 em todos os municípios do Estado de Rondônia, as equipes das vigilâncias epidemiológicas municipais estão sendo desmobilizadas gradativamente nos finais de semana, acarretando a diminuição do número de casos lançados ou mesmo a falta de lançamento de dados, em feriados e finais de semana, no sistema e-SUS VE, que é o sistema oficial do Ministério da Saúde utilizado pelo CIEVS/RO, para divulgação dos dados diários.
  • Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – Cievs/Agevisa, que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.

Para mais informações acerca da vacinação por grupos acesse:
https://infoms.saude.gov.br/extensions/DEMAS_C19_Vacina_v2/DEMAS_C19_Vacina_v2.htm

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA