PORTO VELHO

Polícia

Polícia Civil de Rondônia alerta sobre golpes que acontecem durante o final do ano e como evitá-los

Polícia

Comércio passa a ser bastante movimentado, por conta do pagamento de 13° salário e dos festejos de fim de ano

Com a aproximação do final do ano, o comércio passa a ser mais movimentado por conta das festividades, onde as pessoas circulam para fazer compras, viajar, além de trocar o veículo antigo por um novo. Com o dinheiro circulando pelo comércio, atrai a atenção de golpes aplicados por estelionatários, que veem a oportunidade de aplicar o crime contra a sociedade. A Polícia Civil de Rondônia, por meio do Núcleo de Combate à Defraudações, faz um alerta para que a população não seja vítima de golpes e levem prejuízos financeiros neste final de ano.

O delegado titular do Núcleo, Swami Otto, faz um relato sobre as práticas mais comuns de golpes que ocorrem nesta época. “É um período em que o comércio se encontra aquecido, com o 13º salário na conta, festas natalinas e a Black Friday, de final de ano. Tudo isso é questão do mercado e justamente nesta época, os crimes de golpes financeiros aumentam, especificamente por telefone e até mesmo, em plataformas digitais”, declarou Swami Otto.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, pontua que a Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio de seus departamentos, “tem atuado firme, para garantir a segurança neste final de ano, trabalhando nas investigações e reforçando as ações para que a população rondoniense não tenha prejuízos”, disse.

Leia Também:  General do Exército é um dos alvos de busca em inquérito que apura ataques ao STF

GOLPE DO INTERMEDIADOR

Delegado Swami Otto explica sobre as práticas de golpes

Este golpe é praticado por pessoas que utilizam plataformas de vendas, página de vendas em redes sociais, onde um anúncio verdadeiro é clonado, com um preço mais atrativo e a partir de então, com a publicação, os interessados começam a aparecer e o golpista, passa a ser o intermediador da negociação.

Para o verdadeiro vendedor, o golpista diz que está interessado em comprar, e ao verdadeiro comprador, está interessado em vender. “O golpista então se coloca no meio, de forma que até se encontram, mas sem conversar com outros que existe essa pessoa em comum e faz com que seja levado dinheiro até a conta indicada pelo mesmo”.

O titular do Núcleo de Combate à Defraudações explica que, “quando as pessoas percebem, o dinheiro já sumiu há muito tempo. Isso é muito comum, pois às vezes a pessoa juntou dinheiro durante o ano inteiro, com o 13º para comprar ou trocar de carro, e no final de tudo, acaba tendo prejuízo por cair no golpes. É preciso tomar muito cuidado com esse tipo de compra”.

População também deve ficar atenta para golpes nas redes sociais, alerta Polícia Civil

DICAS
Swami Otto faz um alerta à população, para que não caia em nenhum tipo de transação feita pela internet. “A orientação é nunca fazer compras em sites não confiáveis, nunca fornecer dados do cartão de crédito para terceiros, e não fazer transferências para contas de pessoas que sejam estranhas à negociação, sempre para quem esteja negociando diretamente, para não haver riscos”.

Leia Também:  Edição 798 - Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia

As redes sociais também viraram canais para a prática de golpes. Swami Otto também chama a atenção para as invasões de contas dos usuários, especificamente no Instagram, onde os golpes praticados pelos criminosos viraram mais rotineiros.

“Hoje são vários usuários que já tiveram seus perfis invadidos, e começam a ser publicados anúncios de vendas de produtos para ajudar alguém, além das tabelas do Pix, com a promessa de que se for mandado um valor pequeno, receberá o dobro ou até mais. Qualquer oferta fácil anunciada pela internet, pode ser considerada golpe”, salientou a autoridade policial.

SEGURANÇA
O titular da Núcleo de Combate à Defraudações, também dá dica de segurança para garantir a proteção dos perfis em redes sociais. “É importante sempre habilitar um código de segurança, com gerenciadores de senhas, e também, nunca deixar como forma de recuperação de senha, o número de telefone, principalmente se for comercial”.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Lula exonera chefe da PRF em RO e mais 25 Estados de uma vez

Publicados

em

O ministro da Justiça do governo Lula, Flávio Dino, acabou exonerado 26 dos 27 superintendentes regionais da Polícia Rodoviária Federal no (PRF) nos estados e no Distrito Federal. Em Rondônia, foi exonerado o inspetor Rommel Pessoa Dantas.

As medidas foram publicadas nesta quinta-feira (19) no Diário Oficial da União (DOU) e são assinadas pelo ministro da Casa Civil, Rui Costa. Os nomes dos novos substitutos ainda não foram divulgados.

As mudanças nas superintendências regionais já eram esperadas. Desde as eleições de 2022, a PRF sofria críticas pela atuação nas estradas. O superintendente da PRF no Piauí foi o único que não foi exonerado do respectivo cargo.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ELEIÇÕES2018: Veja quem pode e quem não pode votar nas Eleições de 2018; tire todas as suas dúvidas
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA