PORTO VELHO

Polícia

Covid-19: fiscalização interrompe festa com 620 pessoas em São Paulo

Polícia

 

Mais uma festa clandestina foi interrompida na capital paulista na madrugada deste domingo (4). Desta vez, 620 pessoas estavam aglomeradas na Vila Jaguara, zona oeste paulistana. A festa ocorria no subsolo do endereço, sem ventilação e sem saída de emergência. O estabelecimento foi autuado.

De acordo com o Comitê de Blitze do Estado de São Paulo, 308 pessoas estavam sem máscara de proteção. A ocorrência viola as medidas sanitárias em razão da pandemia de covid-19.

A Guarda Civil Metropolitana e a Coordenadoria da Vigilância Sanitária (Covisa) fazem parte do comitê pela prefeitura. Pelo governo estadual, atuam os profissionais da Vigilância Sanitária, da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor São Paulo (Procon-SP) e das polícias civil e militar.

Na noite de sábado (3), o comitê também inspecionou 14 estabelecimentos em Paraisópolis, Vila Madalena, Barra Funda, Paraíso e Vila Jaguara. Os locais receberam orientação para funcionamento conforme as regras sanitárias.

Além da festa clandestina no Jaguara, dois estabelecimentos foram autuados por aglomeração e descumprimento do horário de funcionamento nos bairros Paraíso e Vila Madalena.

Leia Também:  A ponta do novelo...Rondônia – PF diz que petista recebeu R$ 8,7 milhões entre 2008 e 2014 para atuar a favor de projetos das Usinas do Madeira

Na tarde de sábado (3), o comitê esteve em Paraisópolis em operação de busca e apreensão em espaço conhecido por fazer festas clandestinas na região. No momento da ação, no entanto, o local estava fechado.

Em Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira, o Projeto Inverno tem intensificado as fiscalizações na temporada. As equipes da força-tarefa, que envolve também a Vigilância Sanitária do município e de Taubaté, inspecionou e orientou 100 estabelecimentos. Dezoito foram autuados por aglomeração e descumprimento do horário de funcionamento.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Federal deflagra em São Paulo operação Irmãos Metralha

Publicados

em


A Polícia Federal deflagrou hoje (19), em São Paulo, a Operação Irmãos Metralha. O objetivo é o combate ao tráfico internacional de entorpecentes.

Ela é uma continuação da Operação Área Restrita II, realizada em maio deste ano. Na época, foram cumpridos 90 mandados judiciais, dentre eles 34 de prisão cautelar.

A ação de hoje é decorrência da análise das provas obtidas na Operação Área Restrita II, que culminou com o cumprimento de 11 novas buscas e 11 novas prisões temporárias, medidas cautelares autorizadas em razão do envio de cerca de 100 quilos de cocaína para Alemanha e Holanda num espaço de tempo de menos de 50 dias, entre fevereiro e abril de 2021.

O nome da operação faz referência a dois irmãos que serviram como motoristas do grupo, simulando serem motoristas de aplicativo. Os investigados, dentre eles os irmãos, responderão pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação ao tráfico internacional de drogas. Os nomes dos envolvidos ainda não foram divulgados.

Leia Também:  PF faz operação contra corrupção de funcionários da Petrobras

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA