PORTO VELHO

Polícia

Operação contra tráfico de drogas recupera mais de R$ 500 mil

Polícia


A Polícia Civil de Pernambuco, com o auxílio das Polícias Civis do Acre, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul e do Rio Grande do Norte, cumpriu hoje (22) 21 mandados de prisão, 26 de busca e apreensão, além sequestro de imóveis e veículos. A ação ocorreu no âmbito da Operação Suborno, criada para combater crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Foram recuperados, até o momento, mais de R$ 500 mil, além de 4,7 mil dólares. Também foram apreendidos dez veículos, relógios de luxo, joias e armas. A investigação teve início em julho de 2020. Ao todo, 130 policiais civis atuaram na operação.

A Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, atuou na integração das Polícias Civis dos cinco estados e deu suporte logístico ao trabalho. “O trabalho conjunto é primordial para prevenir e desarticular grupos criminosos. O apoio da Seopi estreitou as divisas estaduais, para que a repressão alcance patamares ainda maiores”, disse o secretário de Operações Integradas do ministério, Alfredo Carrijo.

Leia Também:  Polícia Federal combate tráfico de armas no Rio e em São Paulo

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Federal deflagra em São Paulo operação Irmãos Metralha

Publicados

em


A Polícia Federal deflagrou hoje (19), em São Paulo, a Operação Irmãos Metralha. O objetivo é o combate ao tráfico internacional de entorpecentes.

Ela é uma continuação da Operação Área Restrita II, realizada em maio deste ano. Na época, foram cumpridos 90 mandados judiciais, dentre eles 34 de prisão cautelar.

A ação de hoje é decorrência da análise das provas obtidas na Operação Área Restrita II, que culminou com o cumprimento de 11 novas buscas e 11 novas prisões temporárias, medidas cautelares autorizadas em razão do envio de cerca de 100 quilos de cocaína para Alemanha e Holanda num espaço de tempo de menos de 50 dias, entre fevereiro e abril de 2021.

O nome da operação faz referência a dois irmãos que serviram como motoristas do grupo, simulando serem motoristas de aplicativo. Os investigados, dentre eles os irmãos, responderão pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação ao tráfico internacional de drogas. Os nomes dos envolvidos ainda não foram divulgados.

Leia Também:  Desrespeitar o isolamento na pandemia do coronavírus é crime e pode render prisão

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA