PORTO VELHO

Polícia

Operação Jurumirim investiga sonegação fiscal em São Paulo

Polícia


A Polícia Federal em São Paulo cumpriu, na tarde dessa terça-feira (23), oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão, expedidos pela 1ª Vara Federal em Avaré, na segunda fase da Operação Jurumirim, deflagrada em 27 de agosto deste ano.

Segundo a investigação, empresas de fachada foram usadas para sonegar impostos e ocultar movimentações financeiras ilícitas, originadas principalmente do contrabando de cigarros. O valor da sonegação gira em torno de R$ 25 milhões.

Os envolvidos podem ser responsabilizados pelos crimes de associação criminosa, sonegação fiscal, falsidade ideológica, uso de documento falso e lavagem, na modalidade ocultação.

Para essa operação, 45 policiais federais cumpriram as ordens judiciais nas cidades de Avaré, Itaí, Botucatu, Sorocaba e Guarulhos. A ação teve apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Federal.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  #PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em Rondônia e mais seis estados
Propaganda

Polícia

Grupo com atuação no tráfico internacional de cocaína é alvo da PF

Publicados

em

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (2) a Operação Manifest, para combater uma organização criminosa com atuação no tráfico internacional de cocaína através da rota Bolívia-Paraguai-Brasil, com uso de aviões.

Segundo a PF, a organização é formada por empresários do setor de aviação agrícola, advogados, pilotos e indivíduos ligados a uma facção criminosa de atuação nacional.

“As investigações iniciaram em dezembro de 2020 a partir de um acidente aéreo ocorrido no município gaúcho de Muitos Capões. Na oportunidade, o avião utilizado para transportar a droga sofreu avarias no momento do pouso e permaneceu escondido, em meio à plantação, por cerca de uma semana”, diz a PF.

Cerca de 150 policiais federais cumprem, desde o início da manhã de hoje, 15 mandados de prisão preventiva e 30 de busca e apreensão. Também estão sendo executadas ordens judiciais para bloqueio de imóveis e contas bancárias, sequestro e apreensão de dez aeronaves e outros veículos, além de bens que estiverem em poder do grupo.

As ações ocorrer nos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Roraima e no Distrito Federal.

Leia Também:  Operação Gênese prende seis suspeitos no Piauí e Maranhão

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA