PORTO VELHO

Política

Câmara analisa proposta que regulamenta eleição indireta de presidente e vice

Política

 

 

Proposta apresentada pelo deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) prevê que, nos casos em que o cargo de presidente ou vice estiver vago nos últimos dois anos do período presidencial, o Congresso Nacional terá um prazo de até 30 dias para realizar novas eleições.

 

O Projeto de Lei 6781/2016 relaciona as normas para a realização de eleições indiretas e estabelece condições de elegibilidade e das causas de inelegibilidade. Atualmente, a Constituição Federal é omissa quanto as regras normativas para a realização das eleições indiretas.

 

Para o deputado Marcos Rogério, autor da proposta, a realização de eleição indireta pelo Congresso Nacional, no curto prazo de apenas trinta dias representa um desafio para as lideranças políticas do País. “Além da comoção natural dos momentos de perda, haverá́ uma tensão extraordinária, em decorrência da vacância das normas para escolha dos novos líderes da Nação. O presente projeto de lei visa, dessa forma, preencher essa lacuna normativa”, enfatizou.

 

Pela proposta, governadores, deputados e senadores poderiam participar da eleição indireta como candidatos sem precisar renunciar a seus cargos, como se exige numa eleição direta normal, sendo vedada apenas a reeleição.

Leia Também:  Edson Martins recebe vereador de Teixeirópolis

 

Marcos Rogério explica que a flexibilização é uma medida que garante a superação da vacância da presidência, sem interromper o exercício de suas responsabilidades institucionais. “Essa flexibilidade visa ampliar as possibilidades de construção de uma saída política para a emergência institucional que ocorre durante a vacância definitiva o cargo”, ressaltou.

 

A proposta se encontra em plenário, pronta para a pauta, apensada ao PL 1292/1999, do deputado Nicias Ribeiro (PSDB-PA).

 

 

Ludmila Lucas T. Noronha

Assessoria de imprensa do dep. Marcos Rogério (DEM-RO)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Está na conta da prefeitura de Cacaulândia R$ 300 mil para compra de tubos e patrolamento de estradas

Publicados

em


Já está na conta da prefeitura de Cacualândia o valor de R$ 300 mil, em duas emendas do presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), para a melhoria nas estradas vicinais e a troca de pontes de madeira por tubos corrugados.

Os R$ 300 mil em emendas, atendendo ao pedido dos vereadores Samira Pieper (PP) e João Ueverton, o popular Mongol (MDB), serão divididos em R$ 200 mil para a compra de tubos corrugados, para a troca de pontes e pontilhões de madeira na zona rural, e mais R$ 100 mil para o patrolamento das estradas vicinais do município, permitindo a locomoção e transporte da produção da zona rural.

“Os vereadores nos apresentaram os pedidos e de pronto atendemos, pois é o nosso compromisso apoiar os municípios, levando benefícios para a população, seja através de emendas ou de ações em parceria com o Governo”, afirmou Redano.

Os recursos foram liberados através do Departamento de Estradas de Rodagens (DER). Redano reforçou que o seu gabinete está à disposição do prefeito Danielzinho (DEM), e dos demais vereadores, para mais ações em favor da população de Cacaulândia.

Leia Também:  13 municípios e quase mil famílias da agricultura familiar serão atendidos com indicação parlamentar do deputado Jair Montes

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA