PORTO VELHO

Política

Cirone Deiró destina recursos para manutenção da enfermaria oncológica do Hospital São Daniel Comboni

Política


O deputado Cirone Deiró (PODE) apresentou reivindicação para que o Governo do Estado renove o convênio com o Hospital São Daniel Comboni para continuar o atendimento de pacientes em tratamento contra o câncer. A reivindicação foi apresentada ao Secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, depois que o deputado Cirone foi informado pelos representantes da Associação Assistencial à Saúde São Daniel Comboni – ASSDACO, da existência de portaria do Ministério da Saúde que determinava a transferência do atendimento da enfermaria oncológica para o Heuro. A medida causou grande apreensão entre os pacientes que conhecem as dificuldades enfrentadas pelos pacientes do Heuro, em razão da superlotação devido à grande demanda de pacientes.

Em razão da existência da referida portaria, a Secretaria de Saúde do Estado – Sesau não tinha renovado o convênio com Hospital São Daniel Comboni. A possibilidade de suspensão no atendimento dos pacientes na enfermaria oncológica do São Daniel Comboni mobilizou os segmentos organizados da sociedade local que se uniram aos voluntários que atuam na ASSDACO para pedir que o deputado Cirone Deiró fizesse a interlocução junto ao governo para resolver o impasse e renovar o convênio.

Leia Também:  Emenda de Cleiton Roque facilitará obtenção de RG em Pimenta Bueno

Idealizado pelo padre Franco Vialetto e construído com a ajuda de voluntários o complexo hospitalar São Daniel Comboni foi inaugurado em 2011 para ser um centro especializado no tratamento de câncer. A unidade é dividida em 10 pavilhões, incluindo casa de apoio para hospedar até 120 pessoas. Atualmente, são atendidos pacientes de Rondônia e Mato Grosso que buscam tratamento oncológico no São Daniel Comboni. Além da assistência médica, os pacientes e acompanhantes são atendidos na Casa de Apoio que é mantida pelos voluntários que também atuam no Hospital São Daniel Comboni.

De acordo com o deputado Cirone Deiró, desde o momento em que recebeu a reivindicação, o titular da Secretaria de Estado da Saúde, Fernando Máximo se mostrou sensível aos relatos apresentados dos voluntários e representantes do Hospital São Daniel Comboni. “Depois, do trabalho intenso com a equipe da Sesau e o apoio do secretário Fernando Máximo conseguimos prorrogar o convênio entre o governo e a ASSDACO. Vamos continuar trabalhando em busca do fortalecimento dos serviços prestados para Hospital São Daniel Comboni aos pacientes oncológicos dos municípios rondonienses e até mesmo de outros estados,” afirmou.

Leia Também:  Maurão de Carvalho libera recursos para recuperação asfáltica em 17 municípios

Cirone também confirmou a destinação de emenda parlamentar de sua autoria no valor de R$ 400 mil reais, mais R$ 100 mil do ex-deputado Edson Martins e outros R$ 100 mil do deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano. Cirone explicou que a falta de previsão orçamentária da Secretaria de Estado da Saúde para manter os serviços da enfermaria oncológica exigiu um trabalho extra para assegurar os recursos destinados a custear as despesas com o atendimento aos pacientes. “Agradeço o apoio e parceria dos colegas deputados que me ajudaram a completar o valor de R$ 600 mil, necessários para manter os serviços da enfermaria oncológica aos pacientes do Hospital São Daniel Comboni,” finalizou.

Texto: Edna Okabayashi-ALE/RO

Foto: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Presidente Alex Redano volta a destacar a importância do diálogo, durante entrevista a emissora de TV

Publicados

em


O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), concedeu entrevista nesta quinta-feira (02) na TV Allamanda, no programa SBT Rondônia, comandado pelo jornalista Beni Domingues Junior, onde falou sobre diversos assuntos, ressaltando o bom diálogo com os demais poderes e instituições na construção de uma relação harmoniosa.

Ele abriu a entrevista falando sobre os desafios desse ano, com a pandemia do coronavírus e sobre as ações do Parlamento, em meio à crise sanitária e de saúde. “De fato, foi um ano atípico e complexo, alguns projetos acabaram ficando apenas na ideia, como a de levar a Assembleia Itinerante para os municípios e para os bairros, mas voltamos às atividades normais, com sessões, audiências públicas e sessões solenes, seguindo os cuidados necessários”, disse.

Para o presidente, “em Rondônia, há uma harmonia entre os poderes e instituições, cada um com seu papel, com a sua autonomia, mas estamos sempre buscando dialogar e somar forças em prol de Rondônia e da nossa população. É nisso que acredito e tenho trabalhado com essa motivação”.

Indagado sobre a agenda de trabalho, Alex Redano enfatizou que “enfrentamos algumas batalhas, como a área ambiental, o zoneamento, que foi enviado para a Casa e aprovado. Avançamos e precisamos avançar. Dependemos muito do setor produtivo e é preciso criar as melhores condições para o produtor rural. Eu creio que terá um desfecho bom (o Zoneamento), mesmo com os embates que temos ainda”.

Leia Também:  Fundação de Cultura, Esporte e Turismo de Ariquemes vai receber recurso para compra de veículo

Ele avaliou ainda que “nós tivemos avanços, em infraestrutura, com o programa Tchau Poeira, que vai fazer uma grande revolução nos municípios, a exemplo de Ariquemes, que já teve a avenida JK recapeada, está sendo feito na avenida Canaã e o Polo Moveleiro será todo asfaltado. Esse é um programa muito importante e que mostra a sólida parceria do Governo com o Legislativo, para levar esse benefício para os municípios e quem ganha com isso é a população”.

Indagado se a Assembleia tem olhado também para o pequeno produtor, Redano disse que “todos os deputados estão sempre dando atenção a esse setor, como a destinação de emendas para a compra de implementos, a melhoria nas estradas, a contratação de horas/máquinas, e é importante para a nossa economia”.

Outro tema tratado na entrevista foi a ampliação das discussões sobre a aproximação de Rondônia com a Bolívia, em especial com o Departamento do Beni. “Estive recentemente na Bolívia, nas tratativas de uma aproximação cada vez maior com o país vizinho. O alfandegamento em Costa Marques é um desafio e estamos muito confiantes de que se tornará realidade. A Bolívia tem sal, tem uréia e querem comprar praticamente de tudo em Rondônia. Esse comércio precisa ser intensificado e as tratativas estão avançadas e creio que teremos boas notícias no próximo ano”, completou.

Leia Também:  Tá na conta da prefeitura de Rio Crespo R$ 150 mil para a compra de tubos corrugados

Redano assumiu a presidência do Colegiado de Presidentes de Assembleias Legislativas. Ele falou sobre a importância desse cargo. “Foi uma grande surpresa para mim, ter sido o escolhido. Estaremos debatendo pautas de Rondônia com os demais parlamentares, sempre buscando trazer benefícios e inovações para o Estado. É uma missão importante, porém complexa e estou bem animado de que faremos um trabalho positivo”.

Ele aproveitou para avaliar que “muita gente fala em Amazônia e em meio ambiente, mas não conhece a nossa realidade, a nossa força produtiva e que preservamos muito do nosso território. Não aceito a interferência de ONG’s e nem de outras nações na nossa política de desenvolvimento. Esse discurso de que estamos desmatando tudo, queimando tudo, não é verdade. Essa é uma pauta que sempre levaremos para o Colegiado de presidentes de Assembleia Legislativa”.

Ao finalizar, Alex Redano disse que “deixo o meu abraço a todos, agradeço a forma como as pessoas me recebem, desde já desejo um feliz ano novo, com muita saúde e que essa pandemia seja de fato superada. Que Deus nos abençoe e nos guarde!”

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA