PORTO VELHO

Política

Deputado Alan Queiroz participa de solenidade de liberação do barco hospital que começa a atender população ribeirinha da capital

Política


A cerimônia de liberação da embarcação aconteceu na manhã desta quarta-feira 09/06, no porto do Caí N’Água, e contou com a presença do Prefeito Hildon Chaves (PSDB), do vice-Prefeito Mauricio Carvalho (PSDB), da Dep. Federal Mariana Carvalho (PSDB), do Dep. Estadual Alan Queiroz (PSDB) e de seu irmão vereador Dr. Junior Queiroz (PL), além da presença da secretária de saúde Eliana Pasini.

Essa será a primeira viagem do Barco Saúde após a reforma, que foi realizada com recursos próprios da Prefeitura e complementação de emendas parlamentares. A embarcação é uma unidade de saúde básica fluvial que estará nessa viagem em São Carlos, Nazaré e Calama, e tem como meta, a imunização de mais de sete mil ribeirinhos, já que a nova nota técnica do PNI (Plano Nacional de Imunização) orienta a imunização de todos os ribeirinhos acima de 18 anos, bem como de todas as comunidades adjacentes que ficam ao longo do percurso.

Segundo o deputado Alan Queiroz, as mais de sete mil doses das vacinas AstraZeneca/Oxford e Pfizer/BioNTec vão levar esperança para os irmãos ribeirinhos, e vale ressaltar que todos os outros atendimentos que esse BARCO SAÚDE está oferecendo nesse momento, são as maiores dificuldades em atendimento que a população do Baixo madeira tem em termos de saúde.

Leia Também:  Deputada Cássia indica ao Governo a inclusão de todas as lactantes no rol de vacinação contra a Covid-19

“Nesse momento complicado aonde estamos convivendo com uma pandemia, e a prefeitura poder colocar mais de 30 profissionais de saúde a serviço dessa população ribeirinha, é um grande alento para todos, e logico que contamos também com parcerias fortes, como a Universidade Federal de Rondônia e o Exército Brasileiro, que nos garante qualidade e segurança. ¨ Disse Alan aio lado das autoridades presentes.

 Ao todo serão quase 10 dias de viagem pelos três distritos levando mais de 15 tipos de atendimentos e procedimentos médicos.

Texto e foto: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Projeto de Lei sobre pobreza menstrual em Rondônia é pauta entre Dep. Jair Montes e Associação Filhas do Boto Nunca Mais

Publicados

em


A falta do acesso básico à higiene e condição financeira para comprar absorventes entre mulheres e principalmente adolescentes que menstruam de acordo com a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) afeta no mundo uma em cada dez meninas que deixam de ir à escola quando estão menstruadas e no Brasil estima-se que sejam uma em cada quatro. 

A pobreza menstrual foi a pauta da reunião solicitada pela presidente da “Associação Filhas do Boto Nunca Mais” Anne Cleyanne Alves, Ana Lopes conselheira fiscal, e a jornalista Raiane Trajano com o deputado estadual Jair Montes (Avante). 

 O objetivo é criar um Projeto de Lei que acolha, humanize, conscientize e garanta o direito a todas as mulheres e adolescentes em vulnerabilidade, privação de liberdade e institucionalizadas. 

O parlamentar lembrou que esse tema precisa de visibilidade pois demonstra todo o fenômeno de discrepância social, racial e de renda da população e junto com sua equipe já está tomando a iniciativa para o projeto, segundo a justificativa, para garantir dignidade às adolescentes e mulheres. 

A presidente da Associação informou que hoje cerca de 30 a 40 mulheres procuraram o local para receber o KIT higiene que contém o absorvente, mas que a demanda é muito maior.  

“A pobreza menstrual é uma a situação de precariedade que leva a consequências como ausências recorrentes na escola. Muitas mulheres chegam a usar jornal, papelão e miolo de pão no lugar de absorvente e isso pode causar graves consequências a saúde. ”

Leia Também:  Mariana Carvalho pede agilidade na liberação de recursos ao ministro do Esporte

Texto e foto: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA