PORTO VELHO

Política

Deputado Cirone Deiró quer maior apoio do Governo para entidades assistenciais de Espigão do Oeste

Política


“As entidades não governamentais são resultado do trabalho voluntário de pessoas anônimas que estão comprometidas com o bem estar do próximo”, afirmou o deputado Cirone Deiró, em recente visita ao Centro de Recuperação Vida e Luz- CRVL, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais-APAE e conhecer o trabalho da Polícia Militar Mirim, no município de Espigão do Oeste. Durante o encontro com os representantes das instituições não governamentais e também com os representantes da Polícia Militar, Cirone Deiró ouviu relatos dos desafios superados diariamente e também recebeu algumas reivindicações para melhorar o atendimento a comunidade.   

No Centro de Recuperação Vida e Luz- CRVL, instituição que acolhe e trata pessoas com dependência, o parlamentar foi recepcionado pelo presidente e pastor, Deoclécio de Freitas. Além desse trabalho já consolidado, o líder religioso apresentou ao deputado um projeto para abrir outras frentes de apoio a comunidade. Entre as ações apresentadas pelo pastor, o cuidado e atendimento aos idosos está entre suas prioridades. Segundo o pastor Deoclécio de Freitas, os pioneiros do município estão envelhecendo e não há nenhuma instituição de apoio e acolhimento a esses idosos. “Temos uma dívida com esses pioneiros, a melhor forma de honrar essa dívida é cuida-los com carinho e prover todas as suas necessidades nessa fase da vida”, justificou.

A diretora da Apae, Maria Isabel apresentou a instituição e fez um breve relato das atividades desenvolvidas pela entidade e falou sobre a necessidade da construção de uma quadra coberta para a prática de atividade física dos alunos e também da aquisição de um ônibus adaptado para cadeirante para o transporte diário dos alunos. Segundo a diretora, a estruturação da instituição tem acontecido gradualmente ao longo dos anos. “É a somatória do esforço e participação de todos que tem tornado possível o atendimento as crianças com deficiência do nosso município”, assegurou.

Leia Também:  #ALERO:Aprovada Lei que proíbe apreensão de veículos com atraso no pagamento do IPVA

Cirone Deiró que há vários anos, também atua como voluntário na causa das crianças e adolescentes com deficiência, se mostrou sensível as questões apresentadas pela representante da Apae e se comprometeu buscar parceria com o governador Marcos Rocha para atender as demandas da instituição.  “Reconheço o esforço e compromisso de cada voluntário, cada pai e amigo da Apae para oferecer um atendimento de qualidade as crianças, vamos nos unir a essa corrente do bem para fortalecer cada dia mais esse trabalho”, afirmou.

Texto: Edna Okabayashi-ALE/RO

Foto: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Presidida pelo deputado Anderson Pereira, CCJ arquiva projeto supérfluo que não beneficiaria produtores de leite em Rondônia

Publicados

em


A Comissão de Constituição, Justiça e Redação – CCJR, sob a presidencia do deputado estadual Anderson Pereira (PROS), e com relatoria do deputado Laerte Gomes (PSDB), arquivou de forma definitiva, o Projeto de Lei 1016/2021 de autoria do Poder Executivo, que autorizava o governo a abrir Crédito Adicional Suplementar por Superávit Financeiro de mais de 7,2 milhões, em favor da Unidade Orçamentária Fundo de Investimento e Apoio ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira do Estado de Rondônia (Proleite), que não beneficiaria em nada os produtores de leite em Rondônia.

O valor seria remetido para a compra de veículos, notebooks, combustível para um ano, manutenção de caminhonetes e carros de pequeno porte e quase 2300 apostilas para o produtor rural fazer anotações.

O arquivamento dessa matéria se deu devido a situação caótica enfrentada pelos produtores de leite do Estado, que tiveram o preço do produto entregue aos laticínios reduzido de forma brusca, sem nenhum aviso prévio, o que tem inviabilizado a atividade, uma vez que o custo da produção é maior do que o valor pago atualmente.

Leia Também:  A BAGUNÇA OFICIALIZADA: PODEREMOS TER EM BREVE 111 PARTIDOS POLÍTICOS. TEM FUTURO NOSSA DEMOCRACIA?

Anderson se declarou favorável aos incentivos fiscais para os laticínios, que geram emprego e renda para o Estado, mas defendeu colocar um condicionante na lei para que obrigue as empresas a pagar um preço mínimo aos produtores. Ele também pediu por mais fiscalização no valor dos produtos ao consumidor final e sugeriu uma parceria entre Sefin e o Procon para esse fim. O parlamentar destacou também que existe uma falha na gestão dos recursos do Fundo Pró-leite e sugeriu a criação de um auxílio para os produtores que ajude os produtores nos períodos de crise do setor.

“Como presidente da CCJ, pautei esse projeto que foi aprovado pelo conselho que cuida dos recursos do ProLeite, e esse conselho aprovou a compra de materiais supérfluo que não iria contribuir em nada com a situação atual dos produtores de leite do estado, passei a relatoria para o deputado Laerte Gomes e hoje votamos pelo arquivamento”, finalizou Anderson Pereira.

Texto e foto: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA