PORTO VELHO

Política

Guarda Mirim de Itapuã recebe R$ 20 mil de emenda do deputado Adelino Follador

Política


Atendendo ao pedido do Comando da Guarda Mirim do município de Itapuã do Oeste, e do prefeito, Moisés Cavalheiro (MDB), o deputado Adelino Follador (DEM) destinou emenda parlamentar no valor de R$ 20 mil, para aquisição de uniformes aos alunos da instituição.

O valor foi disponibilizado no último dia 12 de março, através do Termo de Fomento nº 259/PGE-2020, Proc. 0005.182101/2020-00, da Secretária de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social.

O projeto social Guarda Mirim de Itapuã do Oeste é uma das principais ferramentas de transformação social no município, com ações desenvolvidas pelos policiais militares do 5º BPM (Batalhão Belmont), junto à comunidade.

A Guarda Mirim foi criada, em Itapuã através de um termo de parceria, firmado entre a Prefeita e a Polícia Militar, com o objetivo de atender crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social do município (CRAS).

A matriz curricular oferta disciplinas de cunho cívico, militar e profissionalizante, capazes de moldar o caráter dos adolescentes e facilitar a formação de bons cidadãos para a sociedade.

Leia Também:  Mortes no campo: Mosquini defende regularização fundiária como ação preventiva de conflitos

Texto: Assessoria

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Presidente Alex Redano manifesta preocupação com clima de terror no campo, com ameaças de invasões

Publicados

em


Durante discussão na Assembleia Legislativa, acerca dos crescentes rumores de invasões de propriedades e conflitos no meio rural, o presidente da Casa, Alex Redano (Republicanos), avaliou a situação como preocupante e pediu que haja uma resposta rápida, por parte das forças de segurança, para acabar com o clima de insegurança.

“Tenho essa preocupação também, que foi trazida por outros deputados aqui nesta sessão. Tenho recebido muitos pedidos, diversas ligações de produtores rurais, de lideranças de municípios, apontando para o clima de hostilidade e de insegurança no campo. Rondônia já viveu tempos de muita violência por questões de terras e não podemos aceitar que esse medo, esse terror, volte a inquietar famílias de produtores rurais, que estão trabalhando e produzindo o seu sustento”, detalhou.

Segundo o parlamentar, “há indícios claros de novas invasões, organizadas por grupos fortemente armados, milícias mesmo! Há denúncias de que esses grupos portam fuzis, metralhadoras e outros armamentos pesados, ameaçando famílias. Isso é assustador, estamos acompanhando de perto e precisamos mobilizar as forças de segurança nesse sentido”.

Leia Também:  Covid-19: Bolsonaro diz que governadores não 'achataram curva' e questiona óbitos

O presidente ainda destacou o posicionamento firme dos deputados estaduais, cobrando ações efetivas para coibir essas ameaças de invasões e essa prática criminosa de grupos armados, levando o terror ao campo.

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA