PORTO VELHO

Política

PM de Manaus intercepta traficantes que iam executar rivais e mata 17 deles

Política

Nenhum policial ficou ferido e as viaturas que atuaram na ação não têm marcas de bala

Dezessete pessoas foram mortas pela Polícia Militar do Amazonas na madrugada desta quarta-feira (30), em Manaus. Segundo a Secretaria de Segurança, as mortes aconteceram após troca de tiros entre policiais e um grupo de traficantes de uma facção criminosa que atua no Estado. Nenhum PM ficou ferido e as viaturas que atuaram na ação não têm marcas de bala.

A polícia disse que o grupo se preparava para cometer homicídios de rivais com o objetivo de tomar o controle de áreas de tráfico no bairro Crespo, região de grande conflito na cidade.

De acordo com o comandante geral da PM, coronel Ayrton Norte, a polícia recebeu a denúncia de que cerca de 50 pessoas armadas estariam em um caminhão baú, em direção a um beco conhecido como JB Silva, na Rua Magalhães Barata, entre os bairros Crespo e Betânia, na Zona Sul. O objetivo desse grupo, segundo o comandante, era atacar uma facção rival.

Leia Também:  Assembleia Legislativa realiza pela primeira vez sessão em um domingo para apreciar projeto que prevê vacinação contra o coronavírus

 

IML inicia remoção de corpos de mortos pela PM na madrugada, em Manaus — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

 

“Nossas viaturas de ronda e com a Força Tática foram até o local, houve o primeiro confronto, em que a Força teve êxito na intervenção policial [de um homem]. Em seguida, os policiais da Rocam foram acionados para dar apoio nessa ocorrência com cinco equipes. Nós tivemos três confrontos e nesses três totalizamos outras 16 intervenções policiais por parte da Rocam. Ou seja, ao todo foram 17 intervenções policiais”, detalhou o comandante ao contabilizar os mortos pela corporação.

 

Durante a abordagem policial, a maior parte dos suspeitos conseguiu fugir. Ainda não se tem informações sobre a localização do caminhão que era usado pelo grupo.

Todos os 17 baleados foram conduzidos ao Pronto-Socorro e Hospital 28 de agosto, onde foram confirmadas as mortes. Eles serão levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Manaus ao longo da manhã.

A polícia apreendeu durante a ação 17 armas de fogo, entre revólveres e armas de grosso calibre. Elas foram apresentadas pela PM em frente ao hospital, em cima das viaturas.

Leia Também:  Para Espigão do Oeste, presidente Alex Redano destina R$ 300 mil

G1

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Encerrada oficina sobre Novo Acordo Ortográfico a servidores da ALE

Publicados

em


Durante três dias assessores dos gabinetes dos deputados da Assembleia Legislativa (ALE), estiveram envolvidos com a oficina sobre “Novo Acordo Ortográfico”. A disciplina é parte da iniciativa da Escola do Legislativo (EL) e tem como finalidade aperfeiçoar o atendimento a deputados e ao público em geral.  

A oficina teve 9 horas/aula de duração e foi aplicada durante três dias seguidos (de terça-feira a quinta-feira) das 9 horas às 12 horas. Participaram dois assessores de cada gabinete dos parlamentares.  

O representante pedagógico da EL orientou sobre os trabalhos de aperfeiçoamento e especialização dos servidores da ALE, seguindo orientação do presidente Alex Redano (Republicanos), que “está sempre disposto a apoiar as iniciativas da escola, que trabalha constantemente na qualificação profissional dos servidores”, argumenta o diretor-geral, Fábio Ribeiro.  

A escola tem inúmeros cursos e oficinas, que são aplicados com regularidade na qualificação do servidor público, trabalho que está sendo prejudicado pela pandemia, que preocupa e assusta o planeta. Segundo Fábio Ribeiro, a prioridade da escola é aprimorar o servidor público da Casa de Leis, “mas os cursos e oficinas também são abertos às câmaras de vereadores, prefeituras e aos demais órgãos públicos federais, estaduais e municipais e as vagas remanescentes abertas à comunidade”.  

Todos os concluintes receberão certificados.  

Leia Também:  Sancionada lei que permite cartórios de todo o país emitir documentos pessoais a partir do ano que vem; saiba mais

Texto e foto: Assessoria de imprensa da Escola do Legislativo-ALE/RO 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA