PORTO VELHO

Política

“Escorregando no banheiro”: Governador Marcos Rocha esquece da reforma da previdência no Estado

Política

Não há informações públicas nem sobre estudos, tampouco projetos, nos estados de Rondônia , Bahia, Ceará, Distrito Federal e Amapá.

Apenas o Acre e outros três conseguiram largar na frente dos demais Estados e encamparam uma reforma previdenciária até agora, vinte dias dias após a aprovação da reforma nacional. Além do Acre, Espírito Santo, Maranhão e Paraná estão com suas reformas em franco andamento.

Governador escorrega no banheiro

Em comum, segundo levantamento da Gazeta do Povo (www.gazetadopovo.com.br) as propostas modificaram a idade mínima para aposentadoria – os mesmos 65 anos para homens e 62 anos para mulheres – e mantiveram as regras específicas para algumas categorias, como professores, policiais, agentes penitenciários e socioeducativos, e servidores expostos a agentes (químicos, físicos ou biológicos) nocivos à saúde.

Na mesma direção, ao menos dez estados já apresentaram formalmente suas propostas de reforma da Previdência às assembleias: Alagoas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e São Paulo.

Já sinalizaram que podem apresentar proposta, mas não tocaram mais no tema os Estados do Tocantins, Rio de Janeiro e Roraima.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputado Laerte Gomes confirma recursos para atender Escola Família Agrícola Vale do Guaporé
Propaganda

Política

Encerrada oficina sobre Novo Acordo Ortográfico a servidores da ALE

Publicados

em


Durante três dias assessores dos gabinetes dos deputados da Assembleia Legislativa (ALE), estiveram envolvidos com a oficina sobre “Novo Acordo Ortográfico”. A disciplina é parte da iniciativa da Escola do Legislativo (EL) e tem como finalidade aperfeiçoar o atendimento a deputados e ao público em geral.  

A oficina teve 9 horas/aula de duração e foi aplicada durante três dias seguidos (de terça-feira a quinta-feira) das 9 horas às 12 horas. Participaram dois assessores de cada gabinete dos parlamentares.  

O representante pedagógico da EL orientou sobre os trabalhos de aperfeiçoamento e especialização dos servidores da ALE, seguindo orientação do presidente Alex Redano (Republicanos), que “está sempre disposto a apoiar as iniciativas da escola, que trabalha constantemente na qualificação profissional dos servidores”, argumenta o diretor-geral, Fábio Ribeiro.  

A escola tem inúmeros cursos e oficinas, que são aplicados com regularidade na qualificação do servidor público, trabalho que está sendo prejudicado pela pandemia, que preocupa e assusta o planeta. Segundo Fábio Ribeiro, a prioridade da escola é aprimorar o servidor público da Casa de Leis, “mas os cursos e oficinas também são abertos às câmaras de vereadores, prefeituras e aos demais órgãos públicos federais, estaduais e municipais e as vagas remanescentes abertas à comunidade”.  

Todos os concluintes receberão certificados.  

Leia Também:  Conectado: Revista Exame fez levantamento na redes sociais e Dr Hildon só perde para o prefeito de São Paulo

Texto e foto: Assessoria de imprensa da Escola do Legislativo-ALE/RO 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA