PORTO VELHO

Política

Tenho certeza absoluta que o parlamento não vai se acovardar”, diz prefeito sobre ataques feitos aos vereadores

Política

Durante a posse do novo presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur), cerimônia em que estavam presentes a vereadora Joelna Holder (MDB), o prefeito de Porto Velho Hildon Chaves (PSDB) e outras autoridades, o presidente do executivo municipal deu o parecer sobre a Contribuição para Custeio da Iluminação Pública (Cosip), que foi votada pelos vereadores em 2017.

“Pessoas mal intencionadas estão tentando colocar o parlamento municipal em cheque, e eu tenho certeza absoluta que o parlamento não vai se acovardar por causa dessa politicagem”, enfatizou Hildon.

Sobre o assunto, a vereadora relembra a missão dos parlamentares de defender a população e proporcionar o bem-estar, com ações como a melhoria da iluminação pública. Pois com a cidade mais iluminada, deve diminuir índices de violências, como a feita contra a mulher.

“Essa lei aprovada pela câmara veio cercada de polêmica, mas se o cidadão de bem observar sua conta de energia vai notar que não houve aumento abusivo. Algumas faixas ficaram isentas, inclusive, e outras mais baratas. Todo esse mito criado em torno da aprovação da Cosip precisa ser diluído. A câmara deve ter nesse momento o papel sim de responsabilidade social, de causar para população um bem estar que ela merece e sem causar nenhum tipo de transtorno ou dano ao bolso dos nossos munícipes”, declara.

Ainda sobre iluminação, Hildon enfatizou que no primeiro ano de gestão, o número de pontos de iluminação na cidade aumentou de 40 mil para mais de 56 mil apenas com a verba que a Emdur tinha no caixa. “Aprovamos uma legislação moderna e que devolve à Emdur a capacidade de investimento. Temos muito a fazer ainda. Usamos a reserva financeira para prestar serviço antes do aumento da Cosip. Não existe milagre, a prefeitura tem que arrecadar para fazer a entrega dos serviços”, disse.

Leia Também:  #OPINIÃODEPRIMEIRA: Daniel Pereira vai comandar o SEBRAE; Wagner e Franco Ono cotados para SEFIN

O prefeito afirmou ainda que as novas taxas estão dentro da normalidade, em linha com o que é cobrado em outros estados e faz com que a pasta citada continue o processo de universalizar a iluminação da cidade. Como a taxa sobe conforme o consumo, famílias de baixa renda são beneficiadas com a isenção.

“Porto Velho ficou muito tempo como uma das capitais mais escuras do país, chegou a ora de mudar. Precisamos sim iluminar mais a nossa cidade, torná-la mais viável em condições de bem estar para a nossa população”, conclui Joelna.

Veja abaixo a faixa de consumo e valores segundo a prefeitura:

I – Consumidores Residenciais Urbanos:

 

0-30 kWh/mês: ISENTO

 

31-50 kWh/mês: R$ 2,03;

 

51-100 kWh/mês: R$ 4,31;

 

101-200 kWh/mês: R$ 7,61;

 

201-500 kWh/mês: R$ 20,29;

 

501-1000 kWh/mês: R$ 30,43;

 

1001-1500 kWh/mês: R$ 45,64;

 

Acima de 1500 kWh/mês: R$ 68,97.

 

II – Consumidores Residenciais Rurais:

 

0-100 kWh/mês: ISENTO

 

101-200 kWh/mês: R$ 7,61;

 

Leia Também:  Deputados recebem pedido de lideranças de Cujubim sobre áreas de reservas

201-500 kWh/mês: R$ 17,75;

 

501-1000 kWh/mês: R$ 26,63;

 

1001-1500 kWh/mês: R$ 40,83;

 

Acima de 1500 kWh/mês: R$ 60,35.

 

III – Consumidores Não Residenciais (Comércio, Indústria, Prestadores de Serviços, Serviços Públicos e Congêneres):

 

0-30 kWh/mês: R$ 0,83;

 

31-50 kWh/mês: R$ 1,95;

 

51-100 kWh/mês: R$ 13,94;

 

101-200 kWh/mês: R$ 27,89;

 

201-500 kWh/mês: R$ 55,79;

 

501-1000 kWh/mês: R$ 83,68;

 

1001-1500 kWh/mês: R$ 111,57;

 

Acima de 1500 kWh/mês: R$ 139,47.

 

IV – Consumidores Não Residenciais Primários: aquele cujo estabelecimento encontra-se ligado à rede que possua tensão superior a 13,8 kV (kilovolts).

 

0-2000 kWh/mês: R$ 139,47;

 

2001-5000 kWh/mês: R$ 278,93;

 

5001-10000 kWh/mês: R$ 382,90;

 

10001-50001 kWh/mês: R$ 474,19;

 

Acima de 50001 kWh/mês: R$ 562,95;

 

V – Proprietários de Imóveis não edificados, com testada, em metro linear:

 

De até 10 m: R$ 70,01;

 

Acima de 10m a 30m: R$ 140,02;

 

Acima de 30m a 50m: R$ 210,03;

 

Superior a 50m: R$ 280,04.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Em Vilhena, presidente Alex Redano participa do lançamento de programas do Governo

Publicados

em


Vilhena é mais um município a receber o programa Tchau Poeira, do Governo do Estado, através de termo de cooperação com a prefeitura. O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), prestigiou a solenidade de assinatura na manhã desta sexta-feira (14), na avenida Melvin Jones, em frente à escola Professora Penha Rosendo Leite.

O investimento do Governo vai garantir recursos para obras de 7,6 quilômetros de asfalto novo nas ruas e avenidas dos bairros Cristo Rei e do Setor 17. Também serão recapeadas as avenidas Presidente Nasser, Tancredo Neves e Paraná.

“Vilhena está sendo contemplada com esse investimento do Governo e com certeza será bem aproveitado, se revertendo em benefícios para a população. Todos sabemos que o asfalto traz mais qualidade de vida, mais saúde e mais valorização dos imóveis”, disse Redano.

Os deputados Luizinho Goebel (PV), Rosângela Donadon (PDT), Chiquinho da Emater (PSB) e Ezequiel Neiva (PTB). O prefeito de Vilhena, Eduardo Tsuru (PV), o diretor geral do DER, Elias Rezende, o secretário estadual de Saúde, Fernando Máximo, o superintendente da Sedi, Sérgio Gonçalves entre outras autoridades, participaram do evento.

Leia Também:  Presidente Laerte Gomes esclarece votações de projetos que regulamentam reforma da Previdência

Proampe

Na mesma solenidade, foi inaugurada a unidade de crédito do Proampe e houve a entrega de títulos urbanos, numa parceria entre a prefeitura e o Governo, através do programa Título Já. O governador Marcos Rocha anunciou ainda a parceria através do programa Governo na Cidade, que vai permitir investimentos na revitalização de espaços públicos.

O Proampe é uma iniciativa do Governo para apoiar os micro e pequenos empreendedores, oferecendo crédito subsidiado. Em Vilhena, a Secretaria Municipal de Indústria, Turismo e Comércio (Semtic) vai gerenciar o programa.

Reuniões

A agenda de trabalho do presidente da Assembleia contou ainda com reuniões com empresários e com o setor produtivo, que é muito forte na produção de grãos em Vilhena e em todo o Cone Sul.

Alex Redano reafirmou nesses encontros que a sua gestão a frente do Legislativo Estadual será sempre em defesa da produção e do desenvolvimento. “Me coloco à disposição para seguir contribuindo com o setor produtivo, como temos feito. Quem trabalha, produz e gera emprego e renda, deve sempre ter uma atenção do poder público”, finalizou.

Leia Também:  Assembleia Legislativa de Rondônia homenageia jornalista Euro Tourinho

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Assessoria


COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA