PORTO VELHO

Porto Velho

1° DOSE – Porto Velho recebe vacina AstraZeneca para continuar imunização de idosos com mais de 60 anos

Porto Velho

 

A vacinação vai ocorrer entre os dias 3 e 6 de maio e o agendamento deve ser feito pela internet

Serão disponibilizadas 7 mil doses da vacina AstraZeneca

O município de Porto Velho recebeu, na tarde de sexta-feira (30), 9.749 doses da vacina AstraZeneca para continuar a imunização da primeira dose em idosos com mais de 60 anos. A vacinação vai ocorrer, mediante agendamento, de segunda a quinta-feira (3 a 6 de maio), no Campus I da Faculdade Uniron.

Na segunda-feira (3), a vacinação acontece das 12h às 17h. Na terça-feira (4) das 9h às 17h. Na quarta e quinta-feira (5 e 6) das 9h às 16h.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) informa que o agendamento está aberto através do link https://imuniza.portovelho.ro.gov.br/agendamentovacina. É necessário informar os dados pessoais, apontar o local de vacinação, escolher dia e horário mediante disponibilidade do sistema. Por último, para garantir a vaga, é preciso confirmar as informações que aparecem na tela clicando no botão azul no canto inferior direito.

Serão disponibilizadas para este público 7 mil doses da vacina Astrazeneca, suficiente para atingir a meta do Ministério da Saúde que é 17.934 pessoas com idade entre 60 e 64 anos.

Leia Também:  #TURISMO: Rota das Águas encerra com escolha de representante do festival

As outras 2.749 doses serão reservadas para imunização do grupo prioritário da próxima fase do Plano Nacional de Imunização (PNI), que são pessoas com comorbidades (doenças pré-existentes). A vacinação deste público está prevista para iniciar a partir do dia 10 de maio, obedecendo aos critérios definidos pela Nota Técnica 467/2021 que trata das orientações da vacinação deste grupo específico.

Segunda dose para idosos com mais de 80 anos segue na próxima semana

Outras 190 doses da vacina Coronavas também serão repassadas ao município. A Divisão de Imunização informou que este quantitativo será encaminhado aos distritos para continuidade da vacinação daquela população.

2° DOSE 80+

Também nesta segunda, terça e quarta-feira (3, 4 e 5 de maio), a Semusa estará administrando a 2° dose da vacina Astrazeneca em idosos com mais de 80 anos. É importante ficar atento à data de retorno marcada no cartão de vacina. A previsão é fechar o ciclo de proteção em 3.550 pessoas desta faixa etária.

A ação acontece, das 9h às 16h, no Campus I da Faculdade Uniron e os idosos devem comparecer no mesmo horário agendado para a primeira dose. Esta medida busca evitar grande procura simultânea e evitar aglomerações no posto de vacinação.

Leia Também:  Cleiton Roque participa em solenidade da ordem de serviço de reforma e ampliação de escola

FORÇAS DE SEGURANÇA E SALVAMENTO

Ainda no Campus I da Faculdade Uniron, na quarta-feira (5), a Prefeitura de Porto Velho vai vacinar, das 15h às 17h, os profissionais das forças de segurança e salvamento. A imunização será realizada conforme relação nominal encaminhada pelos comandos à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

CALENDÁRIO

Em face das diferentes ações e horários de vacinação que serão realizados simultaneamente, a Semusa produziu um calendário para facilitar a compreensão da população.

Texto: Luciane Gonçalves

Fotos: Wesley Pontes, Leandro Morais e Pedro Bentes

​Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

COVID-19 – Mais de 400 profissionais da segurança e salvamento são vacinados em Porto Velho

Publicados

em


Policiais e militares fazem parte do grupo atendido com a primeira dose do imunizante AstraZeneca

Lizett Possidonio destacou a importância da imunizaçãoMais um grupo de profissionais da segurança e salvamento foi vacinado contra a Covid-19 na quarta-feira (5), pela Prefeitura de Porto Velho. O atendimento foi realizado na Faculdade Uniron. A primeira dose da vacina AstraZeneca foi aplicada em 403 pessoas.

O trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que mobiliza equipes de profissionais e voluntários para as diversas atividades que acontecem no processo de imunização.

A seleção dos profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e Forças Armadas é realizada nas próprias corporações. À Semusa cabe a vacinação.

De acordo com a enfermeira Mariana Martellet, da Divisão de Imunização, a vacinação deste público atende a determinação do Ministério da Saúde (MS).

“A cada remessa destinada para estes grupos, entramos em contato com as instituições para pedir a lista das pessoas que serão atendidas”, explica. Outros profissionais das forças de segurança serão atendidos quando novas doses forem enviadas pelo MS.

CONTATO

Leia Também:  SEGURANÇA - Nível do rio Madeira começa a recuar, mas Defesa Civil mantém atenção

O policial militar Razec Castro Andrade recebeu o imunizanteLizett Possidonio, delegada de Polícia Civil, foi uma das vacinadas. Ela disse que a vacina é importante, já que o trabalho da polícia não parou com a pandemia. “Nós, da Polícia Civil, queremos fazer sempre um bom atendimento ao público e sem a imunização é impossível. A população precisa do nosso serviço”, disse a servidora.

O policial militar Razek Castro Andrade também foi vacinado. Ativo na guarnição do distrito de Rio Pardo, ele diz que é essencial a imunização dos militares. “Somos os primeiros que chegam e os últimos que saem, temos contato direto com a população e a vacinação diminui os riscos”, afirmou.

Participaram do processo de vacinação cerca de 50 pessoas, entre servidores e voluntários. Esta é a quarta fase da vacinação para trabalhadores da segurança e salvamento. Eles devem retornar para a segunda dose em 90 dias. Antes haviam sido vacinados cerca de 1.100 profissionais da segurança com primeira dose.

Texto: Renata Beccária
Fotos: George Luiz

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA