PORTO VELHO

Jaci-Paraná

JACI-PARANÁ: Investimentos no distrito chegam a R$ 30 milhões

Jaci-Paraná

Abandonado por gestões anteriores, o distrito de Jaci-Paraná, distante cerca de 90 km da capital Porto Velho, sentido Acre, acaba de receber R$ 30 milhões em investimentos importantes em diversas áreas que impactam diretamente na melhoria da qualidade de vida dos moradores, especialmente na saúde.

Tal feito só foi possível em decorrência do esforço e compromisso do prefeito Hildon Chaves e sua equipe técnica, o que possibilitou firmar parceria com a Santo Antônio Energia. A empresa disponibilizou os recursos a título de compensação socioambiental, por causa da elevação da cota do reservatório da hidrelétrica de Santo Antônio.

“Jaci-paraná vive uma nova história. Acabaram-se os anos de abandono e esquecimento. Estamos fazendo justiça, porque agora o distrito está recebendo as obras de investimento pelas quais a população sempre lutou”, frisou Hildon Chaves.

UPA inaugurada

Na segunda-feira (22), o prefeito inaugurou a UPA 24 horas, entregou aos moradores 11 km de asfalto, uma praça e ainda confirmou que em breve será construído um laticínio para apoiar os produtores da região.

Leia Também:  Comissão vai atender servidores estaduais vítimas de assédio moral e sexual nos órgãos públicos

Totalmente reformado e ampliado, o Pronto Atendimento 24h que nunca tinha funcionado, conta com equipe de 50 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagens, dentre outros. Ali também vai funcionar uma unidade do Samu, que ganhou uma ambulância zero km.

Abrangência

A Unidade vai beneficiar todos os distritos localizados ao longo da BR 364 e também Ponta do Abunã, na divisa com o Acre, atendendo cerca de 70 mil pessoas.

As localidades beneficiadas, além de Jaci-Paraná, são: Rio Pardo, União Bandeirantes, Vista Alegre do Abunã, Fortaleza do Abunã, Nova Mutum, Abunã, Extrema, Nova Califórnia, Vila da Penha, Vila Jirau, Santa Rita e Joana Darc.

Agricultura

Para dar maior apoio ao homem do campo e fortalecer o setor produtivo, já que grande parte da população de Jaci-Paraná vive da agricultura, o distrito também ganhou um mercado do produtor rural, um caminhão Bitrem para o transporte de calcário, um caminhão basculante (caçamba) e uma retroescavadeira.

Educação

No âmbito da educação, o Prefeitura de Porto Velho entregou um ônibus, com configuração para viagens interestaduais, para fazer o transporte dos acadêmicos que moram em Jaci-Paraná e estudam na sede do município. Com isso, a gestão do prefeito Hildon Chaves atende a uma antiga reivindicação dos estudantes, que sofriam muito para chegar até a faculdade e muito mais para retornar aos seus lares.

Leia Também:  Porto Velho: Prefeito acompanha serviços de asfaltamento no bairro Flamboyant

Saúde

Ainda no setor de saúde, além da reforma e ampliação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a prefeitura reformou a Unidade Básica de Saúde (UBS).

Outros

Recursos ainda foram investidos na construção da Praça, proporcionando mais lazer às famílias, e no asfaltamento de cerca de 11 km de ruas. Não foi definido, mas Hildon Chaves garante que em breve será construído um laticínio, o que também reforça o apoio aos produtores rurais da região.

Comdecom

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Jaci-Paraná

SERVIÇO – UPA 24h de Jaci-Paraná oferece acompanhamento ultrassonográfico fetal às gestantes

Publicados

em

 

Para realizar as consultas, as grávidas da região devem passar pela regulação na UBS de Jaci-Paraná

O serviço produz informações mais complexas do bebê, como peso e crescimentoA Prefeitura de Porto Velho está oferecendo o acompanhamento fetal ultrassonográfico ideal para gestantes do distrito de Jaci-Paraná. O serviço é diferente do exame simples de ultrassonografia, pois produz informações mais complexas do bebê, como peso e crescimento.

O acompanhamento fetal ultrassonográfico real começou a ser realizado pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h de Jaci-Paraná) em novembro de 2020. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), toda semana, pelo menos sete gestantes são atendidas com este serviço.

Também são realizados outros exames de ultrassom, além da demanda de grávidas, mas também há necessidade de regulação na Unidade Básica de Jaci-Paraná.

Este formato de acompanhamento ultrassonográfico é mais aprofundado. Nele são rastreados, por exemplo, sinais de pressão alta, o que pode evitar a ocorrência de  e restrição de crescimento fetal.

Pablo Freitas é médico ultrassonografista“No pré-natal existe o binômio mãe e feto. A ultrassonografia acompanha mais especificamente a parte fetal. Podemos rastrear algumas enfermidades que são tão graves que podem levar inclusive à morte materno-fetal”, explica o médico ultrassonografista, Pablo Freitas, da UPA de Jaci-Paraná.

Leia Também:  Sedam deve cancelar cadastros rurais localizados na Reserva Biológica do Jaru (RO), recomenda MPF

Para receber o atendimento dos especialistas, a gestante precisa passar pela regulação da Unidade de Saúde Básica de Jaci-Paraná. O atendimento na UPA acontece todas às terças-feiras, das 8h às 18h.

O serviço atende também gestantes de localidades adjacentes ao distrito de Jaci-Paraná, como Nova Mutum, Abunã, Santa Rita, União Bandeirantes e Rio Pardo.

Texto: Carlos Sabino
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA