PORTO VELHO

Porto Velho

ASSISTÊNCIA – Cerca de 21 mil famílias devem receber auxílio-gás em Porto Velho

Porto Velho


Benefício sancionado pelo Governo Federal será pago em até 60 dias

Benefício irá inicialmente a famílias já cadastradas no CadÚnicoApós sanção pelo Executivo Federal, o auxílio-gás deve chegar a cerca de 21 mil famílias no município de Porto Velho. O benefício é pago para famílias com renda per capita de até R$ 550 e que já possuam o cadastro na base de dados do Cadastro Único (CadÚnico).

A ajuda de custo promete subsidiar até 50% no preço médio da botija até o fim do ano de 2022, com recurso pagos pela Petrobras à União.

O programa tem como objetivo diminuir os efeitos do preço da botija de gás no bolso das famílias de baixa renda, com rendimento per capta de até meio salário-mínimo.

“O governo federal vai usar as informações que já estão na base de dados do CadÚnico, ou seja, quem fizer o cadastro agora não receberá o benefício”, explica o gerente do CadÚnico em Porto Velho, Vitor Nascimento.

Vitor Nascimento, gerente do CadÚnico em Porto VelhoSegundo a gerência da Divisão de Programas de Transferência de Renda, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), a estimativa é de que o benefício seja pago em até 60 dias.

Leia Também:  Pecuaristas de Rondônia têm até dia 30 deste mês para finalizarem a declaração de rebanhos para a Idaron

OUTROS BENEFÍCIOS

Além do programa de auxílio-gás, a Semasf oferece outros programas sociais como o ID Jovem, Tarifa Social de Energia Elétrica, Benefício de Prestação Continuada (BPC), programas de benefícios fundiário e agrário, entre outros.

Para fazer o cadastro, o interessado deverá ir até uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) munido de RG, CPF, título de eleitor, carteira de trabalho, certidão de nascimento dos filhos, declaração escolar e comprovante de residência.

Texto: Carlos Sabino
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

ENCONTRO – Prefeito reúne vereadores e secretários para discutir demandas de Porto Velho

Publicados

em


Reunião aconteceu no Prédio do Relógio, sede do executivo municipal

Hildon Chaves agradeceu aos vereadores pelos trabalhosAvaliar projetos e demandas dos últimos meses e discutir metas e propostas para o próximo ano, foi com essa finalidade que o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, se reuniu na tarde desta quinta-feira (2), no auditório do Prédio do Relógio, sede do poder executivo, com os vereadores da capital e secretários municipais da administração.

Ao abrir a reunião, o prefeito apresentou aos participantes uma nova versão do clipe do Hino de Porto Velho, uma homenagem à cidade que tanto cresceu ao longo dos 107 anos de história. A obra manteve a originalidade da proposta e letra do autor já falecido, Cláudio Feitosa, atualizando as imagens e gravação que retratam o município e suas riquezas naturais e históricas.

Na ocasião, Hildon agradeceu aos vereadores pelos trabalhos em nome do município no decorrer de 2021 e reiterou a necessidade dos poderes andarem lado a lado em prol da população. “Nossa gestão pensa sempre no bem comum da população; e administração se faz desta forma, com os poderes caminhando juntos”, disse.Vereador Marcelo Reis

Leia Também:  Vereadores dizem que caíram em armadilha de Hildon Chaves

Temas importantes como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), Lei Orçamentária Anual (LOA), e o Plano Plurianual (PPA) foram pautas do encontro. “São três projetos relevantes para votação até o início do recesso parlamentar da Câmara que inicia dia 14”, lembrou o vereador Marcelo Reis.

Para o presidente da Câmara, vereador Edwilson Negreiros, a reunião também foi uma oportunidade para ouvir as demandas e prioridades das secretarias a fim de contribuir com o desenvolvimento do município: “O mais importante de tudo agora é verificar as necessidades e prioridades das secretarias, alguma eventual restruturação que precisa ser feita e adiantar o máximo que pudermos a execução de todo o calendário legislativo, e, caso haja necessidade, aumentar o prazo, para que juntos, poder legislativo e executivo, continuem em sintonia”, afirmou.

Texto: Renata Beccária
Foto: Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA