PORTO VELHO

Porto Velho

CADASTRO – Prefeitura disponibiliza 0800 para tirar dúvidas sobre o aplicativo SASI

Porto Velho

 

Quando o aplicativo pedir para inserir o código de perfil ou ativação, o usuário deve digitar PVH21 para ativar o cadastro para Porto Velho

Aplicativo é facilmente encontrado na busca das lojas de appNa sexta-feira (30), a Prefeitura de Porto Velho disponibilizou o aplicativo SASI com o objetivo de tornar ainda mais eficaz o processo de imunização contra a Covid-19 e facilitar outras políticas públicas do município na área de saúde.

Parametrizado dentro do Plano Nacional de Imunização (PNI), o SASI foi planejado para registrar informações sobre a população e facilitar o agendamento das vacinas conforme a faixa etária, comorbidades e grupos prioritários.

O aplicativo é resultado de outro similar, que atende a Prefeitura de Manaus e foi solicitado para uso em Porto Velho pela Superintendência Municipal de Tecnologia, da Informação, Comunicação e Pesquisas (SMTI), sendo que deverá ser baixado em smartphones (telefones celulares). O sistema é autoexplicativo e funcional e, para ativá-lo, o usuário deve digitar PVH21, quando for pedido para inserir o código de perfil ou código de ativação.

Ferramenta vai agilizar o processo de vacinaçãoA ferramenta é destinada aos portovelhenses de todas as idades, e à medida que forem chegando as vacinas, de acordo com as quantidades recebidas, o SASI fará os agendamentos informando o dia, local e horário que o usuário deve ir se imunizar.

Leia Também:  WhatsApp deixa de funcionar em celulares com sistema operacional defasado

Facilmente localizado nas plataformas Playstore do Google, e Itunes para IOS (Apple), o usuário precisa apenas digitar a palavra SASI, e para facilitar, no momento do cadastro, deve-se ter em mãos o CPF, título de eleitor, comprovante de residência ou outro documento que comprove ser morador de Porto Velho.

Estando cadastrado, o usuário será avisado, pelo próprio dispositivo e por envio de e-mail ao endereço eletrônico do usuário, sobre o dia, horário e local em que deverá comparecer para ser imunizado.

Em caso de dúvidas, a Prefeitura também disponibiliza o serviço de “Tira Dúvidas” pelo telefone 0800 647 5225, das 7h às 21h.

PARA BAIXAR

Para baixar o aplicativo no sistema Android, basta acessar o link: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.sasi.app. Para baixar no sistema IOS, clique no link https://apps.apple.com/br/app/sasi/id1467748272.

Texto: SMC
Fotos: Saul Ribeiro e Leandro Morais

​Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

COVID-19 – Mais de 400 profissionais da segurança e salvamento são vacinados em Porto Velho

Publicados

em


Policiais e militares fazem parte do grupo atendido com a primeira dose do imunizante AstraZeneca

Lizett Possidonio destacou a importância da imunizaçãoMais um grupo de profissionais da segurança e salvamento foi vacinado contra a Covid-19 na quarta-feira (5), pela Prefeitura de Porto Velho. O atendimento foi realizado na Faculdade Uniron. A primeira dose da vacina AstraZeneca foi aplicada em 403 pessoas.

O trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que mobiliza equipes de profissionais e voluntários para as diversas atividades que acontecem no processo de imunização.

A seleção dos profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e Forças Armadas é realizada nas próprias corporações. À Semusa cabe a vacinação.

De acordo com a enfermeira Mariana Martellet, da Divisão de Imunização, a vacinação deste público atende a determinação do Ministério da Saúde (MS).

“A cada remessa destinada para estes grupos, entramos em contato com as instituições para pedir a lista das pessoas que serão atendidas”, explica. Outros profissionais das forças de segurança serão atendidos quando novas doses forem enviadas pelo MS.

CONTATO

Leia Também:  Porto Velho é o primeiro na fila para produção de ônibus escolares rurais

O policial militar Razec Castro Andrade recebeu o imunizanteLizett Possidonio, delegada de Polícia Civil, foi uma das vacinadas. Ela disse que a vacina é importante, já que o trabalho da polícia não parou com a pandemia. “Nós, da Polícia Civil, queremos fazer sempre um bom atendimento ao público e sem a imunização é impossível. A população precisa do nosso serviço”, disse a servidora.

O policial militar Razek Castro Andrade também foi vacinado. Ativo na guarnição do distrito de Rio Pardo, ele diz que é essencial a imunização dos militares. “Somos os primeiros que chegam e os últimos que saem, temos contato direto com a população e a vacinação diminui os riscos”, afirmou.

Participaram do processo de vacinação cerca de 50 pessoas, entre servidores e voluntários. Esta é a quarta fase da vacinação para trabalhadores da segurança e salvamento. Eles devem retornar para a segunda dose em 90 dias. Antes haviam sido vacinados cerca de 1.100 profissionais da segurança com primeira dose.

Texto: Renata Beccária
Fotos: George Luiz

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA